terça-feira, 23 de abril de 2013

[Crítica] Grey's Anatomy - 9x19: Can’t Fight This Feeling


Acima de tudo, confie na sua intuição.

Review:
(Spoilers Abaixo) 
Se tinha uma coisa que eu senti muita falta em Grey’s foram os grandes acidentes que deixavam o PS lotado de gente com casos de outro mundo. Parece que lendo meu pensamento, Shonda chegou com mais uma tragédia, dessa vez envolvendo um caminhão de gasolina. Foi a partir daí que grande parte das histórias do episódio se desenvolveu.

Um dos casos de maior destaque envolveu um pai, uma mãe e o filho deles. Chegando ao hospital em estado grave, os pais precisaram de cirurgia enquanto o filho, que saiu ileso do acidente, ficava desesperado pelos corredores. Foi uma parte muito tocante e que mais uma vez explorou o senso paterno do Owen. A história de que nosso Chief quer um filho é velha, até mesmo foi tópico de várias brigas entre ele e Cristina. Por um momento achei que os pais do menino iriam morrer e ele daria entrada na papelada para adoção e tudo mais, por que a ligação entre eles foi muito natural.


A mãe precisou de cirurgia cerebral, feita pelo Derek e auxiliada pela Brooks e o Ross. Esse é um detalhe importante por que vimos a primeira rixa entre os novos internos ser formada. Ross, que até então estava acostumado a ser o pupilo do Derek viu-se obrigado a dividir atenção com a Brooks. Nem preciso dizer que minha torcida foi pra ela, pois entre essa nova leva ela é minha favorita. Sorry Jo.

Por falar na Jo, essa viu-se o episódio todo tentando driblar uma mãe desesperada por tratamento pro filho. Enquanto todos diziam que não era nada grave, ela insistia em dizer que a doença do filho não era uma simples virose. Foi graças à intuição dela e à compaixão da Meredith que se descobriu a tempo uma doença rara na criança. Essa parte mostrou a importância de confiar na intuição por mais que digam não. Foi a minha favorita e me deixou muito aflito.


Tocada pela atitude da mãe, Meredith conseguiu convencer a Miranda a fazer o mapeamento genético dela e da Zola a fim de se preparar para o que talvez aconteça. Deixando a parte séria de lado, foi divertido ver todos os médicos se estapeando antes disso para ver quem seria o primeiro no experimento da Bailey.

Outro caso, dessa vez envolvendo a April, foi de um jovem casal apaixonado e prestes a serem pais. Mesmo com o Matthew chegando no hospital todo queimado depois de tentar salvar os feridos no acidente, ela não deu a devida atenção pro namorado e a morte da paciente dela só serviu para colocar mais dúvidas na cabeça dela. Está na cara que logo ela e Jackson vão encontrar o caminho de volta um pro outro. Só sinto pelo Matthew.

Os últimos destaques ficam para a Callie e seu discurso espontâneo para uma conferência. Achei que a pequena briga entre ela e Arizona se tornaria algo maior, mas felizmente isso não aconteceu. Do contrário, vimos nossa médica que tem pânico de palestras em público sair-se muito bem enquanto a esposa sorria orgulhosa. Além disso também teve o Karev discutindo mais uma vez com o affair da Jo. Sinceramente, essa rixa está ficando chata, por que o obstetra não é um adversário à altura pro Karev. Espero logo que ele leve um chute na bunda.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário