terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

[Crítica] The Walking Dead - 3x09: The Suicide King


Uma batalha contra a sanidade.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Existem dois fatos que todos os fãs de The Walking Dead devem saber. Primeiro é que tudo pode acontecer e qualquer um pode morrer. Esse primeiro fato até que é aceitável e, toda semana, nos sentamos esperando algo que pode abalar com nossas estruturas. Agora, o segundo fato é um pouco mais assustador. O segundo é que os fãs da série sofrem, porque os hiatus tendem a ser eternos. Outras séries já voltaram, entraram em hiatus novamente, voltaram mais uma vez; outras começaram; e algumas já até terminaram. E, somente neste domingo, The Walking Dead deu o ar da graça. É como dizem, antes tarde do que nunca.

O episódio foi muito bom geral, apesar de ter apresentado algumas coisas que me deixaram com um pé atrás. Depois de tanto tempo de espera, o episódio já começou detonando com tudo, com direito a muitos tiros e resgate. Então os fãs do Merle e Daryl já ficaram aliviados desde o começo. Bem, ainda existia alguém tenso em relação ao destino deles? Não era preciso pesquisar muito para saber que ambos estariam sãos e salvos, até porque, nem a produção tentou esconder isso. E faz sentido, já que tudo aconteceu antes mesmo dos créditos de abertura, mostrando que a série não quer perder tempo mesmo.

Eu queria que as coisas ficassem ainda pior em Woodbury. Depois que a fumaça tomou conta, eu pensei que os zumbis iriam se soltar, assim como o pânico geral na cidade inteira. Infelizmente a cena cortou muito rápido e ninguém foi atacado mortalmente por um errante (naquela cena). Porém, já pudemos testemunhar o impacto de toda aquela ação na reação alucinada do Governador. Depois de perder o olho e ser atacado duas vezes na mesma noite, ele simplesmente perdeu o controle de si. Ficou vagando pela fumaça de uma forma automática, praticamente sendo guiado pelo ódio bruto.

E apesar do apocalipse não ter se instalado na cidade do Governador de noite, a manhã revelou um preocupante e já esperado. Os civis desesperados para ir embora daquele local que, aparentemente, poderia ser atacado com facilidade. Nem preciso dizer que os seres humanos não conseguem raciocinar direito. Uma vez que se sente pressionado, não consegue pensar direito. É claro que é assustador pessoas invadindo a cidade, mas é válido se aventurar nas ruas sem ter qualquer preparação para isso? Eu queria mesmo que os caras abrissem os portões e eles dessem de cara com os errantes que estavam só esperando do lado de fora.

Interessante mesmo foi como a Andrea controlou a situação. Adoro quando ela toma a rédea das coisas. Além de ter matado os zumbis que invadiram o perímetro, ela controlou o povo da cidade. Seu discurso foi bom, apesar da modéstia ter passado longe (mas não vamos dar atenção a isso). Eu só gostaria que ela parasse de se tornar a putinha do Governador. Fala sério! Ela é uma sobrevivente forte, mas ainda come na mão do maior vilão da série. Realmente um desperdício de potencial. Ainda mais quando ele solta diversas mentiras soltas. Só engulo tudo isso porque ainda espero que ela mesma o mate no final dessa temporada.

E será que o Governador não estuprou a Maggie mesmo? Tivemos um corte no episódio passado e ficou parecendo que nada aconteceu, mas as reações do Glenn mostrou exatamente o contrário. É como se a Maggie tivesse contado a ele o que realmente aconteceu enquanto ela estava com o Governador. Acho que isso será desenvolvido nos próximos episódios. Maggie é outra sobrevivente forte. Adorei ela resgatando o Daryl com o Rick no começo. E por falar no Rick, o que está acontecendo com ele? O cara está mesmo perdendo a sua cabeça. Não me entendam mal, eu estou adorando essa fase de Evil Rick, mas achei que já tínhamos passado da fase das alucinações com a Lori.

Espero que isso seja rapidamente cortado do enredo. Eu até aceitei a Lori ter retornado pelo telefone, mas já havíamos encerrado esse plot. E agora ele voltou a ser atormentado pelo fantasma da mulher. É claro que agora dá para perceber que ele está ficando louco mesmo. Veremos que alguém consegue colocar alguma sanidade em sua cabeça nas próximas semanas. Só resta para os fãs mostrarem sua revolta pela Lori mais uma vez, já que - mesmo morta - ela insiste em voltar a aparecer. Personagem difícil de ir para luz essa.

Por último, e não menos importante, temos a decisão do Daryl de ficar com o irmão, Merle. Compreensível, porém, irritante. Não queria que ele tivesse abandonado a Carol. Vocês viram a reação dela? Acho que ela não entendeu tão bem quanto Daryl estava pensando. Mas tenho certeza que Daryl voltará para os braços dela, assim como o grupo do Tyrese não irá muito longe. OBS. Só eu que achei a Beth muito fofa neste episódio? Ela teve certo destaque e eu gostei de acompanhar as suas cenas. Em uma série cheia de mortes e mutilações, foi fofo testemunhar um inocente beijo no rosto.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário