sexta-feira, 5 de abril de 2013

[Crítica] The Following - 1x11: Whips & Regret


A ineficiência policial não tem limites.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Como já declarei na crítica passada, estamos entrando em reta final, mas o ritmo não está a altura de uma preparação para a Season Finale. Não estou dizendo que a série está ficando ruim, porém, cada vez mais, fica difícil engolir a ineficiência do FBI. Até o momento, eles não fizeram nada de bom. Falharam em todos os pontos e só seguiram assiduamente os definidos passos que o Joe planejou para eles. Seria interessante se houve algum equilíbrio, até porque, o Joe não perdeu nenhum round até agora. Por este motivo, estou esperando animadamente o último episódio dessa temporada. Estou muito curioso para saber como eles darão um fim a este ciclo.

Muitos podem salientar que o Joe já se deu mal em diversos momentos pelo fato de já ter perdido muitos dos seus seguidores. Mas, como já disse antes, os seus seguidores são completamente descartáveis. E não é apenas eu que tenho esse conceito gravado em sua cabeça. Joe já deixou claro que não importa quantos deles morram, ele sempre terá mais. Por isso é estranho que os outros seguidores não tenham começado a se questionar sobre o caminho que estão seguindo. Entendo que eles tenham entrado para a seita para fazer parte de algo importante, mas é só analisar os fatos para perceber que estão sendo utilizados como meros peões.

Seguindo esse raciocínio, coloco minhas esperanças em dois seguidores: Jacob e Roderick. Jacob começou a série como um verdadeiro banana, incapaz de matar uma desconhecida. Porém, desde a morte do Paul, ele evoluiu bastante e ficou bem mais sinistro. Pode ser uma bomba relógio para o desfecho (se ele viver até lá) da série, principalmente se tratando da Emma, que perdeu o controle da situação e não tem mais ninguém de confiança. Outro seguidor importante que pode causar uma rebelião é o Roderick. Ele bateu de frente com o Joe nesse episódio e não gostou nada de ter que manter sua cabeça abaixada.

Roderick é visto como uma espécie de líder entre a maioria dos seguidores que estão naquela mansão. Enquanto Joe estava fora, era ele quem dava as ordens e recrutava em nome do Joe. Sendo assim, ele provavelmente tem muita influência entre eles e pode dividi-los, caso planeja lutar contra o Joe. Seria muito interessante de assistir o Joe perdendo o seu posto de líder. Não estou me iludindo ao considerar que ele possa cair na ordem de comando, mas ao encarar um pequeno problema como esse, ele iria aprender que seus seguidores não são tão manipuláveis quanto aparentam.

Já que estamos falando do Joe, não posso deixar passar seus sentimentos pela esposa, Claire. Agora sua família está unida e uma nova fase da sua história está prestes a ser iniciada. Não faço ideia do que ele está planejando, mas ele certamente quer sua família ao seu lado. Por este motivo estava ensinando seu filho a ter gosto pela matança e quer condicionar sua esposa a amá-lo novamente. A cena do jantar foi ótima, cheia de tensão. Claire estava linda, como nunca esteve em toda a série. E o mais interessante de tudo foi ver o Joe abrindo mão de sua vantagem, o Joey, ao entregá-lo nas mãos de sua esposa. Joe parece realmente disposto a reconquistá-los.

E o final desta crítica nos leva a incompetência policial. Apesar de ter conseguido encontrar o lugar onde os seguidores eram recrutados, toda sua operação foi falha. Inclusive a falta de comunicação entre eles, o que acabou resultando em mais mortes. Não posso negar que a perseguição no escuro foi interessante, e acabou garantindo uma maior união entre a Parker e o Ryan. Eles apresentaram bastante química nesta semana e é justamente disso que eles estavam precisando. Ryan só havia se conectado com o Mike e, obviamente, a Claire. Ele precisava de mais pessoas para manter como seu apoio, de fato, porque a garrafa de bebida não iria mantê-lo no lugar do herói falho que o Joe tanto deseja.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário