sábado, 10 de agosto de 2013

[Crítica] Pretty Little Liars - 4x09: Into The Deep

"Will Be The Circle Unbroken?"

Review:
(Spoilers Abaixo)

Novamente, Janel Parrish tenta salvar o episódio com sua excelente Mona, mas não consegue. Isso porque a série vinha em uma crescente que estava até me surpreendendo. Uma pena que tivemos uma queda tão brusca e um episódio que mal consegue se segurar no que se propôs, dando sono, cansaço e vontade de ir assistir Chiquititas - no SBT - que começou a parecer mais interessante do que a série, enquanto eu via o episódio. Já posso dizer que foi um dos seus piores episódios desde que a temporada começou, né? Nunca tive tanta vontade de abandonar o episódio na metade - precisei pausar três vezes e ir fazer outras coisas, antes de completar o episódio - que já merece o troféu de "Coisas Que Eu Podia Ir Dormir Sem Ver". Há quem diga que é falta de Menino Mike, já pra mim, é destaque demais em personagem que não merece. E sim, estou falando de Jamanta (Emily) e Pirigueta (Aria).

Vamos começar então por Hanna - sempre atolada em plots chatos desde a temporada passada. Me desculpem os fãs, mas Ashley Benson não consegue carregar tanto dramalhão nas costas e acaba tendo cenas superficiais em que senão fosse alguém pra me lembrar, nem pareceria que a mãe dela estava presa. Mas enfim, com a confissão de Mona, a juíza decide dar o benefício da dúvida para Ashley e cede a fiança: 1 milhão de dólares. Coisa pouca, sabe? Achei muito exagerado para um crime de cidade pequena,  na verdade, nem sabia que o preço de uma fiança podia ser tão caro lá, mas bom. Vai saber. Graças a Deus, não moro em Rosewood pra saber que Código Penal eles andam seguindo. Mimimi pra cá, mimimi pra lá, personagem avulso de volta e o mais novo mistério formado: quem foi que pagou 1/10 desse valor (100 mil, pro caso da sua matemática ser tão ruim quanto a minha), para Ashley poder sair da cadeia? Mona ou Ted? 

Não sei porque a série tem investido nesses mistérios menores agora, primeiro foi aquele de "Quem quebrou o carro do menino avulso?", Ezra ou Menino Mike? Agora, é esse. A série quer criar um game-show spin-off também ou é impressão minha? Enquanto isso, a trama principal da série continua exatamente do mesmo jeito que começou. Marlene King mostrando como desenvolver bem um roteiro. Só que não. 

Jenna finalmente está de volta, aparentemente perdeu a vista novamente - mas deu uma engordada, pra quem não sabe, a atriz está grávida - e estava toda trabalhada no medo de alguém. Mas todo mundo nessa cidade vive com medo, o jeito é mudar e ir pra outro lugar, né? Mas o povo insiste em ficar voltando pra Rosewood como se vivessem em um constante "De Volta Pra Minha Terra". A grande questão é: ninguém pode viver com medo. O que resultou na tentativa de assassinato da Jenna, quem foi que tentou matar a pobrezinha? Não sabemos e nem saberemos. 

Nome: Jake. 
Função: Dormir no sofá sem camisa (e sem calça?) pra seduzir as novinhas.

Bom, paralelamente à saída da Ashley da cadeia (observa-se que mais uma vez, ninguém está nem aí pra Hanna) temos Pirigueta - que continua pura como a água que bebemos (para meio entendedor, uma ironia basta) - e depois de muita chatice. Muito drama adolescente, muito ciúmes, e nada de sexo. Eis que finalmente Aria decide assumir seus sentimentos por Jake, sambando na cara da sociedade e mostrando que gosta mesmo de tanquinhos de caras mais velhos. 

Enquanto isso, no lustre do castelo...

Temos Ezra, que seguindo passos de Calebo e Tobinha, decidiu caminhar com as próprias pernas e ter um plot próprio. A nata do bolo desse episódio, por favor. Ver Ezra contracenando com Veronica - toda trabalhada na advocacia nessa temporada - é algo deliciosíssimo. Tudo porque ele queria um bom advogado porque ele vai entrar em uma briga judiciária pelo filho - que nem pode ser seu filho, o que seria a reviravolta mais canastrona que essa série já teve - tudo porque Meggie decidiu ser mais avulsa que Melissoca no Toba e ir viajar pras putas que lhe pariu. Vou adorar acompanhar essa encheção de linguiça e vocês?

Já que falei na Melissoca e de Mamãe Hastings (alguém me explica porque -A não está atacando essa mulher também? Ou só Pam, Ella e Ashley sofrem o bullying?), vou passar aqui só pra comentar que Spencer não fez NADA, tipo, NADA no episódio inteiro. Até Aria teve mais utilidade ao interrogar o casal Janna - mesmo que sem sucesso nenhum. Mas voltando a Spencer, tudo que ela conseguiu foi ser vítima de altas suspeitas e teorias pela internet (ZzzZzzzzZZZ) e fazer Shanna soltar o nome "Cece Drake" - sumida da série a séculos, mas continua sendo a maior suspeita ever.

Pra fechar, comentar rapidinho da Paimily. Terminaram, muito drama pra pouca coisa. Achei muita filha da putisse da Paige jogar a namorada pra uma oportunidade que ela sabia que não ia dar em nada. Tudo por causa do seu amor egoísta, há quem diga que o término foi porque Emily foi quem salvou a Jenna de morrer afogada e ela lembrou que Paige tentou afogá-la no passado. É bom que teremos menos de romance chato em cena, só falta Toba e Spencer, Hanna e Calebo terminarem e solto fogos.

Esses dias estava pensando em fazer uma análise da semana em que a Alison foi morta e ia até postar em um Artigo. Mas gente, não tem como. Ela foi pra Cape May, pra Disney, fez excursão pra Tomorrowland, visitou Cuba, transou com uns cem caras diferentes sem camisinha, engravidou, subornou, prendeu a respiração em aulas de mergulho, sambou na cara das "Pirulitas", mentiu, omitiu, tomou drinks em Paris, visitou as ilhas do Caribe, se drogou. Encontrou o elenco todo da série, foi assassinada, depois foi resgatada, visitou metade do elenco milhares de vezes, fez cosplay de bombeiro e salvou todo mundo de um incêndio e agora vagueia pela cidade com uma roupa super discreta e ninguém percebe nada? Pode isso, Arnaldo? 

Promo Legendado - 4x10: Mirrors Has Three Faces 

P.S.
Gente, eu às vezes falo tão mal de Pretty Little Liars mas amo a trama a ideia inicial, por isso acabei entrando na onda, e comecei a escrever uma história que se baseia na mesma ideia que a série. Então, eu e um amigo estamos trabalhando em um blog onde eu e ele possa postar nossas histórias. Se vocês estiverem sem nada pra fazer e quiserem dar uma lida, a história se chama "New Hell", clique aqui. Se gostarem, me deixem saber. Ainda hoje sai o 3° capítulo. 
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Esses dias estava pensando em fazer uma análise da semana em que a Alison foi morta e ia até postar em um Artigo. Mas gente, não tem como. Ela foi pra Cape May, pra Disney, fez excursão pra Tomorrowland, visitou Cuba, transou com uns cem caras diferentes sem camisinha, engravidou, subornou, prendeu a respiração em aulas de mergulho, sambou na cara das "Pirulitas", mentiu, omitiu, tomou drinks em Paris, visitou as ilhas do Caribe, se drogou. Encontrou o elenco todo da série, foi assassinada, depois foi resgatada, visitou metade do elenco milhares de vezes, fez cosplay de bombeiro e salvou todo mundo de um incêndio e agora vagueia pela cidade com uma roupa super discreta e ninguém percebe nada? Pode isso, Arnaldo?

    HAHAHAHAAHAHAHAHHAHA SEM MAIS!

    ResponderExcluir