sexta-feira, 19 de julho de 2013

[Crítica] Under The Dome - 1x04: Outbreak


Satanás no corpo me representa. 

Review:
(Spoilers Abaixo)

Depois de um episódio com um ritmo mais lento - de jeito maneira vou dizer que o o episódio passado foi "morno" porque não foi. A série traz de volta aquele ritmo frenético que vimos na premiere, ou seja, muita correria, muito mistério, muito drama e principalmente muita loucura. E é disso que o Brasil gosta, não é? A cena a la filme de exorcismo/found foutage já entrou no top de melhores cenas da série.

E foi uma coisa surpreendente, né? Quem esperava ver o Joe levantando no meio das convulsões, e fazendo um sinal de silêncio pra câmera? Épico define. E um pouco hilário também, convenhamos. No começo, eu não estava colocando muita fé nesses dois, mas eles me ganharam. Não tem como não shippar, lógico, que não gostei nada deles decidindo que era melhor obedecer a "redoma" e não contar nada pra ninguém. Típica atitude de adolescente, deixar os adultos de fora enquanto podem.

Falando nele, finalmente o garoto percebeu que a irmã sumiu - três dias depois, mas pelo menos percebeu - e foi perguntar justamente pro Junior se ele sabia onde ela estava. Lógico, Junior deu aquele migué gostoso. E o Joe simplesmente esqueceu da irmã de novo, acho que já está na hora dele avisar a Linda - ou melhor, avisar o Barbie. Porque agora, Linda está mancomunada com Junior.

Gente, o que deu na cabeça da Linda pra dar um cargo de polícia pro Junior? Eu consigo ver que ele tem probleminhas mentais de longe. Será que só eu consigo perceber isso? Só por causa de um discurso pseudo-manipulador, ele já se torna a pessoa mais qualificada pra assumir um papel de homem da lei da cidade? Por isso que não gosto muito da personagem, acho ela muito fraca.

Aliás, Angie está muito impaciente pra fugir do seu cativeiro, mais uns dois dias enganando o Junior, e talvez ela conseguisse sair. Mas convenhamos, isso é o que nós pensamos assistindo a situação. Eu tenho certeza que se eu estivesse ali, eu faria as mesmas coisas que ela. De um jeito mais discreto, mas faria as mesmas coisas. O plot dela foi o que mais me agoniou durante o episódio, eu estava começando a acreditar que ela ia mesmo partir dessa para a melhor (ou pior, who knows). Mas, eis que Big Jim encontra a personagem, depois de ouvir os gritos e os pedidos de socorro. Péssimo jeito de terminar o episódio, meu coração apertou. O que será que ele vai fazer? Afinal, primeiro ele tem que defender o filho, o mais novo policial dessa bagaça.

Quem, assim como eu, shippava Barbie e Julia, não gostaram nada dos acontecimentos desse episódio. Julia finalmente descobriu a verdade, seu marido estava envolvido em apostas e Barbie era o cobrador. Ela o confrontou, e ele conta quase toda a verdade, omitindo a parte menos importante, aquela em que acidentalmente, ele assassina o marido dela. Afinal, pra quê contar esse detalhe?

Pra fechar, as lésbicas tiveram uma trama mais interessante nesse episódio, afinal, uma delas foi essencial pra salvar a cidade da epidemia de meningite que estava se espalhando. Aliás, um excelente plot. Foi interessante ver que uma delas - a que é psiquiatra/médica - precisa de insulina. Prevejo a morte dela até o final da temporada, e vocês? 

Mais um ótimo episódio, com uma trama empolgante e um ritmo frenético. Finalmente meu Sob A Redoma chegou - agora pouco, btw - e estou louco pra começar a ler. Sei que disse que ia só depois do final da temporada, mas fiquei muito curioso. Na próxima review conto o que estou achando do livro. E já faço crítica a série e ao livro ao mesmo tempo.

Promo 1x05: 'Blue On Blue'



P.S.
Deu a louca no Reverendo. É bom alguém mandar ele pro Inferno, antes que ele mande a cidade toda pra lá.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Eu só li o comecinho do livro e percebi diferença, como: A mulher do Big Jim (e mãe do Junior) estava naquele avião que explodiu, tendo aulas de pilotagem. Na série ela já havia morrido há algum tempo. Mas voltando a série0, foi muito tenso a cena em que o Joe levanta no meio da convulsão. Não sei se fico com raiva ou pena da Linda, mas ainda gosto dela. Como Big Jim é o vilão do livro, acho que ele vai deixar a Angie morrer afogada, afinal no decorrer da história o número de personagens vai diminuindo, além de eu não achar que ela tem alguma importância na trama. Achei bem feito pro Barbie a Julia ter descoberto quase toda a verdade e mandado ele embora da casa/vida dela. Eu até que gostava dele e shipava os dois, mas no decorrer dos capítulos mudei de ideia. Tô louco pra comprar o livro e espero que a série só tenha uma temporada e não haja enrolação.

    ResponderExcluir