segunda-feira, 6 de maio de 2013

[Crítica] 90210 - 5x20: You Can't Win 'em All

Princesa Naomi e o Fantástico Mundo da Mentira Branca.

Review:
(Spoilers Abaixo) 

O cancelamento pareceu ter deixado 90210 com outro aspecto nessas ultimas semanas. Nada mudou desde a época em que a audiência caiu e nada com certeza mudará até o grand finale, mas terminar de assistir a um episódio semanal já não é mais uma tortura. E sim, é apenas o meu luto falando, porque 70% da série continua irrelevantemente desinteressante. Então se há uma coisa que precisa ser dita sobre seu cancelamento, é que ele não poderia ter chegado numa hora melhor.

No episódio passado vimos Patrick cumprir suas ameaças e incriminar Mark para que fosse acusado de posse de drogas, então era óbvio que este seria o drama central dessa semana. Mas como sempre, Naomi adicionou uma pitada de humor para que o episódio passasse por nossos olhos como “divertido”. Ela descobriu que Mark tinha dois filhos e ficou encarregada de fazer uma super festa de aniversário para que não descobrissem que o pai estava preso. Tudo porque se a mãe descobrisse que ele estava sendo preso novamente, teria autorização da justiça pra sair do país com os filhos sem que ele pudesse fazer nada.

Eu sei, o enredo ficou todo bagunçado por causa desse cancelamento. Tanto que inventaram dois filhos de ultima hora pro Mark, uma ficha criminal por posse de drogas, uma super festa pros dois filhos e um desfecho sutil pra essas história tudo no mesmo episódio. Foi praticamente um resumo dos dramas finais do personagem e uma desculpa pra tirá-lo de uma vez da série, já que só faltam dois episódios pro final e eles precisam ser centrados nos reais protagonistas. Para que ele fosse inocentado, o namorado de Naomi teve que abrir mão do seu relacionamento para pedir a mãe juíza que ajudasse. Realmente tudo nessa vida vem com um preço, o que neste caso, não me importa nem um pouco. 

Liam também estava envolvido em toda essa confusão da Naomi com os recém sobrinhos. Foi ele quem levou os dois filhos pra visitar o pai na cadeia, foi ele quem levou um tapa por se meter na vida dos outros e foi ele quem deu a lição de moral da semana sobre sempre dizer a verdade. Tudo isso pra no final das contas ele perdoar a Annie por ter estragado seu negócio e decidido fugir com a ex amante que chegou dizendo que lhe amava. Já sabemos qual vai ser o drama do ultimo episódio, né? Liam indo embora e Annie fazendo de tudo pra ele ficar, com direito a uma cena no aeroporto que os roteiristas deixaram escapar, mas pode não ser verídico.
 
Ade, em contra partida, está simplesmente adorável. Como não amar o gelo que ela deu na Silver egoísta? Como não amar o novo romance com o Navid? Como não amar sua versão boazinha e de caráter? Até mesmo Michaela que a viu na cama com o homem que gostava aceitou seu pedido de desculpas e entendeu o seu lado. Afinal, o que ela teve com o Navid começou bem antes de saber o que Michaela sentia. E mesmo depois do segundo encontro, o que ela poderia fazer? Afastar o garoto, olhar com tristeza e dizer “Não podemos fazer isso porque a mulher que carrega o bebê da minha inimiga está afim de você?”. Ah, fala sério, nunca vou aceitar ver alguém falar mal da Ade nessa fase, porque a personagem prova a cada semana que pode ser uma das melhores apostas pra Series Finale.

Pena que não podemos dizer o mesmo da Silver. É bebê, é esperma, é assinatura falsa, é carreira musical, é câncer, a mulher simplesmente inventa problema pra vida dela como se ser bipolar não fosse o suficiente. Depois que recebeu a notícia por telefone que a demo que a Ade enviou pro cantor foi aprovada, ela simplesmente virou uma carrasca. Começou a arrumar as malas da Michaela pra voltar a Washington por causa do contrato, do bebê, dos cuidados e do caralho a quatro. Não costumo falar palavrão por aqui, mas porra, pessoal, o egoísmo da garota ta estragando tudo pra todo mundo. Se já não é fácil aguentar um monte de plot inútil, imagina ter que aguentar uma Silver autoritária obviamente desprovida de medicamento? É de irritar qualquer um.

Por sorte o nazismo da garota não durou muito tempo. Dixon mostrou o contrato da Michaela pra advogada da Annie e Michaela pode sim entrar em turnê se tomar os devidos cuidados. O único problema é que a garota cansou de se sentir como se fosse propriedade de alguém e simplesmente foi embora. Talvez Washington, ou a turnê daquele cantor famoso, ou direto pro elenco recorrente e altamente dispensável de The Vampire Diaries; Quem sabe? Sinceramente não dou a mínima pra ela. Pra mim ela teria que perder o bebê pra no final do ultimo episódio Silver descobrir que está grávida. Esse seria um final aceitável pra uma história que já deu o que tinha que dar. Até porque, final perfeito já é pedir demais.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário