sábado, 23 de março de 2013

[Crítica] Glee - 4x17: Guilty Pleasure

#Partiu fazer sopa pá nois.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Essa temporada está sendo uma das melhores coisas no ar atualmente, simplesmente não tem como não se deliciar com cada episódio. Eu não vou dizer que a série está perfeita, o roteiro dessa temporada nem se compara com o da primeira, mas ainda sim está sendo bem divertido de se acompanhar. A primeira temporada ainda é a melhor, a segunda é a pior, a terceira foi boa. Até agora, eu diria que a terceira ainda foi melhor que essa, mas, essa quarta temporada ainda não acabou e parece que ainda tem muito o que nos mostrar.

Não tem como negar, o grande destaque do episódio foi, logicamente, o núcleo de Nova York. Pra falar a verdade tenho achado a maior parte dos acontecimentos do McKinley bem superficiais - tanto que nem comento muito sobre - mas acho que isso deve ser intencional. Pra mostrar um tom mais dramático de um lado e um mais engraçado de outro. Afinal, se pararmos pra pensar, quando NY tem um tom mais divertido, o tom do colégio é mais dramático. É bacana isso, assim a série não se torna muito dramática, nem vira uma comédia escrachada. De qualquer jeito, o destaque sempre é longe, Rachel Berry. 

Podem falar o que quiserem, mas eu continuo adorando a Rachel, estava com saudades de ouvir ela cantar. Sei que muitos não gostam da personagem, mas convenhamos, que quando ela abre a boca, não sobra pra ninguém. Creep já é uma das melhores músicas da série. Não consigo parar de ouvir, aliás, sou daqueles que fica torcendo pra Rachel se dar mal nos romances, porque sei que vai render performances deliciosas. 

Temos que admitir que a Rachel desse episódio é alguém completamente diferente da Rachel da 1° Temporada. Palmas pra Lea Michele que está dando uma nuance completamente diferente pra personagem. A Rachel está muito mais madura agora, as atitudes dela nesse episódio mostraram isso, a maneira como ela lidou com o término, até o jeito de chorar foi diferente. E vamos combinar, estou gostando muito dessa nova Rachel. E isso serviu pra Santanão se firmar como a nova moradora daquele apê super gigante que eu me pergunto como está sendo pago já que atualmente, ninguém ali parece trabalhar. E o único que trabalhava saiu da casa, que era o Brodistituto.

Bom, em paralelo as descobertas chocantes em Nova York, temos uma trama mais divertida no colégio. Por alguma razão, o Matthew Morrison está muito ocupado pra série e agora tem que fica saindo dos episódios com frequência excessiva, e quando isso acontece, os alunos do coral mais aplicado que existe, ao invés de irem pra casa e dormir, transar, comer, ou fazer qualquer coisa que adolescentes fariam, eles preferem continuar indo pras aulas sobre o comando da dupla dinâmica/casal mais shippado da série, Blam. Blaine e Sam acabam sendo fofos juntos, e não faria objeções se vazasse uma sextape dos dois. Ri muito daquela cena do abraço e o Sam perguntando, de um jeito bem subliminar, pro Blaine se ele estava excitado.

Gostei de ver o pessoal expondo seus "prazeres culposos", apesar de ter achado alguns bem nada a ver, desde quando All Against Odds é um guilty pleasure, gente? Por favor. Mas as performances foram todas excelentes, e o final com Mamma Mia também foi uma delícia de se ver. Até porque começou com Rachel, Kurt e Santana em NY e já quero mais performances dos três. A Marley também não se sai mal nos vocais, mas ainda não entendo o que a personagem faz pra ser a protagonista dos novatos. 

Pra fechar a review de hoje, temos mais um flashback, só que dessa vez, fiquei super na dúvida de qual performance colocar, duas das minhas favoritas se encaixariam com esse episódio, então, na dúvida hoje vamos ter sessão de dupla de flashback. Lógico que o destaque de hoje é o amadurecimento da Rachel e seu número de exs que não para de crescer. Confesso que por mim, acrescentaria pelo menos outras duas músicas diferentes nessa lista, mas seria muito exagero, né?! Então chega de falar. #NostalgiaModeOn.


#FLASHBACK 1 - Run Joey Run (1x17: Bad Reputation)

#FLASHBACK 2 - Gives You Hell (1x13: Hell-O)


P.S.
Tina tendo falas, amo/

P.S.S
Chris Brown depois do episódio, mandou Titia ir chupar umas rolas, disse que ia cagar na boca dele e todas essas coisas inteligentes que só o Chris Brown fala. 
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
7 Comentários

Comentário(s)

7 comentários:

  1. O que achou do casal Kirtie????? Shippa ou não??? e só discordo com você quando diz que a segunda é a pior, pra mim a terceira é bem empatada com ela quanto a qualidade!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qualquer coisa que dê um plot pro Artie eu acho digno, Anony.

      Excluir
  2. Amei esse episodio!na minha opinião Rachel é uma das melhores personagens da série,mas cada 1 com sua opinião néh,finalmente acabou Brochel \o/,Santana diva D+,as historias d NY ta bem melhor com ela,a historia do Kurt também foi bem legal e engraçada rs.
    To gostando cada vez + da Kitty,to achando legal como estão humanizando ela mas ainda manteendo ela uma bitch,eu amei Wannabe,ja tava na hora d Glee cantar uma musica da minha girlband favorita,a briga sobre o fato d Jake querer cantar Chris Brown achei meio exagerada,mas foi interessante,todas os covers do episodio são excelentes,mas eu gostei + de Mamma Mia,Wake Me Up Before You Go-Go,Wannabe e Against All Odds(apesar d ja estar me enjoando o Blaine cantar em todo episodio,por qualquer coisa) e essa temporada esta sendo a 2ª melhor na minha opinião,porq pra mim a 1ª ainda é a melhor.
    Excelente review, vc esta de parabéns!to gostando da velocidade q as reviews estão saindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Lucas. Só quem me conhece sabe o quanto estou me desdobrando pra fazer essas críticas. Ver que estou fazendo um bom trabalho é recompensador.

      Mamma Mia é vicio, né? Amei totalmente.

      Excluir
  3. QUEM QUISER PEGAR O RAY GOMES LINHARES COSTA, DE 13 ANOS , VENHA A VILA NAVAL DO VELEIRO - BELÉM PA

    ResponderExcluir
  4. Terceira temporada é empatada com a segunda temporada quanto a qualidade?????
    Não vou dizer nada!

    ResponderExcluir
  5. Gostei da sua review demais! No geral!
    Essa 4a temp. tá se saindo melhor do que eu esperava e eu esparava muito pouco...mas o jeito que estão desenvolvendo os epis. está ótimo, é só prestar atenção tudo que acontece no McKinley acontece em NYC e vice-versa, de alguma forma... :)

    ResponderExcluir