sábado, 10 de agosto de 2013

[Crítica] Teen Wolf - 3x10: The Overlooked


Vilões não nascem. Eles são feitos.

Review:
(Spoilers Abaixo)

João não apareceu essa semana porque ele foi sequestrado e servirá de sacrifício, então estou aqui para entregar novamente a review de Teen Wolf. A série está entrando em reta final - pelo menos dessa primeira metade - então os episódios estão cada vez mais frenéticos. Se olharmos para a estrada da série até aqui, é impressionante o quanto ela evoluiu. A qualidade é incomparável! Estava com medo que o dobro de episódios prejudicasse o desenvolvimento, mas aconteceu justamente o contrário. Parte disso também se deve ao fato de que os roteiristas irão dividir essa temporada em duas partes distintas, o que acaba funcionando do mesmo jeito de sempre.

Eu adoro esses episódios especiais da série. Enquanto os episódios mais comuns se passam em diversos cenários e toma um grande período de tempo na narração, episódios especiais como este são guiados por terror, tensão e perseguição, focados em apenas um cenário. No sexto episódio dessa temporada, algo parecido aconteceu em um hotel de estrada, e agora, a luta frenética pela sobrevivência acontece em um hospital. Isso mesmo, o mesmo hospital que a mãe do Scott trabalha. Aliás, ela é muito eficiente. Deveria se tornar a dona do lugar, porque até os médicos vêm saber o que fazer com ela.

Não posso fazer uma crítica sem dedicar um parágrafo inteiro à Melissa McCall. Ela tem tido muito mais destaque nessa temporada, e esse é um dos motivos que espero que o pai do Stiles saiba logo a verdade sobre o mundo sobrenatural. Personagens no escuro tendem a não render muito. Voltando à Melissa, devo reconhecer que ela é incrível, além de aceitar o namorado do seu filho morar sob o seu teto toda essa história paranormal, ela também ajuda os personagens, tornando-se proativa na história. Nessa semana, ela foi sequestrada pelo Deucalion e ainda conseguiu resgatar o seu filho dos gêmeos-fusão. Agora, será que só eu shippo o Deucalion com a Melissa? Apenas calado quanto a essa situação.

Voltemos nossa atenção para a vilã dessa primeira metade da temporada. Jennifer Black. Acho muita bobagem não gostar dela por causa do Derek. Shippar (adoro esse verbo) Sterek é legal, mas também não vamos ficar psicóticos com isso, certo? Na minha opinião, Jennifer é uma das melhores vilãs da série (quem sabe, a melhor). Além de ter um ar poderoso, ela também tem uma história sofrida que permite nos identificarmos com ela. O que foi aquela cena dentro do elevador? Enlouqueci quando os olhos dela ficaram brancos e ela soltou aquele poder no melhor estilo Dragon Ball Z (risos). Só eu estou esperando o momento que ela estiver toda montada na destruição em massa e fazendo com que todos os lobos sofram?

Aliás, muita gente deve ter caído quando a Jennifer vestiu aquela cara de arrependimento, tentando mostrar para o Derek que ela não é uma pessoa ruim. O enredo procurou humanizar a personagem durante o tempo inteiro, só para atingir o espectador quando ele menos espera. Jennifer mostrou sua cara feia e capturou a mãe do Scott. E vocês perceberam o estado do garoto quando ele descobriu que sua preciosa mãe havia sido levada? Quando era só o pai do Stiles, ele estava de boa, dizendo que tudo iria dar certo. Porém, quando sua mãe foi levada, ele não esperou nem dois minutos antes de entrar em desespero e se juntar com o bando do Deucalion. É duro quando é com você e não com os outros, certo?

Dentre as considerações finais, temos o Isaac sendo adotado como mascote oficial do Team Argent; Ethan mostrando que não está mais querendo bater nos mocinhos da história; Momento romântico quase-morte entre o Stiles e a Cora (Sério?); E, por último, o passado da Kali sendo explorado com mais profundidade. Simplesmente não tenho do que reclamar em relação a série. Está ágil. Está coerente. Está tendência. Agora vamos todos ficar na expectativa dos próximos episódios, já que falta mais um "guardião" no guia de sacrifícios interativos da tia Jennifer. E tem "Argent" escrito por todo ele. Será que essa mulher não conseguiu encontrar mais nenhum outro pai figurante na cidade não?

Poderia matar todos vocês, mas sou humilde.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Eu não shippo a Melissa com o Deucalion, eu shippo ela com o Xerife Stilinski. Eu acho que agora que eles estão presos juntos pode acontecer algo.

    ResponderExcluir