segunda-feira, 2 de setembro de 2013

[Crítica] Pretty Little Liars - 4x12: Now You See Me, Now You Don't (Summer Finale)

-A de Óbvio.  

Review:
(Spoilers Abaixo)

Alô, alô, Graças a Deus. Finalmente estou aqui pra trazer os comentários da finale mais parada e sem graça desde sempre, que só provou quão fracos são os roteiristas dessa série. Me desculpem, mas não vou ficar enchendo o episódio de elogios, por causa dos quinze minutos finais. Quinze minutos esses, decisivos na minha escolha em continuar com as críticas de Pretty Little Liars

Eu li numa review por aí - falo dos outros mesmo - que a série não é lenta, é só pra gente inteligente, que tem que assistir os episódios com atenção pra notar as sutis pistas e BLÁ, BLÁ, BLÁ. Quem escreveu isso podia ir tomar naquele lugar e deixar de ser tão tapado, os roteiristas da série, criam milhares de pistas pra justificar qualquer personagem que eles decidam escolher para ser -A. Não é como se eles fossem geniais. Não mesmo. Desculpem-me se vocês pensam que eles são. Vamos acordar, né? Reconhecer que a série não é tão foda quanto os fã-náticos querem que pareça.

Mas chega de lero, vamos ir direto ao ponto. Quem aí, em sã consciência, gostou dos vinte primeiros minutos do episódio? Ficamos basicamente durante esse tempo, vendo nada acontecer. Vendo mimimi das liars se desenrolar. Mimimi esses, que a gente não dá mais a mínima, porque não aguentamos mais ser enrolados. Não dá mais pra aceitar que tanta coisa absurda aconteça nessa série e mesmo assim essas garotas estão preocupadas em viver seus romances como se nada de ANORMAL estivesse acontecendo. 

Acordem, meninas. Tenha a porra de um psicopata atrás de vocês, mas vocês me passam metade de um episódio resolvendo suas tramas amorosas? Quem se importa? Já que elas não vão fazer nada de inteligente, como mudar de cidade ou contar tudo pra polícia, o mínimo seria dar um jeito de acabar com todo esse mistério e suspense. Mas não, vamos perder tempo namorando com um bando de palerma. E isso, que tem liar que não tá se contentando com um macho, e está pegando dois. Como faz? As garotas de hoje em dia estão bem atiradinhas, não? Mas enfim, o tema da review não é a ousadia/vida sexual das mentirosas...


Bom, depois de minutos tentando não dormir vendo o mimimi dos casais da série, finalmente as coisas começam a acontecer. Depois de várias mensagens e presentes de -A - cadê os pais dessas garotas que não vêem essas coisas? - elas chegam a conclusão de que -A está em Ravenswood - a cidade que nunca foi mencionada antes, e que só está tendo destaque por causa do spin-off - e partem para a cidade na tentativa de salvar Mona, só que não. 

Falando na mesma, desde quando Mona é chegada na Shana também? Todo mundo nessa série vive brigando, discutindo ou recebendo presentes e elogios de Shana. Nem em um bordel, a Shana faz tanto sucesso. Apenas observando. E por sua vez, Shana estava em todos os lugares durante o episódio, mas no final, não serviu pra nada. A não ser pra trazer a bomba de que Wren está se mudando para a casa de Melissoca lá em Londres, porque a desculpa hoje em dia pra explicar sumiço de personagem, é dizer que está em Londres. A terra da Rainha, do chá e dos personagens aleatórios.


Bom, continuando...As meninas foram pra Ravenwood e vão assistir o show de mágica - já que -A estava todo trabalhado no ilusionismo. Nisso, enquanto aleatoriamente e convenientemente, o mágico escolhe a Aria participar do truque. Mas como -A é troll, enquanto Spencer e Hanna (mais avulsas e apagadas nessa temporada do que nunca) assistiam o truque, Emily é sequestrada de alguma maneira. Agora, alguém me explica: COMO RAIOS UMA ATLETA FOI SEQUESTRADA, TÃO FACILMENTE, SEM NINGUÉM PERCEBER NO MEIO DE UMA PRAÇA PÚBLICA CHEIA DE GENTE E EM PLENA LUZ DO DIA?!

Tipo, era pra essa cena ser coerente? Não, né? E tipo, foi tudo em questões de segundos? Porque logo que constatam que ela sumiu, -A já manda mensagem pra dizer que a Emily foi sequestrada e já estava em uma caixa. Engraçado é que -A perde o tempo trancando Emily em uma caixa e tudo o mais, MAS não se dá ao tempo de tirar o celular da personagem? E como essas meninas percebem onde Emily está? E mais, quantas Red Coat existem? Já não bastava uma, tem duas? (lembram que eu disse na review passada, né? Eu falei que seriam duas Red Coats). Mas vou parar de reclamar afinal, a série já está alcançando o nível Salve Jorge de coerência e não adianta ficar reclamando...Ou adianta?

A Red Coat revelada é Cece Drake. Ninja, loira, desmascarada, diva e sexy sem ser vulgar. A segunda Red Coat (daqui a pouco tem terceira, quarta, décima etc) provavelmente é a Alison mesmo. Porque essa série não quer saber de suspense e mistério, né? Enrola, enrola, enrola, pra no final ter a resolução de mistério mais óbvia possível. Mas voltando ao que estava falando, Cece Drake, depois de lutar lindamente com a Aria e cair de uma altura de pelo menos 4 metros, simplesmente foi embora e fugiu sem ninguém sequer perceber. Ou seja, A deve ser de Alien, o que é a única coisa que explica os super poderes do -A Team. Já acho que Cece Drake na verdade é uma anagrama para DC que faz referência aos quadrinhos, o que claramente, significa que ela veio de Kripton - ou qualquer coisa assim - e que a única coisa que pode derrotá-la é kriptonita ou então mandá-la para Londres, onde facilmente será esquecida por todos.


Bom, finalmente responderam - naquelas - que a Alison está sim, mais viva que Maya/Bianca Lawson, Lindon/Nate, Ian, Garret e Wilden. E enquanto todo mundo morre, a personagem está por aí, qualquer dia faço gif biográfico dela. Gente, mas essa menina é a verdadeira pilantrinha, né? Está se escondendo, mas sai na rua vestida de Power Ranger e ninguém percebe. Isso sim é ser malandrinha. Acho que ela podia escrever um livro, "Como transar com todo mundo, encontrar milhares de pessoas durante a madrugada, ser enterrada viva, ser resgatada por uma pessoa completamente aleatória que se diz vidente e fugir do meu stalker psicopata ficando na mesma cidade que ele, enquanto observo ele torturar minhas pseudo-amigas e controlar toda a cidade". Eu compraria.

Prefiro nem comentar sobre ter sido aquela diretora velha e doida - que está pensando que está na CW pra fazer papel sobrenatural - que tirou a Ali do fundo do poço. Achei a coisa mais cuspida de tudo que eu já vi, parece até que uma lhama escreveu o roteiro, porque só isso explica. Aliás, não. Nada explica uma informação tão cuspida...


Bom, agora sim. Vamos falar de #EzrA, gente, na boa. Até os autores de novela da Globo são melhores em fazer finais. Primeiro que a produção de PLL deixa vazar que o professorzinho é o -A na promo do episódio de Halloween, depois eles têm a audácia de não mudar o roteiro. Mas gente, essa reviravolta me ganhou. Posso ter sido só críticas até agora, mas é inevitável dizer que esse final me deixou curioso, então nos vemos em Outubro pra falar do episódio especial, e ver como vai se desenrolar esse plot do EzrA, só espero que ele não seja agente duplo, afinal, já usaram essa carta duas vezes. Quero ver Ezra psicopata, sendo gostoso da praia/gostoso de bermuda, sendo vilão, sendo stalker, sendo tudo. Desde que não me dê sono. Ainda mais agora que dormir está tão raro na minha vida. Só lembrando de quem sentir minha falta, pode ir ler os primeiros capítulos da minha história, New Hell, clicando no link abaixo.

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
20 Comentários

Comentário(s)

20 comentários:

  1. Quem sentir sua falta? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ZZZzZZZzzzzZZzzzzzZZZZZzzzzzZZZzZZzzzzzZZZzZZzZzzzzZZZzZzZzzZZzZZZzZZZZZzzzzzZZZzzzZZzz Cochilei.

    ResponderExcluir
  2. Ao contrário do que algumas pessoas podem achar, detestei a crítica, demasiada chata, além de parecer mais um resumo do que uma crítica em si. Mal encontrei sua opinião no meio desse texto. Você parece querer nos impressionar com a sua escrita, mas sinceramente não imprime nenhuma identidade no que escreve, é quase como, você estivesse no modo automático...Essa é só a minha opinião. E além disso, nos trás piadas que são no mínimo, ridículas. Rir mesmo só de sua falta de criatividade. E velho... ACORDA, NINGUÉM VAI LER ESSE LIVRO QUE TU FICA POSTANDO O LINK.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca, queridissíma, se você mal encontrou minha opinião nesse texto, está precisando ter algumas aulas de português, porque o texto é basicamente inteiro de opinião, boa ou não. Só lamento se você não gostou da crítica, e se ninguém tivesse sendo lendo o livro, já tinha parado de postar o link há muito.

      P.S.
      Troca de repertório, porque esse seu já está bem gasto.

      Excluir
    2. Então, amor. Não preciso de nenhuma aula de português, ainda mais vinda de você. Se você acha que seu texto está ótimo e como eu pude ver claramente, não reage as críticas, ainda mesmo que construtivas, já que você é uma pessoa realmente egoísta, egocêntrica e mesquinha. A única coisa que posso sentir agora é pena de você. Ah, aliás, isso não foi uma explanação de sua opinião, mas você avaliou a série e expôs seus pontos negativos. Você se nega a comentar alguns pontos do episódios porque acha que são desnecessários! Apenas indo procurar por blogs onde as pessoas tenham mais senso crítico. Eu leio outras críticas, como a do João Lindley em Teen Wolf, e ele consegue me fazer rir e me emocionar ao mesmo tempo, provando-me que é um fã nato da série.
      PS:. Eu posso trocar meu repertório, ir a Nárnia, salvar o mundo, transar com Ian Somerhalder, mas você ainda continuará fazendo piadas sem graça.

      Excluir
  3. Apesar de respeitar a sua opinião, descordo e MUITO das suas críticas, você esta certo em muitas coisas que diz sobre a série,que o rítmo é lento e que tem muita enrolação, concordo. Mas estamos na quarta temporada e quem não se acostumou poderia ter desistido lá na segunda, ou na terceira.

    Não sei suas críticas são tão vazias, e tão sem conteúdo que, ao analizar suas críticas e compara-las com seu livro que você insiste em postar o link, percebo que você crítica tanto os roteiristas mão não tem competencia pra fazer melhor (lembrando que só falei do seu livro porque eu o li, e quem divulga da a cara pra bater) emfim, whatever...

    Não se ofenda com o que eu vou dizer, mas se a série esta te desagradando tanto, você devia dar as críticas pra outra pessoa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jamais me ofenderia, e sim, dou minha cara pra bater sempre, do contrário não tinha postado uma review como essa, nem postado o link do meu livro. Bom, reconheço que exagerei um pouco nessa review, mas isso, foi gerado pela frustração. Pela falta de sentido, pelas cenas incoerentes, por tanta enrolação. Mas mesmo assim, sempre deixo claro que GOSTO da série. E outra, quando gosto do episódio, encho de elogios e falo muito bem. Vide as críticas do 4x05, 4x06, 4x07, que foram episódios bacanas. Agora, me perdoe se a minha opinião não bate com a sua, mas eu pensei que tinha total direito de me expressar no que eu estou escrevendo. Fico feliz que tenha lido a história, e pena que não gostou. Tentei fugir muito do crítico em PLL, lógico que acho meio injusto comparar algo de quatro capítulos com uma série de 4 temporadas.

      P.S.
      Esse argumento de: "se está criticando tanto, tem que fazer melhor" é ridiculo e infantil. É a mesma coisa que eu responder esses comentários falando "Se não gostou da crítica, faça uma melhor". Qualquer um com senso crítico, pode criticar o que quiser e ponto.

      Excluir
  4. Cara, concordo com os dois comentários anteriores. Toda série tem ''enrolação'', afinal se fossem feitas apenas com cenas decisivas para tirar as conclusões finais sobre enredo principal não seria uma série, e sim um filme!
    Não se ofenda com o que eu vou dizer, mas se a série esta te desagradando tanto, você devia dar as críticas pra outra pessoa. [2]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, eu poderia fazer uma lista imensa de séries que conseguem ser feitas com cenas decisivas e bastante reviravolta e ação. Mas vou dar como exemplo, The Lying Game e Twisted que são do mesmo canal que PLL e conseguem ter um roteiro dinâmico, crível e principalmente coerente.

      Excluir
  5. Eu achei digno essas manifestações, e já que aqui ainda não é sobre os 20 centavos, quero falar que se aquela garota do concurso entrou, por que não dá a série a ela? PLL tem mais cunho feminino, e aposto que nas críticas dela ela não seria tão superficial ao ponto de se achar superior e menosprezar o trabalho dos outros.
    Não se ofenda com o que eu vou dizer, mas se a série esta te desagradando tanto, você devia dar as críticas pra outra pessoa.³
    Faço dessas palavras as minhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entrou alguma garota aqui? Se entrou, ela devia dar às caras...
      Eu até pensei em dar PLL pra ela, MAS, não tenho o contato dela e nem ela o meu. Realmente uma pena pra você, que vai ter que ficar me aguentando então.

      Excluir
  6. Respostas
    1. Digo o mesmo do seu comentário. Obrigado. De nada.

      Excluir
  7. Eu te entendo cara, não vou te criticar como o pessoal de cima. Te entendo pelo fato da grande enrolação. Se vc começar a juntar as peças não chega em logica nenhuma. Não adianta vc querer lembrar outras situações pq elas nunca estão conectadas. Pessoal vão entrado do nada e saindo sem logica nenhuma. A ideia original da série é... Alisson desapareceu, as amigas estão em uma cabana e depois de um ano, aparece um corpo que seria ela. Depois dela já morreram outras pessoas, já apareceu vários assassinos e vários culpados. Como podemos ligar uma situação na outra? Qual a relação dessas mortes? Pra mim a série já merecia ter menos episódios e focar nas no enredo principal.
    Tudo bem Pll é assim ou continua ou pula fora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos alguém me entende =D
      Eu juro que quando escrevi a crítica não pareceu tão agressiva e tão diferente do que eu eu escrevo normalmente, mas depois de reler por causa dessa repercussão negativa, realmente pareci mais revoltado com o normal.
      Vou continuar, porque, como deixar claro no final, o episódio teve um final instigante e que me deixou curioso.

      Excluir
  8. Cuspida mesmo,é sua critica.
    Não está gostando da série? PARE de fazer suas resenhas,e mande outro fazer,simples assim cara.
    E acho que muita gente entra aqui no blog,pra ver a critica de PLL e não uma pessoa escrevendo merda.


    Não se ofenda com o que eu vou dizer, mas se a série esta te desagradando tanto, você devia dar as críticas pra outra pessoa. *4*

    ResponderExcluir
  9. Cuspida mesmo,é sua critica.
    Não está gostando da série? PARE de fazer suas resenhas,e mande outro fazer,simples assim cara.
    E acho que muita gente entra aqui no blog,pra ver a critica de PLL e não uma pessoa escrevendo merda.


    Não se ofenda com o que eu vou dizer, mas se a série esta te desagradando tanto, você devia dar as críticas pra outra pessoa. *4*

    ResponderExcluir
  10. Cuspida mesmo,é sua critica.
    Não está gostando da série? PARE de fazer suas resenhas,e mande outro fazer,simples assim cara.
    E acho que muita gente entra aqui no blog,pra ver a critica de PLL e não uma pessoa escrevendo merda.


    Não se ofenda com o que eu vou dizer, mas se a série esta te desagradando tanto, você devia dar as críticas pra outra pessoa. *4*

    ResponderExcluir
  11. Apoio o que o povo ta dizeno, da a critica pra menina

    ResponderExcluir
  12. Galera sei que muito podem me xingar mas eu como menina acredito e apoio em tudo o que ele falou a serie ta bem enrolada e uma serie boa não vai importa se as criticas vão ser femininas ou não!

    ResponderExcluir
  13. serie enrolada sem sal só enrolação.

    ResponderExcluir