sexta-feira, 26 de julho de 2013

[Crítica] True Blood - 6x06: Don't You Feel Me

Me amarre. Eu não quero fazer coisas ruins com você.

Review:
(Spoilers Abaixo) 

Minhas férias estão oficialmente acabadas. Viajei, dancei, bebi, curti, e agora estou de volta aos meus afazeres. Foi bom enquanto durou, mas vocês sabem, não consigo ficar longe de vocês por muito tempo, e nem dos moradores safadinhos de Bon Temps. Aliás, só eu estou amando essa temporada e o quase apocalipse vampiresco que está rolando? True Blood me surpreende a cada semana, e é realmente uma pena que só faltem quatro episódios pra essa temporada chegar ao fim.

Muito bem, agora vamos aos fatos. O episódio passado terminou com o pai de Sookie possuindo Lafayette e tentando afogar a própria filha. Segundo ele, para que ela não se tornasse um monstro como Warlow. O que ele – e mais ninguém – sabia era que Warlow estava bem longe de ser um monstro como os outros da sua espécie. Ele era uma fada pacífica (risos) que viveu em 3.500 AC e foi transformado em vampiro por Lilith sem seu consentimento. Apesar de ter ganhado vários poderes, Warlow sempre viu sua condição como uma maldição. Tanto que matou sua criadora quando percebeu que precisaria machucar seres vivos para sobreviver.

Sookie não havia acreditado na sua história, mas quase ser assassinada pelo espírito do próprio pai deixou as coisas muito claras. E fugindo com ele para o mundo das fadas onde Bill não poderia lhe controlar, ela viu uma oportunidade de esclarecer todas as outras dúvidas. Warlow achava que era seu dono por causa daquele contrato? Não. Warlow era um assassino desalmado e mataria qualquer pessoa pra ficar com ela? Também não. A única coisa que ele queria era transformá-la numa fada vampira e lhe dar uma vida de Rainha. Nem mesmo ajudar os vampiros na guerra contra os humanos ele estava disposto a fazer, se era isso que os fãs imaginavam.

Então, Sookie decidiu que não iria mais resistir ao seu charme. Tirou a roupinha, sentou em cima dele e juntos fizeram uma fornicação de luz que nunca veríamos em Xuxa e os Duendes. Porque fala sério, né pessoal. Não tem como não gostar do Warlow. Mesmo que ele revele ser um tremendo filho da puta antes dessa season finale, não tem mesmo como não gostar dele. Infelizmente, tudo indica que ele vai morrer pra realizar os propósitos de Billith, a vampira transexual que é obcecada em enigmas e não se depila. Se tivermos sorte, talvez ele transforme Sookie numa fada vampira antes de encontrar sua criadora no que eu acredito ser o “paraíso”.
 
Enquanto ele fazia a egípcia e nos ajudava a ganhar free boobs da Aninha, sua raça estava sendo torturada em nome de Deus e da falta de princípios. A Jess, coitada, quase foi obrigada a transar com um desconhecido na frente de todos só porque Jason havia se infiltrado nas instalações. Essa ideia saiu da mente doentia e oxigenada da Sarah, que provou mais uma vez ter talento para o antagonismo. Foi ela quem convenceu o Governador a prender sua filha, foi ela quem levou a Jessica pro centro de tortura, e com certeza fará mais alguma maldade antes de morrer, porque tenho certeza que seu corpo encontrará a arma de Jason Stackhouse antes do fim dessa temporada.

Eric também sofreu um pouquinho, mas conseguiu ganhar um final quase feliz e descobrir algo muito importante sobre os planos do Governador. Tudo começou quando ele e Pam, ao invés de lutarem, mataram dois soldados da instalação. Como Pam era a favorita do psiquiatra, O Governador decidiu que iria fazê-lo sentir a dor de perder alguém – como ele achava que tinha perdido sua filha – usando Nora. Injetaram na garota um veneno que apelidaram de Hepatite V, capaz de matar um vampiro lentamente.

E era exatamente o que estava sendo guardado para todos os outros. Estavam adicionando o veneno nos novos frascos de Tru Blood que logo começarão a ser vendidos. Por sorte, Eric, Nora e Willa conseguiram descobrir a tempo, mas só saberemos se conseguiram fugir apenas no próximo episódio. Lembrando que ainda precisam pegar Pam, Tara e Jessica pra poderem deixar as instalações. E agora com a descoberta sobre o Tru Blood envenenado com a urina do capeta, talvez as prioridades mudem.

Mesmo que essa quase fuga não dê em nada, já conseguimos uma vitória. Billith tomou o sangue de Warlow e foi fazer uma visitinha ao Governador em plena luz do dia só pra arrancar sua cabeça e gritar frases de efeito. Ou seja, eliminou a ameaça, mas só depois de ter se tornado um risco. Aposto que Bill vai continuar obcecado com a luz do sol e vai descobrir tarde demais que o próprio sangue é quem pretende matar os bebedores de sangue. Eu sei, muito babado, muita confusão. Pra quem continuava dizendo que True Blood é só sexo e sangue, essa temporada deve ter sido como um belo tapa na cara.

Fangs On: 
- Depois de fazer Arlene chamar um vampiro para tirar o suicídio da cabeça através da hipnose, Terry is dead. Foi uma cena bem emocionante, mas se ele não tem mais histórias interessantes, foi melhor que morresse mesmo.
- Sam fez um acordo com a Vovó lobo e entregou a filha de Luna, mas nunca vai poder voltar para Bon Temps. Só quero ver agora o que o Alcide vai fazer se não tem mais metamorfos pra perseguir...
- A fadinha sobrevivente acabou de ser batizada como Adilyn + o nome que dariam as suas três irmãs mortas. Ainda não me acostumei com a personagem, mas tenho certeza que vai crescer no decorrer da série.
- Lilith, você ta muito zuera. Eva não mordeu a maçã pra você ficar esfregando seus enigmas na nossa face.

Promo 6x07 "In the Everything"
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. kkkkkkkkkkk voltou com tudo mesmo(fornicação de luz que nunca veríamos em Xuxa e os Duendes), dei mtas risadas com essa resenha. Tbm estou adorando essa temporada, pra mim só tá faltando mais cenas de sexo e eu não reclamo nunca disso.
    True Blood é uma série sobre vampiros e eles voltaram a ter foco no enredo diferente das outras temporadas e as diversas outras criaturas estavam no foco. Tirando o Lafa e o Andy que cresceu demais nessa temporada e resto deveria levar uns tiros ou servirem de comida pra Jessica, Tara e Pam. Só 4 eps. nãooooooooooo

    ResponderExcluir