segunda-feira, 21 de outubro de 2013

[Crítica] Grey's Anatomy - 10x05: I Bet It Stung


Aproveitem enquanto são jovens.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Vocês acreditam que a série deveria terminar nessa temporada? Há muitos fãs dividindo opiniões. Nós sabemos que a criatividade da Shonda simplesmente não tem limites. Mas será que ela ainda pode preparar algo tão bombástico no mesmo nível que os eventos que nos aterrorizaram/chocaram anteriormente? Digo, eu sei que essa mulher é uma máquina de catástrofes. Se um ator disser que vai sair hoje, amanhã ele encontra o seu destino trágico. Mas eu realmente fico pensando quanto tempo nós ainda acompanharemos nossos queridos personagens ficando entre a vida e a morte. A Mer não merece continuar passando riscos.

De fato, está na hora dos novatos começarem a sentir na pele o que é estar no elenco de Grey's Anatomy. Infelizmente, apesar das tentativas, a Shonda não conseguiu emplacar um novo grupo tão carismático quanto MAGIC. Esses novos internos não são NADA carismáticos. Salvo apenas a Jo, que está bem distante de seus colegas. Ross e Stephannie são completamente dispensáveis para mim. Mas continuo com meus olhos na Murphy. Na temporada passada ela era uma das piores, se igualando ao Ross. Mas ela realmente tem que surpreendido esse ano. Torço para que ela tenha mais histórias interessantes e divertidas. Afinal, se a Heather ganhou nossa atenção foi sendo esquisita e engraçada. Se a Murphy seguir pelo mesmo caminho, tem tudo para cair nas graças dos espectadores.

O episódio dessa semana nos faz questionar sobre o tempo. Vocês lembram quando todos eram solteiros e dormiam juntos em uma mesma casa? Saudade desse tempo. Ou também daqueles momentos em que a Cristina ficava mal e dormia na cama com a Mer e o McDreamy? Nostálgico! Atualmente os únicos com que Mer divide sua casa são seus filhos. Se pararmos para pensar, o relacionamento dela com a Cristina não é exatamente como nas primeiras temporadas. Elas se distanciaram muito. E isso não é ruim ou errado, porque agora a Mer tem sua própria família. É claro que as coisas não serão mais como antes. É por isso que doeu quando Mer e Cristina começaram a discutir no final do episódio. Porque tivemos que aceitar essa dura realidade.

Quem estava certa e quem estava errada? Eu não sei dizer. Cristina sempre foi grossa e, ao vermos a promo, parecia que ia acontecer uma disputa apocalíptica. Porém, a realidade foi muito diferente. Houve tensão sim, mas não houve uma discussão realmente. Cristina foi extremamente dura, mas ela soube expor os fatos dela muito bem. Elas não estão mais na "mesma página", se distanciaram com a tempo. Mer agora é uma mãe de família e Cristina nunca se focou em qualquer outra coisa que não fosse a medicina. Eu só espero que as duas voltem a recuperar aquela forte amizade que as unia algumas temporadas atrás, já que a Cristina não retornará para um novo ano. Quero um desfecho satisfatório (e não um acidente de avião para dar um ponto final na história).

Por parte dos novos internos, tivemos a Jo em um conflito psicológico. Ela queria tanto que o Alex falasse com o seu pai, mas eles provaram ter o mesmo DNA e nenhum deles abraçou uma segunda chance. Ainda espero que eles voltem a tocar nesse assunto, mesmo que possa trazer problemas para o relacionamento da Jo e do Alex. E, por falar em relacionamentos, até que eu gostei dos conflitos entre a Stephannie e a mãe do Jackson. E todo o plot envolvendo o pênis inchado foi engraçado demais. Definitivamente são situações assim que deixam os personagens mais carismáticos. Nada como um pênis cheio de picadas de abelhas para restaurar a boa fé nas pessoas.

Enfim, só me resta falar sobre a Callie. Ao mesmo tempo que os outros não conseguem voltar atrás e ser como antes, Callie só teve que tirar as calças e ser feliz. Foi bonitinho vê-la dançando de calcinha novamente. Essas cenas de pura felicidade são difíceis nessa série. Mas eu não posso ignorar o fato de que ela está sendo uma vadia com a Arizona. Já se passaram cinco episódios e elas ainda não tiveram um confronto decente. Eu até entenderei se elas não ficarem mais juntas, mas eu estou esperando aquele momento cara a cara entre elas. Acho que está demorando demais e espero que aconteça o mais breve possível. Quero Calzona de volta, minha gente!

PS. O que foi a Callie beijando a Mer?

PS². Até que enfim o Richard parou de reclamar e ter desejos suicidas. Mais um episódio com aquela cara de fome e eu mesmo o asfixiaria.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário