sábado, 8 de junho de 2013

[Crítica] New Girl - 2x24/25: Winston's Birthday/Elaine's Big Day (Season Finale)

Fallen...In Love.

Review:
(Spoilers Abaixo)

O que dizer dessa segunda temporada de New Girl? Sei que vou soar clichê, e pelo que vi todo mundo começou suas reviews assim, mas não tem como não dizer que essa temporada esteve cheia de altos e baixos. Alguns pontos altíssimos, e outros pontos baixíssimos. Mas claro, que nada realmente muito bom ou muito ruim. Nada relevante. Nada demais. Ou seja, a série continua sendo só mais uma. E como estou precisando de tempo pra séries novas, não sei se New Girl voltará sobre meu comando na próxima Fall. Não estou podendo me dar ao luxo de manter séries mais ou menos. Principalmente quando elas não me empolgam e não têm nada haver com meu gosto pessoal. Mas enfim, mudanças são necessárias e é inegável que até a Fall teremos muitas. 

Bom, acho que o problema não é New Girl, sou eu. Mentira. É culpa da série mesmo. Que depois de sua segunda temporada ainda não me convence. Eu sei que além de mim e do Neff, nunca vi mais ninguém falando mal. Mas me recuso a acreditar que eu e ele sejamos os únicos problemáticos que não vemos a genialidade toda por trás da série que as pessoas insinuam. Talvez - só talvez - seja prepotência minha achar isso.

Enfim. Não vou dizer que a série errou no seu final de temporada, muito pelo contrário, a série fechou seu segunda ano muito bem. Mas nada que realmente tenha me empolgado a voltar pra terceira temporada. Jess e Nick fugindo de carro? Schimidt também fugindo sem saber se escolhe a Gordelícia - que não, eu não sei o nome - ou Cece? Winston e seu texugo? 

É, o mais motivador é Winston e seu texugo, porque o resto foi bom, mas muito previsível e sem impacto. Engraçado como Winston roubou todas as cenas nesses dois episódios finais, me apeguei mais ao personagem que a qualquer outro - com excessão, claro, de Jess. E os roteiristas começaram a brincar com o fato do personagem ser sempre ignorado e deixado lado. Usar isso como comédia têm sempre um efeito positivo, ao invés de fazer drama, prefiro quando usam isso pra nos fazer rir. Quão irônico é o título do episódio ser "Aniversário do Winston" - #googletranslate - e ninguém se lembrar do aniversário do pobre coitado?

Continuando, outro que proporcionou excelentes momentos, foi o Shivrang. Engraçado como nenhum personagem a quem eu me apegue, consegue emplacar, se dar bem, ou pelo menos, continuar na série. Sabe? Esses roteiristas já ouviram falar em "promover personagem ao elenco regular"? Mas o personagem pelo visto já teve seu final e não voltará a aparecer tão cedo. Juro que fiquei chocado com o final dele, tipo, já sabia que Taylor Swift ia fazer uma ponta, mas, não imaginei que seria como paixão do Shivrang. Amei.

Já no quesito história e continuidade de trama, foi onde a série pecou. Quer dizer, esperava bem mais dos roteiristas. Ver Nick e Jess finalmente decidirem se tornar um casal foi o único ponto positivo do roteiro, a química dos dois é incrível. Ao contrário de muitos casais no mundo das sitcoms, no caso deles, o relacionamento têm dado certo. 

Agora, arranjaram um par péssimo pro Schimidt, não gostei da Gordelícia, nem um pouco. A personagem tem zero de carisma, e tem uma prepotência que chega a irritar. Óbvio que já sou Team Cece, porque né? Não tem nem como torcer pra Gordelícia, personagem que a gente conhece há alguns poucos episódios, quando temos Cece que já conhecemos desde o piloto.

Agora só nos resta esperar e ver aonde essas coisas vão dar na temporada que vem - vamos ter, né? Nem sei se a série foi renovada - e só me resta torcer pra que encontrem o tom certo pra série. Bom, por hora, me despeço de vocês e aguardem as próximas reviews pra ver se ainda estarei a frente dos atrasos...digo, da série.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. New Girl é uma das melhores comédias atuais, ponto. Se for pra ficar falando mal da série em todas as críticas é melhor abandonar mesmo...

    ResponderExcluir
  2. concordo,a série é ótima, tem problemas mais nada que possa estraga la, se for pra falar mal e ficar se achando o critico melhor abandonar mesmo e passar para alguem que realmente goste da história (h)

    ResponderExcluir