domingo, 21 de abril de 2013

[Crítica] Suburgatory - 2x21: Apocalypse Meow

Bitches gonna fight!

Review:
(Spoilers Abaixo) 

De todas as vezes em que Suburgatory conseguiu me surpreender, essa com certeza foi uma das mais emocionantes. Não no sentido dramático da situação, mas sim na adrenalina que te faz desacreditar no que está acontecendo bem diante dos seus olhos. Eu sei, é difícil de acreditar que aquela sitcon de humor leve e estereotipado possa ter superado todas as nossas expectativas dessa maneira, mas não é nenhuma mentira. A série está na sua melhor forma e acabou de nos apresentar seu melhor episódio, seguido de uma Season Finale de partir o coração. Mas por agora, vamos ficar apenas com o penúltimo episódio da temporada.

Assim como eu previ, o episódio girou em torno da briga entre Tessa e Dalia que nos foi prometida semana passada. Enquanto Tessa apenas planejava a vingança perfeita pelo seu namoro com Ryan ter chegado ao fim, Dalia decidiu começar agindo. Primeiro mudando seu armário de lugar porque era muito próximo ao do Ryan e depois mandando seu clube do Botox pegar de volta a jaqueta de futebol que Tessa ainda guardava. Golpe baixo hein Dalia, você estava mesmo pedindo pra conhecer a versão demoníaca de Evil Dead da sua querida vizinha.

A batalha seguiu morna até o terceiro ato do episódio, quando Tessa colocou suas botas de combate e libertou a lésbica masculina interior. Porque num mundo onde Dalia consegue ser mais esperta que você, a violência é bastante necessária. Então, como posso descrever essa bitch fight pra vocês? Eu sinceramente fiquei sem palavras. Baixô o exu da Nikita no coro das duas que pareceu uma briga de ninjas super bem treinadas e resistentes. Quem diria que a maquiagem da Dalia iria aguentar tantos socos? Simplesmente impagável!
 
O bom é que a briga ainda rendeu outras cenas engraçadas depois que terminou. Como aquela em que Tessa chega em casa toda ferida e joga uma mecha do cabelo da Dalia no balcão da cozinha junto do coro cabeludo, hahaha! Definitivamente fizeram esse episódio pra gente se espocar de tanto rir. E eu assisti de madrugada quando todos da casa estavam no vigésimo sono. Se eles ouvissem minhas gargalhadas provavelmente deixariam meu rosto igual o da Tessa. Por isso, discrição sempre.

Enquanto o bitch fight rolava solto no colégio, Noah estava seguindo os conselhos de George para que esquecesse Carmen de uma vez. Mas sabe como é, lágrima cai, lágrima escorre, e a pessoa percebe que é melhor se vingar estilo Avenida Brasil a deixar pra lá. Ele ofereceu uma limpeza grátis nos dentes do amante da Carmen só pra ter o prazer de transformá-lo numa espécie de vampiro, que tem todos os dentes pontudos e provavelmente assusta as crianças. Se eu gostei dessa vingança? Há, até parece que eu não gosto de vingança né. Mas ainda espero que Noah possa ficar com a Carmen agora que transformou seu namorado num sanguessuga.

Dentre os outros acontecimentos, destaco a cena em que Tessa e Lisa andam pelo corredor enquanto Lisa canta uma musica através de miados. Só não foi a cena mais engraçada do episódio porque a bitch fight veio logo depois, se não teria ganhado disparado. Também gostei bastante da interação entre o George e a Sheila. Apesar de ser bastante antiquada, ela tinha razão. George não poderia deixar Tessa assumir o controle porque ele era o pai e ela precisava obedecer. Infelizmente sua decisão de morar com Dallas fez a garota querer sair de casa, mas George não poderia abrir mão da sua felicidade por causa de uma briga infantil entre ela e Dalia... Ou poderia? Bem, agora vamos a Season finale pra descobrir.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário