sábado, 23 de março de 2013

[Crítica] 2 Broke Girls - 2x19: And The Temporary Distraction


Deixe-me dar um exemplo.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Aqui não é orkut, mas vocês podem considerar como uma invasão. Vocês sabem quem sou eu? Graças a Deus. Como podem perceber o João não pôde comparecer esta semana porque está queimando em febre (amostra grátis do inferno). E, como eu sou um bom amigo e estou sempre quebrado, estou aqui para criticar esta comédia, que eu considero uma das melhores atualmente. Então segurem seus cupcakes, coloquem o avental, que tem um novo Cupcake Whore (Isso é uma mentira!) na área.

O episódio da semana passada foi muito bom ao apresentar mais uma coadjuvante diva, parente da Caroline, mas foi triste que foi determinante para o fim do sonho delas. Depois de conseguir abrir uma loja, as meninas não conseguiram manter o seu sonho vivo e caíram de cara no chão, para a realidade dura, fria e amarela da lanchonete do Han. E, apesar da Caroline não estar chapada, ela estava muito negativa, porque não é fácil levantar a cabeça depois que o seu sonho vira migalhas diante de seus próprios olhos. E ela era rica, então estava acostumada a pensar positivo e conseguir seus objetivos.

Por isso, parece óbvio que, na primeira queda, ela se decepcione. Porém, ninguém ficou mais decepcionada que a própria Sophie. Ela não teve muito destaque no episódio, só apareceu em duas cenas curtas, somente para justificar seu nome nos créditos. Apesar disso, ela teve uma cena muito engraçada ao descobrir que as nossas meninas quebradas iriam parar de fazer cupcakes. "Você retira o que disse agora mesmo", e partiu para cima da desiludida Caroline. E é justamente com ela que o episódio fecha, provando ser a cliente nº 1, ela é a primeira a comprar um cupcake depois das meninas voltarem aos negócios.

Porém, o foco do episódio foi mesmo o emprego temporário das meninas. Enquanto Max só se inscreveu para passar o tempo e assistir vídeos de gatos fazendo coisas engraçadas, Caroline levou o seu trabalho a sério e foi promovida em um piscar de olhos. Max (Ou seria Carmen... Sandiego?), ao ver que a Caroline só estava preenchendo o buraco dos seus sonhos vazios com falsos objetivos, logo arranjou um jeito de derrubar a garota que conseguiu uma promoção com plano médico (Crueldade!).

Qual o meio mais eficiente para fazer alguém ser despedido? Quem não pensou em assédio sexual está fora! E, depois que a Caroline esfregou suas mãos nos peitos da Max e ainda tirou cem cópias do seu traseiro na xerox, a Max tinha mil e um motivos para acusá-la de assédio. Parece que alguém não aprendeu nada com o vídeo educativo que foi passado quando elas entraram no trabalho. No final, Caroline foi despedida e teve que encarar a realidade. Não é por causa de uma queda que se desiste, por mais que doa. O importante é que as duas voltaram para os negócios, então ninguém mais precisará comprar bolinhos em Supermercados.

Eu não poderia terminar esta crítica sem mencionar a coadjuvante diva que apareceu esta semana. Com um bordão lindíssimo, ela deu diversos exemplos para as meninas, pisou na cara da Caroline e ainda deu uma dica de vídeo para a Max. Tudo isso na maior animação. Eu simplesmente adorei essa personagem, então é uma pena que não a veremos pessoalmente. Mas vocês sabem quem verão semana que vem? João Lindley. Bem, isso se não acontecer algo, né. Deixem-me dar um exemplo: Ele está bem, se recupera de sua febre e vai à esquina comprar uma paçoca. Ao voltar para sua casa, ele é atropelado por carrinho de cachorro-quente e quebra os dois braços. Agora, como se lida com uma situação como essa? Isso mesmo. Eu volto.

 Saldo Atual:

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário