sábado, 27 de abril de 2013

[Crítica] Continuum - 2x01: Second Chances (Season Premiere)

Continuum está de volta...A pergunta é: voltou pra quê?!

Review:
(Spoilers Abaixo)

Na boa gente, que episódio sem sal e sem açúcar. Não pensei que íamos ter um começo de temporada tão brochante como esse. Não sei se foi eu que, depois de 8 meses de espera, estava muito ansioso. Ou se esqueci como era a dinâmica da série por isso achei que faltou alguma coisa. Mas, o mais provável é que o episódio realmente tenha sido de baixa qualidade pra um começo de temporada. Faltou mobilidade. Seria mentira falar que os roteiristas não sabem pra onde estão levando sua história, porque eles sabem direitinho o que estão fazendo e aonde querem chegar. O problema é que, bom, será que estamos dispostos a esperar eles chegarem aonde querem?

Pra quem já se esqueceu, Continuum foi uma das grandes surpresas do ano passado e uma das novatas que mais tinha me agradado. Logicamente, tudo era novo demais, então analisando hoje, sei que exagerei e que no final, a primeira temporada foi apenas mediana. Vale lembrar, que eu comecei a assistir séries em 2011, então sou bem novo disso, logo, quando comecei a ver Continuum não tinha muitas séries no meu currículo. Hoje, dois anos depois de que entrei nesse mundo de viciados, já assisti muito mais coisas, o que me deixou mais crítico e mais exigente com o que assisto...Talvez isso tenha feito com que o episódio tivesse sido um pouco entediante pra mim. 

No fundo, acho que estou com medo da série cair no estilo Pretty Little Liars de ser, criar perguntas e mais perguntas, mistérios intermináveis e não resolver nada. Afinal, o Season Finale passado nos deixou com tanta informação, que mesmo essa Premiere tendo seguido uma linha linear dando continuidade ao final da temporada passada. Muito pouco dessas informações foram citadas. Cadê baby-Kagame? Cadê freelancers e os Corsários? Cadê Jason? Fiquei inconformado com o fato de termos tantas perguntas praticamente ignoradas por todo esse episódio.

A única coisa que foi citada foi o fato de Alec ter descoberto uma mensagem do seu eu do futuro, e descoberto que ele foi responsável pelo envio da Kiera pro presente. Só que nada de concreto nessa história é esclarecido, ficamos naquele "fala um monte, mas não diz nada", na verdade, só mais perguntas se forma na nossa cabeça. Como por exemplo aquela cena inicial, que na verdade era só "um sonho" da Kiera do Futuro, que segundo entendi, foi algo causado pelo Alec. Agora, o que aquilo queria dizer? Por um momento pensei que estava assistindo há uma cena de Resident Evil.

A pergunta é o que raios esse povo todo está fazendo no passado, até eu estou confuso, acho que está na hora de descobrirmos qual teoria temporal está sendo usada na série. Porque está tudo muito por cima, a cena do Travis "ressuscitando" me fez pensar bastante, e cheguei a conclusão de que tem duas explicações mais plausíveis. A primeira é que, ele não pode morrer no presente, porque tecnicamente ele ainda não nasceu. A segunda é que ele sobreviveu por causa da droga que foi injetada nele lá no início da primeira temporada. Agora, é observar no que vai dar a interação entre ele e o Julian. Interação essa, que só é possível por causa do Gardiner, que agora quer descobrir tudo que puder dessa história.

No mais, fiquei com a sensação de que o roteiro deu uma ré, e voltou pro ponto de partida. Lógico, tiveram algumas mudanças, mas nada que por agora faça grande diferença. Aliás, nem a atuação deu uma melhorada, gente, teve alguns momentos que até eu achei que poderia atuar melhor. Na boa, já abandonei uma série esse ano por culpa da atuação, não tô afim de abandonar mais uma. Lógico, com excessão da Rachel (Kiera) e do Erik (Alec) que voltaram mais confortáveis nos seus papéis. Bom, sei que essa review pareceu muito negativa...E realmente foi. Fiquei extremamente decepcionado com esse começo de temporada e espero que a série melhore.


Decepcionada/
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Finalmente concordou comigo KKK Sempre disse que a série não era lá essas coisas... E eu também comecei vendo séries em 2011 O:

    E o retorno foi bem morno mesmo, espero que melhore.

    ResponderExcluir