domingo, 5 de maio de 2013

[Crítica] Awkward. - 3x04: Let's Talk About Sex

Sinto muito por tomar a virgindade da sua filha.

Review:
(Spoilers Abaixo) 

Sexo sempre foi um assunto bastante delicado para lidar com a família. No Brasil, garotas de 12 nos já estão fazendo quadradinho de oito e garotos de 11 anos já estão oferecendo carona pras novinhas, sem se importar com as vozes da experiência que se chamam pais. É claro que não é assim nos Estados Unidos onde Jenna Hamilton vive, mas não quer dizer que também não poderia ser um desastre. Se seus pais quisessem conversar com os pais do seu namorado a respeito de sexo, o que você faria? Aqui vai uma pequena dica: Nunca os convide para jantar.

Tudo começou quando o Senhor Hamilton encontrou as pílulas de Jenna dentro de um banheiro. Para que conseguisse lidar melhor com o luto da virgindade de sua filha, ele ligou para os pais de Matty – com total apoio da esposa – para esclarecer as coisas. Se é que algo numa relação sexual pode ser esclarecido. Seria uma reunião pacífica entre pais preocupados com a segurança de seus filhos, mas o conservadorismo dos pais de Matty acabaram levando as duas famílias ao desentendimento. Isso, é claro, depois da situação da vagina de Jenna ter virado uma grande polêmica.

Afinal, o que Jenna não consegue transformar em polêmica? Ano passado ela viveu um triângulo amoroso clichê com seus dois amores e se tornou a garota mais popular do colégio. É claro que ninguém deixaria sua vida sexual passar em branco depois de quase ter ficado grávida. Mas pela primeira vez não havia nada errado na sua maneira de encarar as coisas. Ela não estava mentindo pro namorado, ela não estava sabotando o namoro do ex namorado, ela não estava namorando escondido ou mentindo para os pais. Só estava sendo uma adolescente normal e comunicativa, mesmo que para os pais de Matty esse fosse o grande problema.

Depois do jantar e da pequena oferta de paz entre as famílias, a mãe do garoto incorporou o Marco Feliciano e começou a dizer que comprar pílulas pra filha é incentivar a promiscuidade. Teve gritos, lição de moral e saída dramática, que no final levaram Matty a pedir pra passar a noite na casa da namorada.  Mas pera aí, passar a noite na casa da namorada foi aceitável depois do escândalo do sexo? Será que os pais da Jenna não pensaram que ela podia simplesmente sair do quarto de madrugada e fazer algo com ele no sofá? Quanta ingenuidade, hahaha! Ou eu é que tenho a mente poluída.
Quem também estava tendo que lidar com o fantasma do sexo eram Tamara e Jake, mas de uma maneira menos pública como Jenna e Matty. Depois que foi chamada pra ser líder de torcida substituta, Tamara achou que os céus, o mar, o vento, Jeová e sua mãe estavam lhe dizendo que era o momento certo para perder a virgindade. Mas como poderia se o namorado fez pra ela exatamente a mesma coisa que fez pra Jenna quando estavam namorando? É, sexo na mini van, a luz do luar, no meio de uma rua deserta onde obviamente não encontraremos famílias com crianças de 12 anos a espreita.

Quando viu a semelhança entre o que fez pra ela e pra Jenna, o que Tamara fez? É claro, chorou, fez drama e saiu correndo dizendo que ela sempre é a substituta de todo mundo. A líder de torcida substituta, a namorada substituta, talvez até a filha substituta, porque uma mãe que deixa o namorado subir ao quarto da filha e trancar a porta não pode ser confiável. E de certa forma ela tem razão. Desde a primeira temporada Tamara fica catando as migalhas de amor deixadas na calçada pelo Ricky, e agora que conseguiu alguém pra namorar, ele não planeja nada de especial pra ela. Ah não, Michel Teló, você vacilou feio dessa vez.

O drama só terminou quando em meio ao choro e a ideias geniais pra uma primeira vez perfeita, eles decidiram simplesmente fazer ali mesmo no quarto dela. Achei meio sem graça as coisas terem terminado assim, mas pelo menos foi original. Depois do sexo eles não ficaram se olhando e dizendo que foi tudo perfeito. Era tudo muito novo pra eles, e é claro, ela sentiu dores, o que não ajudou nenhum dos dois a ficar confortável. É o que geralmente acontece quando se faz sexo despreparado, mas eles aceitaram muito bem a ideia de que aquilo não afetaria sua relação e que só precisavam praticar um pouco mais. Ou no caso de Tamara, sentar num balde de gelo.

Sadia também teve uma pequena participação pra alegrar a vida dos seus fãs. Ela continua uma megera depressiva e sofrendo bullying dos fofoqueiros porque está pobre, então não tenho muito a comentar se não as risadas que ela sempre me arranca. Talvez mais pra frente ela possa ser relevante novamente na vida de Jenna e Matty, mas por enquanto só vamos vê-la torturando a pobre da Lissa e reclamando da vidinha de pobre. E quando vamos ver o novo personagem em ação? Porque até agora ele só apareceu em duas cenas, sendo apenas uma delas impactante. Quero ciúmes, quero briga, quero triângulo, quero Jenna destruindo lares novamente e também quero renovação pra acalmar minha bomba aórtica de uma vez por todas. Mas isso vamos deixar pra depois.

Promo 3x05 "Indecent Exposure"
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário