domingo, 3 de março de 2013

[Crítica] Pretty Little Liars - 3x21: Out of Sight, Out of Mind


Expresso Radley pronto para partida. Última chamada para embarque.

Review:
(Spoilers Abaixo)
Com a season finale cada vez mais perto, Pretty Little Liars agora vem apresentando episódios que preparam o terreno para acontecimentos maiores e decisivos. A menos que Marlene esteja tentando trollar todos os fãs da série de novo, é melhor prepararmos os corações para fortes emoções!

Como sempre, vou começar a review falando da parte chata do episódio, que mais uma vez foi Aria e Ezra. O casal está quase ganhando um prêmio, não pela química, mas pela chatice e história sem emoção. Como previsto, Malcolm e Maggie agora estão em Rosewood, o que pegou Aria de surpresa. Diferente do que eu pensei, eles não vão morar com o Ezra, mas fazer de Rosewood seu novo endereço. Isso só servirá para arrumar mais problemas para o casal. Inclusive já vimos o que essa mudança significará para os dois nesse episódio. Fazendo a Boa Samaritana, Aria se ofereceu para cuidar do pequeno Ezra e num momento de descuido ele caiu e se machucou. Rolou um início de atrito entre ela e o Ezra, e ela foi chutada para fora do leito do Malcolm por não ser parte da família. Dói né? Só espero a volta do Wes para colocar mais lenha nessa fogueira. Ou devo dizer mais água? Pelo menos Ella já deu o conselho dela, nem toda relação dura para sempre e talvez seja hora dela dar um passo atrás.

Hanna, bem, essa vai ganhar um prêmio por burrice mesmo. Na tentativa desesperada de livrar a mãe do crime que cometeu, ela acabou fazendo justamente aquilo que –A ou Wilden queriam que ela fizesse. A menos que Ashley tenha começado a ver fantasmas, o Wilden está mais vivo do que nunca e está aproveitando a situação para atormentá-la mais ainda. Hanna por sua vez convenceu a mãe a não buscar a polícia, o que foi o primeiro erro. Depois, quando o carro do Wilden apareceu na garagem dela com a gravação do dia do acidente, ela não deu ouvidos à Aria e atirou o carro no rio. Big mistake. Como o fim do episódio deixou bem claro, esse carro logo vai ser encontrado, investigações serão feitas e por fim chegarão a ela. Quero só ver qual a explicação que ela vai dar por atirar o carro de um policial no rio! Parece que não pensa, não sabe que está sendo observada a todo tempo, que –A pode ter registrado a ação dela, que agora ela elevou o crime da mãe a outro nível por encobrir provas. Parece que quanto mais elas se ferram, mas elas insistem em errar.


Depois que Spencer por fim contou que Toby era quem estava/está ajudando Mona, Emily não deu ouvido a ela e resolveu fazer sua própria pesquisa. O que ela descobriu não foi muita coisa. Primeiro, na delegacia, ela tentou achar informações sobre a pessoa que Toby tinha acesso ao Radley, sem sucesso, mas Toby, ou alguém se passando por ele, mandou que ela se encontrasse com ele. Mais uma vez a Garota do Casaco Vermelho apareceu e sumiu no lugar onde o Toby trabalhava. Lá, as coisas ficaram no mínimo suspeitas para o ex patrão dele quando ele chamou Emily pelo nome. Será que ele tem algum envolvimento com o team –A, ou foi só o Toby falando da sua melhor amiga para o patrão? Não sei por que, mas algo me diz que Toby não é o grande traidor que estamos sendo movidos a pensar que é. Na saída de lá, ela recebeu um bilhete com um mini caixão dizendo que Toby não é mais –A.

Por fim, chegamos à melhor parte do episódio, protagonizada pela Spencer. Enquanto Aria lidava com o filho do Ezra, Hanna com o crime da mãe e Emily buscava suas próprias respostas, ela se desdobrava para manter suas amigas salvas, tudo por causa da coroa de flores que recebeu dizendo que alguém próximo a ela pagaria caro pela boca grande dela. Depois de uma perseguição à surdina, ela acabou encontrando o que parecia ser o corpo do Toby de capacete e o grito da Mona de que ele estava morto. Várias coisas me fazem crer que não era ele.

Primeiro, uma tatuagem não é prova conclusiva de que aquele era o Toby, não é como se ninguém pudesse fazer uma igual, de rena mesmo. Depois, Marlene disse que Toby estaria presente no incêndio que vai acontecer no Radley e que teremos uma última cena Spoby antes da morte definitiva dele. Além disso, Spencer não tirou o capacete do corpo e nada ficou provado. Então, para aqueles que gostam do rapaz, acredito que esse não tenha sido o fim dele. Mas a Spencer sim. Ela ficou tão perturbada que foi encontrada por uns guardas florestais e levada ao Radley. A princípio achei que ela entraria lá par investigar algo, só fingindo, mas o estado da garota é sério. Dá uma olhada na situação dela...


Só não entendi como que uma adolescente foi internada sem o consentimento dos pais, mas né, é Rosewood, tudo pode!

Assim, terminamos o episódio com Spencer no lugar de Mona, e Mona no lugar da Spencer. Quem diria que nossa liar seria derrubada por uma decepção amorosa. Ninguém subestime um coração partido! Vejo vocês no próximo episódio, seque a promo dele logo abaixo. Até lá liars!


PROMO – 3X22: WILL THE CIRCLE BE UNBROKEN?

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário