terça-feira, 19 de março de 2013

[Crítica] Pretty Little Liars - 3x23: I'm Your Puppet


Cenário montado para grandes revelações. Be ready!

Review:
(Spoilers Abaixo) 

Pois é liars, chegamos mais uma vez à reta final dessa série que nos enlouquece a cada semana. Daqui a poucas horas estará indo ao ar um episódio que promete ser revelador e bombástico. Mas antes de começar a lançar palpites sobre o que está para acontecer, vamos comentar sobre esse episódio que já foi preparando terreno para tudo o que está por vir.

Foi incrível como história que antes eram overrated para mim, como a da Aria e a do pai do Caleb se tornaram interessantíssimas em poucos minutos. Primeiro a do pai do Caleb. Desde que ele veio trabalhar em Rosewood e com a possível nota que ele roubou, achei que o pior que poderia acontecer era o Caleb descobrir que o pai nunca mudou de fato e ainda é uma má pessoa, mas mais uma vez estamos de volta à história do “nada é o que parece”.

Depois que colocou na cabeça que o pai do namorado é um ladrão, Hanna não soube disfarçar o desconforto em estar perto dele, principalmente depois que todos na cidade começaram a acusa-lo de roubo do sino da igreja. Foi o necessário para a Hanna contar ao namorado sobre as notas e o Caleb jogar na cara do pai tudo que estava engasgado durante anos. Mais um laço desfeito e team –A feliz. Sim, tudo não passou de uma armação deles e Hanna agiu exatamente como eles queriam pondo fim à relação pai e filho do namorado.

Mas não foi só aqui que –A resolveu dar o ar da graça. As cenas de Aria souberam deixar todos com o cu na mão – pelo menos eu sim. Depois de ficar responsável por buscar o Malcolm na aula, Aria viu-se desesperada quando no lugar dele encontrou um cartaz de um circo, aquele que apareceu no fim do último episódio e a professora falando que Aria já tinha ido pegar o Malcolm. Imaginem meu desespero quando eu vi essa cena...


E coitada da Aria gente, tão pequena perdida pelo circo procurando desesperadamente o filho do namorado e arrumando um jeito de chamar a polícia. Como contar ao namorado que o filho tinha sido sequestrado por alguém que odeia ela? Seria o necessário para acabar com o resto de confiança que ele tinha nela. Felizmente, nada aconteceu com o Malcolm e Aria saiu como a heroína que mostrou o circo a ele. Mesmo assim a pressão foi demais e Aria resolveu pular fora do barco e deixar Ezra, Malcolm e Maggie remarem sozinhos. Péssima comparação, eu sei.

Enquanto isso, Emily juntou-se à Hanna e Aria para irem ao necrotério e provarem à Spencer que o corpo encontrado na floresta não era o do Toby e acabar com a estadia prolongada dela no Radley. Alguém só me explica essa roupa delas que eu ainda não entendi, tão ninfeta de filme pornô prestes a perder o cabaço. Enfim, foi uma cena interessante e por pouco Aria não descobriu a identidade da Red Coat. O corpo realmente não era o do Toby, mas a polícia encontrou outro corpo, de um rapaz jovem, vinte e poucos anos e rosto irreconhecível. Continuo achando que não foi o Toby e sim o Jason. Se realmente for ele o lance da tatuagem se explica de algum jeito. Mas se a season finale será o adeus à Toby, que ele explique se os serviços prestados ao team –A foram voluntários ou forçados.

Por fim, a maior surpresa desse episódio, mais uma vez envolvendo Spencer. Começou com  a mãe dela mencionando uma memória de um dia em que a Alison dormiu lá e apareceu espancada na madrugada, indicando o que todos nós já sabíamos, que Ali vinha sendo ameaçada há um tempo. Depois, o Wren. Esse cara tem algo suspeito, é muita bondade pra uma pessoa só e o próprio enfermeiro já teve seus atritos com ele que mesmo com toda a insistência da Spencer, não foram revelados os motivos.

Estou com a pulga atrás da orelha com toda a história envolvendo Melissa e Cece. Primeiro o fato de elas estarem juntas no Cap May e o pedido dela ao Wren para que liberasse visitas da Cece à Mona. De alguma forma elas estão envolvidas na história da morte da Alison? Por fim, o jogo da Mona com pistas de lugares secretos no Radley, como saídas e esconderijo de trecos.

Alguém além de mim acha que aquela cena com a Alison foi real? Torço muito para que sim e que tudo não tenha sido só coisa da cabeça da Spencer, que aquilo foi incrível e assustador. A música sussurrada pela Alison bem estilo A Hora do Pesadelo, a valsa e toda a menção à sexta série, quando elas nem mesmo se conheciam ou o fato da Alison ter deixado muitas coisas por lá. Pelo jeito a surra que ela levou na memória da mãe da Spencer não foi dada por um homem e sim por uma garota. Aposto na Cece ou na Melissa.

Pelo menos Spencer parece estar usando o cérebro e decidiu juntar-se ao team –A, foi ela inclusive que estava com o Malcolm no circo. Quero muito que tudo isso seja parte de um plano maior dela em desmascarar o team –A e dar um definitivo a tudo, por que eu não suportaria ver minha liar favorita indo pro lado negro da força.


Enfim, logo mais teremos grandes revelações, o fim de alguns e mistérios e sem dúvida o início de outros. A identidade da red coat será finalmente revelada, ao que tudo indica Spencer verá uma e Hanna a outra. Aposto na Jena ser a verdadeira, aliás, esse episódio marca o retorno dela, mal posso esperar. Sem mais, preparem os nervos que esse episódio promete vir com tudo, saca a promo logo abaixo...

PRETTY LITTLE LIARS - 3X24: A DENGEROUS GAME (SEASON FINALE)




Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário