Especial

Foto:

[Crítica] Supernatural - 8x19: Taxi Driver

O Fiasco pede carona.

Review:
(Spoilers Abaixo) 

É, Supernatural. Mais uma vez você está fazendo os Hunters admitirem pra si mesmos que você já foi melhor. É um episódio bom aqui, um ruim ali, um mais ou menos que só enche a barriga dos menos exigentes, mas que no final, não faz diferença alguma. Até perdi as contas de quantas vezes as coisas melhoraram e pioraram logo depois, como se tivessem criado uma regra absurda onde a série não pode permanecer regular por mais de três semanas. Macumba? Azar? Desgaste? Talvez. Mas nada justifica renovar uma série que indiscutivelmente já deu o que tinha que dar.

Antes que vocês me chamem de rabugento, vou explicar porque esse episódio foi um dos piores de toda a temporada. Ele já começa numa cena bizarra e desnecessária do Kevin tendo pesadelos com o Crowley, do mesmo jeito que Sam tinha com Lúcifer. E esse foi o primeiro erro do episódio: Reciclar o plot pra render material até o final dessa temporada. Logo depois descobrimos que ele conseguiu traduzir o segundo teste pra fechar os portões do inferno. Ao invés de banhar-se sensualmente no sangue de um cão do inferno, Sam precisava ir até a mansão de luxo do Totó pra resgatar uma alma e depois enviá-la aos céus.

Tcharan! Que coisa legal, né pessoal? Finalmente ver como é o inferno deve ter sido uma das melhores ideias que os roteiristas já tiveram. E sim, estou falando a verdade. O problema é que nada nessa história fez sentido, nem a ida do Sam, nem a passagem pelo purgatório, nem a volta pra casa e a batalha final. Me senti completamente trollado pelos roteiristas no meio dessa história, como se estivéssemos lidando com um spin-off que nem fez a questão de seguir  com a miologia da série.

Afinal, se era assim tão fácil ir para o inferno, por que diabos não pensaram em fazer um acordo com um ceifeiro mercenário antes pra tirar o Dean de lá? Por que raios a passagem pro inferno é pelo Purgatório se há algumas temporadas tava todo mundo doido procurando esse lugar? Será que Crowley não iria saber que na sua mansão tinha uma passagem pra um lugar onde poderia encontrar milhões de almas?  E por que causa, motivo, razão e circunstância Bobby estava no inferno? Pelo amor de Deus, será que temos cara de palhaço? Será que eles pensam que os fãs da série são animais incapazes de raciocinar? Espero um dia ter uma resposta pra essas perguntas, mas por enquanto, vamos nos contentar em falar mal do episódio.
Depois que Sam e Dean conseguiram fazer um acordo com um ceifeiro, Sam foi levado ao Purgatório e encontrou a passagem pro inferno. Mal deu dois passos no que parecia ser o castelo da bruxa má de um conto de fadas e chegou até Bobby. Porque não importa o quanto o inferno é vasto, um Winchester consegue farejar a pessoa que procura em poucos minutos como um verdadeiro vira-lata. E depois de matar alguns demônios com a habilidade da Mística dos X-Men, eles voltaram ao Purgatório, mas o ceifeiro taxista já tinha sido assassinado por Crowley e não iria ao encontro.

Adivinha o que acontece a seguir? Isso mesmo, Dean liga pro seu ex namorado Benny que dispensou sem nenhuma explicação há alguns episódios pra pedir que ele morra e ajude Sam a sair do Purgatório. Essa deveria ter sido a parte emocionante do episódio, mas nem chegou perto disso. Todos sabiam que Benny faria tudo pelo Dean. E todos sabiam que no final ele iria se sacrificar pela vida do irmão mais novo. Infelizmente isso aconteceu de maneira aleatória e cedo demais, fazendo assim o vampirinho camarada ser mais um personagem que a série subestimou. Se eu estou surpreso com isso? Claro que não, mas é revoltante ver os mesmos erros sendo cometidos semana após semana.

O episódio termina com Sam e Bobby fora do Purgatório, Kevin sendo encontrado pelo rei do inferno, Naomi ajudando os Winchesters e Bobby indo pro céu da maneira mais ridícula que eu já vi. Quer dizer que se lançar uma alma no vento ela vai pro céu? Então se eu jogar uma alma na terra igual um ioiô ela vai pro inferno? Que conceito bizarro sobre credo é esse? Cara, céu e inferno são dimensões diferentes. Depois da camada de ozônio não tem céu, tem universo, estrelas, meteoros e o cacete. E embaixo da terra tem lava. Como é que uma série tão experiente comete uma gafe dessas? Nós nunca saberemos.

Acho que nem preciso dizer como estão minhas expectativas pra esse fim de temporada, né? Olha que os dois últimos episódios conseguiram me animar com aquele clichêzinho barato, mas essa semana foi tudo um desastre. Isso pode mudar, é claro, mas não me peçam pra gostar de um episódio onde nada faz sentido e que se perdeu na própria ideia. Preferia ter visto um live da Angélica cantando “Vou de Taxi” ao invés de Taxi Driver. Aliás, por que essa não era uma das torturas do inferno? Chatiadízimo com a versão CW do pior lugar de todos os tempos.

Promo 8x20 "Pac-Man Fever" Legendado:
Comentário(s)
3 Comentário(s)

3 comentários:

  1. Cansei de você falar sempre a mesma coisa sobre Supernatural! A 6ª e a 7ª temporada foram irregulares, mas essa está excelente e só apresentava ótimos episódios desde o 8x10, mas o episódio passado foi lixo e acabou com essa sequência. Mas esse 8x19 (talvez) foi o melhor da temporada e já recuperou a qualidade dos anteriores!

    ResponderExcluir
  2. A sua critica esta completamente equivocada.

    O ceifador do Bobby na verdade, era empregado do Crowley, o rei do inferno, que ordenou que ele fosse mandado para o inferno.

    Entendeu? o Crowley impediu que Bobby seguisse seu caminho para o céu.

    O cara é rei do inferno e podia manter ele lá por toda eternidade.

    Eu, particularmente não vi nenhum equivoco nesse episódio, até achei um dos melhores desta temporada.

    ResponderExcluir
  3. cara se vc nao gosta entao nao ve.

    ResponderExcluir