quarta-feira, 13 de março de 2013

[Crítica] 90210 - 5x16: Life's a Beach

Apparently, I'm a whore.

Review:
(Spoilers Abaixo) 

Vocês realmente conseguem ficar tristes com esse cancelamento? Porque a cada semana 90210 me prova que essa foi uma das melhores decisões que já tomou. Ninguém quer continuar acompanhando dramas superficiais dos riquinhos mais descolados de Beverly Hills, e eu com certeza não quero continuar repetindo o quanto a série está fraca em todas as minhas Reviews. A série está cansada, os atores estão cansados e nós estamos cansados, então nada mais justo que fazer todo esse esforço valer a pena no final.

Lembram do tempo em que 90210 se resumia em briguinhas fúteis que todos achavam divertidinho? Pois é, o episódio foi inteiramente focado nisso. Poderia ter sido legal se tivesse inovado em alguma coisa, mas os caras simplesmente plagiaram tudo o que fizeram nesses últimos anos e queriam que a gente engolisse. Explicação plausível pra uma briguinha adolescente? Quem liga pra isso? Afinal, basta ter Annie e Naomi brigando como duas pré-adolescentes que o povo esquece que a história precisa fazer sentido.

O motivo do desentendimento foi o mesmo das ultimas semanas: O irmão que só agora tiveram a chance de conhecer. Enquanto Annie arranjava uma entrevista de emprego pra ele em Nova York, Naomi estava tentando juntá-lo Com Tramp Adrianna pra que tivesse motivos pra ficar. Isso foi tudo de repente, sabe? Numa conversa cretina e divertida entre as duas surgiu uma rivalidade bizarra e exagerada que no final só serviu para afirmar o óbvio: Annie Wilson e Naomi Clark são como duas irmãs e por isso brigam como Rihanna e Chris Brown.

Quanto a Ade, bem, o drama não durou por muito tempo. Logo depois de se sentir usada, ter sido chamada de vadia e de drogada, ela perdoou as amigas como sempre acontece e ainda fez um pacto com a Silver pra nenhuma delas tentar ficar com o irmão perfeito da Naomi, já que ambas pareciam interessadas. Só com isso já da pra imaginar que uma delas vai colocar a amizade em risco quebrando o pacto e eu não dou a mínima pra tudo isso.
 
Enquanto não estava sufocando a mãe do seu filho e fazendo pactos, Silver estava filmando o videoclipe musical de Michaela ao lado de Dixon até que o drama da gravidez impedisse que eles realizassem o sonho de uma só vez. Dixon usou todo seu dinheiro pra que criassem um videoclipe perfeito, mas a inseminação foi adiantada, e obviamente, Silver vencer o câncer e ter um filho era bem mais importante que ter uma gravadora de sucesso. Pelo menos quando se trata do Dixon, o insuportável da série. 

Apesar disso, gostei bastante da sua atitude. Ele não poderia ficar totalmente feliz pela Silver porque perderia seu sonho, mas não se sentia no direito de impedir. Foi um dilema bastante interessante e que terminou da maneira que todos imaginávamos: Michaela finalmente recebendo a notícia de que estava grávida e Silver dando um jeito de continuar a filmagem do videoclipe mesmo que não fosse do jeito que eles planejaram. Flash mob na praia? Me chama que eu vô, só que não.

Agora vamos falar do boy magia, astro de cinema, modelo de cuecas e homem de negócios, Liam Court. Ele com certeza está sendo o pior personagem dessa fase. Até o Navid está mais interessante que ele, e sim, isso é um insulto. Como havia sido deixado claro no episódio passado, ele começou um negócio de pranchas personalizadas. Mas junto com os negócios também veio uma femme fatale casada querendo investir no seu “talento” e possivelmente um enteado que quer destruir seu melhor amigo.

É aí que começamos a gritar “termina logo com essa série, pelo amor de Deus”. Não é possível que a gente tenha que engolir uma mulher casada que cai dos céus e um negócio sobre pranchas personalizadas. Onde a criatividade desses roteiristas foi parar, Jeová?  Liam praticamente se tornou um Nate Archibald de Beverly Hills, só que agora com uma barriga aguada e complexo de celebridade. Espero mesmo que ele se meta nessa treta entre o Navid e o Campbell pra ver se ganha alguma credibilidade. Quem sabe até o final a estrelinha de Hollywood que ele se tornou volta a ser o garoto perdido que era antes. 

PS: Não vou comentar sobre o Navid porque o babado só vai acontecer no próximo episódio. Por enquanto ele está apenas sendo empregado por um cara arrogante que obviamente vai despedi-lo assim que o Campbell mostrar as garras. Eu disse que isso tava interessante, né? Mas não quero viver num mundo onde Navid está melhor que o Liam.


Promo 5x17 "Dude, Where's My Husband?"
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário