domingo, 3 de março de 2013

[Crítica] Dallas - 2x06: Blame Game


Agora sim, a guerra vai começar!

Review:
(Spoilers Abaixo)

UAU que episódio. Essa temporada não tá decepcionando, um puta de um novelão. João Emanuel Carneiro é ótimo mas devia ver Dallas. Seria mais uma bagagem completa de como finalizar um drama. Sem aquele final feliz tosco que a maioria dos brasileiros adoram. Mas, como nós, que somos meio americanizados, nos surpreendemos a cada reviravolta maluca em Dallas. Quando achamos que ta tudo bem, vem um JR e acaba com nossa alegria, mas nesse episódio, foi Sue Ellen que tirou nosso cavalinho da chuva.

Começamos com Sue Ellen aceitando a proposta de JR Son mesmo ela sabendo que o menino foi desonesto e fez com que o irmão da Elena fosse pego. Ele e Christopher chegaram a conclusão que realmente JR foi o mandante da ação. Coisa que Chris já esperava. O que eles não esperavam era que Sue Ellen, realmente ia dar moral pro filho e pegar de novo a sua parte. Chris avisou Elena muito tarde e o irmão dela acabou assinando o acordo de "moral" e levou tudo pro ralo.

Emma fofa tá se rendendo a Ann. Aos poucos, mas está. Depois da sentença da semana passada, o júri vinha a público novamente pra dar o veredito final. Se ela ia ou não ver o sol nascer quadrado todos os dias. Bobby deu um depoimento muito lindo. Nem passando a mão, nem generalizando. Foi sincero, assim como ele e sua descendência. Então, ele foi prestar uma visita a Emma, dizendo que a casa deles esta de portas abertas. OWN. Fofo. E claro, ela se derreteu toda. Ela sabe que a história que o pai conta é mentira. Ou pelo menos a maioria. Ela foi lá então e conversou civilizadamente com Ann, cena lindinha. Ann é uma fofura em pessoa e deu saudade de Desperate Housewives quando ela abriu o episódio com o "Previously in Dallas".

SEGURAAAAAAAA
E pra esquentar de vez essa loucura, o venezuelano disse que não iria embora de Dallas sem antes pegar o que era seu por direito. E chegou bem na reunião de família. Atrapalhando a briga dos Ewings HAHAHAHA. Com tudo isso, começou a doidera do episódio. Christopher foi obrigado a ir até a empresa buscar essa porra do metano que causa briga todo episódio. Enquanto isso na casa, Sue Ellen, Bobby, JR Son, Elena e a tansa da Rebecca/Pamela que apareceu pra mostrar o ultrassom e o documento assinado onde ela tem agora 10% das empresas dos Ewing, são feitos de refém. Dos capangas do venezuelano. Com armas apontadas pra cabeça, o venezuelano lidera esses minutos de tensão. Ann no julgamento preocupadíssima porque ninguém apareceu. E graças a ajuda do júri e seu depoimento sincero, e graças também a raiva ridícula do Harry, ela conseguiu ser absolvida em liberdade condicional.

Lindo demais o juiz falando que se fosse com ele, ele também teria acertado um tiro nele. E deu a entender que seria pra matar HAHAHA. Digno.

Os cabra macho lutando junto OWN, s2
Quando Chris chegou com o metano na casa, mesmo depois de quase ter travado uma guerra na empresa com o capanga, enquanto o venezuelano levava Elena pra fora pegar o helicóptero pra se safar, Chris e JR lutam e conseguem render os capangas. Bem coisa clichê de novela, taí meu amor por Dallas. Saudade quando as novelas do Brasil eram boas assim. O irmão dele Elena viu a movimentação foi lá, pegou sua arminha básica, e matou o venezuelano. De longe, certeiro! Great.

E tudo voltou ao normal.

Ann em casa, metano salvo, e JR Son e Christopher juntos em mais uma batalha. E depois de tudo, um contra o outro de vez, eu espero. Sue Ellen não seguiu os conselhos de Bobby e usou as palavras dele contra ele mesmo. Que a família precisa permanecer unida, por isso eles estão de volta no controle da loucura.

Episódio sensacional. Valendo a pena cada minuto.

Obs.:

  • JR Father apareceu mandando um vírus pro computador de Bobby HAHAHA.
  • JR Son ainda ama Elena. E Pamela tá na merda sozinha mesmo!
  • E já sabemos que semana que vem o episódio é do JR Father né? :((((((((
    A promo abaixo:

Boa semana pra nós, 

bêj.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário