sexta-feira, 15 de março de 2013

[Crítica] The Lying Game - 2x09: The Grave Truth

Contar a verdade nunca matou ninguém...Não, pera.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Meu coração não aguenta essas coisas, é reviravolta de um lado, é personagem sambando na nossa cara do outro, é o roteiro entregando o plot twist final antes do esperado. É assim que a série me ganhou, os roteiristas não subestimam a inteligência do espectador, não mantém mistérios descabidos como se todos nós fôssemos estúpidos e incapazes de usar o cérebro. The Lying Game provou que dar respostas, é mais fácil que criar mistérios e mais mistérios, sem nunca responder nenhum. Eu diria que o quebra-cabeça da série está caminhando para o encaixe perfeito. E acho que estou começando a descobrir onde a peça que está sobrando se encaixa, mas disso eu falo mais na frente. As tramas nesse episódio se desenvolveram pra preparar a bomba que a Fall Finale vai ser e é por isso que estou louco pra ver os acontecimentos do próximo episódio.

Finalmente Ted decidiu falar a verdade, já estava mais que na hora do personagem começar a contar tudo que tinha acontecido. Gente, como alguém consegue ser tão sonso? E o melhor é a sua expressão de cachorrinho sofrido pra reagir a todas as reviravoltas. Eu acreditei no que ele contou,  e acho que realmente ele não seria capaz de assassinar, mesmo com os personagens insinuando e o acusando o tempo todo, nunca engoli ele como o psicopata da série. Enquanto Ted Bear ia descobrindo as coisas, Dan entrou em um estado de loucura e ódio, que junto com suas veias, saltavam pra fora da tela. Deram alguma coisa pra esse tomar, né? Até episódio passado ele era gordo e agora de repente é super bombado, só pra meter medo no pobre Ted Bear que nada fez além de se atolar nas suas próprias mentiras. 

Paralelamente, temos o apelidado por aí, "Promotor Voador" que sempre tem uma frase de efeito pra dizer, e uma resposta pra qualquer coisa que lhe perguntarem. É incrível a capacidade dele de ser cínico, ainda não sei se engoli a história que ele contou, dizendo que na verdade só queria ajudar o amigo, quando separou as gêmeas...Agora, com um amigo como o Alek, quem precisa de inimigos, né? O cara só atrapalhou a vida do Ted, de um jeito, ou de another. Inclusive seduzindo a mulher do BFF, o que convenhamos, é uma coisa muito baixa. Ou não, já que o Ted Bear andou dando uma fugidinha com a Rebecca também, parece que com esses dois, uma mão lava a outra. Esse plot de troca de casais me lembra séries teen. The Lying Game inverteu os papéis, os adolescentes agem como adultos, e os adultos agindo como adolescentes. 

Falando neles, esse pessoal não estuda? Será que esse povo não precisa fazer o ensino médio, prestar vestibular, ou qualquer coisa assim? Já tem um boa quantidade de episódios que não vemos mais eles andando pelos corredores da escola, parece que pediram licença do colégio por motivos de investigação de assassinatos. Aliás, a cabana virou quase uma central do FBI, todo mundo se junta ali pra acusar a Bitchbecca dos atos mais cruéis cometidos na série. Mais conseguir provas que é bom, nenhum deles consegue, afinal, -A Team saiu de Pretty Little Liars e foi fazer ponta na série das gêmeas. O que foi aquela sequência ridícula do encapuzado empurrando a Merds, fugindo e sambando na cara do Jordan - que se esforçou imensamente pra descobrir quem era a figura misteriosa.

Mas o lado teen também gosta de um romance aqui e uma tensãozinha sexual acolá. Thayer e Emma já estão enchendo o saco, só acho que eles podiam parar de ficarem de mimimi e ter mais cenas de sexo, pra gente poder ver mais do Thayer sem camisa e da Emma só de lingerie. Porque essas cenas são croncantissimas e muito melhores que as cenas deles discutindo relação pelos mesmos motivos.

Agora sim, vamos encerrar falando da peça que está começando a se encaixar no resto do quebra-cabeça. A série tem um elenco fixo muito pequeno, então, cada vez que eliminamos um suspeito da lista, a lista de possíveis psicopatas fica menor e menor, e pelo raciocínio lógico, o único que sobrou pra ser o encapuzado que rouba seja lá o que tinha dentro da gaveta da Rebecca é o Thayer. Convenhamos que pelo corpo, só poderia ser ele, já que não imagino o Ethan sendo do mal...Lógico que a série pode seguir o caminho da sua co-irmã e que na verdade verdadeira, Derek ainda está vivo, e pronto pra sambar na cara de qualquer um que apareça no seu caminho...Theresa foi a primeira vítima, num elenco tão pequeno, quem será a próxima? Merds ou Laurel ou quem sabe a Kristin? Isso e muito mais daqui a pouco, porque  hoje é dia de dobradinha de The Lying Game.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário