quarta-feira, 26 de junho de 2013

[Crítica] Under The Dome - 1x01: Pilot (Series Premiere)


"As estrelas estão caindo. As estrelas estão caindo em linha."

Review:
(Spoilers Abaixo)

Desde o começo do ano, venho querendo ler Sob A Redoma, isso, antes de sequer ouvir sobre a adaptação que teríamos para as telinhas. Mas quem já viu o livro à venda, sabe que o preço é bem alto, não é como se eu não tivesse o dinheiro pra comprar o livro, mas o fato é, que com o dinheiro que eu compraria Sob A Redoma, dava pra comprar outros três livros diferentes. Óbvio que sempre escolhia comprar três livros, como bom consumista que sou. Então, fui enrolando pra comprar e já que estou lendo O Festim dos Corvos, decidi que compraria o livro de Stephen King pra ler nas férias do final de ano, foi quando ouvi falar que ele estava sendo adaptado para as telinhas. E bom, que coincidência, não? Quer dizer, essa série estava sendo feita pra mim, por favor. Por causa da série, decidi que o livro iria mesmo ficar pra depois, porque acho muito mais divertido acompanhar essa loucura aqui com vocês. Então, na sua segunda temporada, provavelmente já vou ter lido o livro e então começo a criar paralelos entre a série e o livro. 

E sim, podem ver que eu praticamente falei que a série vai ter uma segunda temporada, não levantei sequer um subjuntivo. Isso porque quem acompanha noticias desse mundo das séries sabe que a audiência da estréia de Under The Dome foi espetacular. Teve 13,1 milhões de espectadores, batendo o recorde de Summer debut, que é o mesmo de 2007. Ou seja, sucesso, né? Ainda mais se os episódios mantiverem essa qualidade deliciosa do piloto. E oremos pra manter, porque se eu abandonar mais uma série, o chefe arranca meu rim e vende no mercado negro.

Eu assisti o episódio com as expectativas lá em cima, e fiquei feliz que quando se passaram os 40 minutos e eu não estava frustado. E sinceramente, não vi nada do que reclamar. O que mais me preocupava era o elenco, convenhamos que são pessoas talentosas, mas que têm os pés mais frios da história. Mike Vogel, Aisha Hinds e Britt Robertson na mesma série? Estava quase um "Under The Flop" só por causa deles. Mas parece que dessa vez os três se deram bem. 

O resto do elenco parece bem escalado, com excessão da Natalie Martinez, acho que ela ainda não encontrou o tom certo da sua personagem, Linda. Ou talvez tenha sido a própria personagem que tinha mesmo que se mostrar abobalhada e perdida na trama, servindo somente pra gritar por ajuda em um lugar que obviamente não tinha ninguém, quando o marca passo explode no peito do xerife. Detalhe, o marca passo explode no exato momento em que ele vai contar pra ela o que provavelmente levou a cidade a ficar toda trabalhada no aquário humano. 

E eu, particularmente, prefiro não começar com teorias logo agora no Piloto, mas já tem gente dizendo que a Angie é uma doppleganger da Cassie Blackwell e que ela invocou o "Círculo Secreto" pra proteger a cidade de alguma coisa. Obviamente, a teoria só pode ter vindo de alguma mente insana que anda precisando ficar isolada dentro da redoma, afinal, só alguém com a mente muito perturbada pra ainda se lembrar de The Secret Circle.



O protagonista parece que vai ser mesmo o Barbie, sim, o "Barbie", já que o personagem não diz seu nome e ficamos apenas com seu apelido. Aliás, minha primeira #caranuchão da série foi por causa dele. Nunca que eu tinha associado o marido desaparecido da jornalista, Julia, com o homem que vemos ele assassinando no começo do episódio. Bom, gosto desse clima misterioso que envolve o personagem, apesar de já estar bem claro que a índole dele é boa. Por mais criminoso que ele seja. Sem falar que ele já chega, abalando o coração das duas protagonistas femininas, não? Não sei se shippo ele com a Julia ou com a Annie.

Falando em Annie, que barra, hein? Realmente, pessoas nunca se dão bem com rejeições, mas algumas pessoas elevam isso pra um patamar psicótico. Prender a amada em um abrigo antirradiação é algo bem..."psicopático". O  Alexander com essa cara de anjo, até que se saiu bem como playboy psicopata. Tal pai, tal filho, né?

Afinal, Junior é filho do outro grande vilão da série, o Vereador Big Jim - pra começar, alguém que tenha "Big" no nome, só pode ser vilão, né? Por fá. Ele é  claramente o que mais tem uma ideia do que está acontecendo, é de fato muito curioso ele está estocando gás pouco antes de acontecer uma catástrofe na cidade. Digamos que as pessoas precisam de muito pouco pra criar teorias da conspiração, apenas esperando a hora que alguém vai confrontá-lo. E eu aposto que vai ser o Barbie ou a Julia. Ou mais provável, os dois juntos. 

E sobre o irmão da Annie, o Joe? Esse já está na cara que vai ser o adolescente problema, vai querer tomar decisões independentes e maduras, e só vai gerar complicações maiores. Já estou vendo. Acho que ele já pode juntar com a outra adolescente problema, a filha rebelde das lésbicas. Até os mesmos ataques os dois tiveram. "Estrelas (rosas?) estão caindo. Estrelas (rosas?) estão caindo em linha", o que já esclareço desde já, não é normal, não. O que será que significa? Seriam cometas gays caindo na terra pra trazer a tão desejada "cura gay"? Coitadas das lésbicas nessa caso. Ou será que são referência a alguma coisa escrita? Ou quem sabe, uma mensagem mandada por alienígenas? Não li o livro ainda, então quem já leu, não responda essas perguntas nos comentários, por favor e obrigado.

Não tenho muito mais do que falar, me arrisquei muito com essa crítica, então espero que a série não me decepcione. Mas convenhamos, como é que algo que envolve Steven Spierlberg, Stephen King e Bryan K.Vaughan pode dar errado logo de cara? Bom, oremos para que eu não torça minha língua e que a série realmente sambe na cara da sociedade e seja o mais novo hit do verão. A não ser claro, que você prefira ouvir a nova música do Latino sobre os protestos.

Promo Legendado - 1x02: The Fire
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Amei demais, foi muito além das minhas expectativas. Ei, eu lembro de The Secret Circle, sinto saudades também, o episódio final foi ótimo e a série merecia uma segunda temporada, a audiência não era TÃO ruim.
    Amei que a Britt tá na série, ela foi ótima na atuação, para quem fazia parte da Disney.
    A Victoria de crepúsculo, kkkkk, a do primeiro filme pelo menos, disseram que mudaram, pelo menos ela foi para um lugar melhor.
    Então, eu também não li o livro ainda, vou comprar, a única coisa que vi sobre Under The Dome, foi o filme d'Os Simpsons.

    Se as Reviews não atrasarem como acontece com quase todas as séries, eu vou até acompanhar. Porque vai por mim, é horrível ler a Review do episódio 5 de uma série que já ta no 10!

    =D

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda me lembro de tsc :( eu gostava

    ResponderExcluir