Especial

Foto:

[Crítica] The Walking Dead - 3x14: Prey


Que os jogos comecem.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Este é o antepenúltimo episódio da temporada, mas não difere muito do que a série vem apresentando nas últimas semanas. Como sempre, este é um episódio que nos leva a iminente batalha da Season Finale. Apesar disso, este episódio foi muito bom. Se é para enrolar algumas semanas, que pelo menos apresente coisas concretas. Busca por armas, conflitos. A série apresentou vários episódios desnecessários e chatos, mas este não é o caso esta semana. Enfim, vamos logo ao episódio em si.

Um detalhe que eu tenho gostado no decorrer desta temporada, é o modo como os roteiristas manipulam a narração. Nesta semana, não chegamos nem a ver a cara dos sobreviventes na prisão. Só acompanhamos os conflitos internos de Woodbury. E a trama desta temporada vem se estruturando dessa forma, isolando eventos de um grupo e apresentando os de outro. Algumas semanas atrás também, nós vimos cenas com o Governador, enquanto o Rick buscava armas. Eu gosto dessa separação, pois corta alguns dramas desnecessários do foco principal do episódio.

Esta semana acompanhamos a luta pela sobrevivência da Andrea. Sei que metade dos fãs está torcendo pela sua morte, já que, com a morte da Lori, a Andrea acabou ocupando o seu lugar de "Odiada do Público". Confesso que fiquei com raiva dela em alguns momentos - e até mesmo ódio -, mas estava esperando justamente por este momento. Como alertei na crítica passada, Andrea já abriu os seus olhos. Ela sabe muito bem do que o Governador é capaz. Some isso ao fato do braço direito do Governador ter mostrando a ela seus planos de tortura secreta, e temos uma Andrea em fuga.

Este episódio funcionou exatamente como um filme de terror. Andrea Vs. Governador. Ela saiu de sua zona de conforto com apenas uma pequena faca. Nunca tinha me esquecido que ela pode agir como uma verdadeira guerreira quando está sob pressão. Mandou muito bem na floresta, quando se distraiu e foi cercada por diversos zumbis. Porém, como todo filme de terror que se preze, a mocinha burra tem que agir de forma previsível, indo exatamente onde o vilão planeja. Tendo o mundo inteiro para fugir e bastante floresta, a pior opção possível é entrar em uma fábrica escura e abandonada.

Confesso que a Andrea cometeu uma burrice atrás da outra. Por que ela não voltou quando viu que o Governador voltou para a estrada na primeira vez que ela entrou na floresta? Por que ela não continuou na floresta quando viu que o Governador estava chegando com o seu carro na fábrica? Por que ela precisava esbarrar em todas as coisas espalhadas pelo chão? Enfim, são muitas escolhas erradas, mas não posso dizer que não foi divertido observar a Andrea lutando pela sua vida. Ela pode estar acostumada a lutar contra mortos-vivos, mas sobreviver contra outros seres-humanos é muito mais difícil.

Tendo sorte e um pouco de estratégia, ela conseguiu fugir do Governador na fábrica e partiu rumo à prisão. Infelizmente, o final de sua jornada foi exatamente como um filme de terror digno. Quando já conseguia alcançar o Rick e conseguir ajuda, Andrea foi agarrada pelo Governador e jogada no chão. Final da linha para ela. Agora ninguém sabe que ela está de volta à cidade e sua única esperança é torcer pelo grupo da prisão. Ela percebeu muito tarde quem ele é verdade, eu concordo, mas pelo menos ela tentou e nos proporcionou uma ótima perseguição.

Enfim, entre outras considerações a respeito desse episódio, devo destacar os zumbis que caíram na armadilha e foram tostados depois. Excelente maquiagem mostrando os zumbis depois de queimados e se mexendo ainda. Quem colocou fogo? Parece óbvio que foi o braço direito do Governador. Até mesmo o Governador suspeita disso. Será que o Tyreese já ligou os pontos e lutará ao lado do Rick na Season Finale? O Governador mente bem, mas, fala sério. A história que ele inventou de que os zumbis são apenas para assustar é risível. #PreyForAndrea
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário