terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

[Crítica] The Vampire Diaries - 4x15: Stand by Me


Queimando suas emoções.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Depois de esperarmos por diversas longas semanas sem episódios inéditos de The Vampire Diaries, voltaremos a ficar de abstinência. Assim como Once Upon a Time, The Vampire Diaries só sabe entrar em hiatus. E são pausas realmente grandes. Parece que não basta a gigantesca pausa do final de ano, tem que ir parando até o final da temporada. Aliás, tudo parece estar indo tão devagar este ano. Estamos entrando no terceiro mês e ainda estamos no décimo quinto episódio. Estou apenas esperando que as fortes emoções da reta final façam valer a nossa espera.

Este foi um episódio bastante sinistro e melancólico. Jeremy morreu, gente. De verdade. Bem, pelo menos por enquanto. Vai que a Bonnie apareceu possuída pela Ragatanga e o traz de volta à vida? Não podemos confiar nesses roteiristas de The Vampire Diaries. Vocês podem até rebater dizendo que ele já até virou cinzas. Bem, eu vi o fogo pegar em todos os lugares, menos no Jeremy. E o mais importante, nós já vimos o Klaus ser empalado com a estaca-mata-tudo e queimar. Atualmente, ele está desfilando e nos proporcionando uma dose viciante de Klaroline. Então, só vou confiar na morte do Jeremy, quando chegar a Season Finale e ele não tiver despertado.

Como vocês podem imaginar, o drama rolou solto. De fato, foi só o que rolou. Elena entrou em negação frenética e deu um verdadeiro escândalo no final, com direito a efeitos pirotécnicos e tudo mais. Caroline não curtiu. Ficou assustada com a atitude ofensiva e tribal da amiguinha. O importante é que a Elena ficou o episódio todo negando que o irmão estava morto, mesmo que ele já estivesse apodrecendo ao lado dela. Sem chorou com a falta do Jeremy foi o Matt. Quem diria que um simples momento de um personagem sem destaque seria tão tocante. Eu já falei que eles deveriam ser um casal? Ah, Jeremy morreu. Esquece.

O terceiro ato do episódio foi mesmo uma coisa linda de se ver. Não achei que a Nina Dobrev iria conseguir se expressar tão bem quanto aquele choro desesperado e suplicado no final. Ela foi perfeita nesse momento. Não fiquei mal pelo Jeremy, mas sim por ela. Seu desespero e dor pareciam legítimos e a cena por completo foi de partir o coração. Então é compreensível (e mais do que aceitável) que o Damon tenha optado por fazê-la desligar suas emoções ao invés de amenizá-las. E a cena foi especial por completo. Desde o choro desesperado, passando pelo momento em que ela para de se afogar em suas próprias lágrimas e assume um rosto sem emoções, até a cena final onde ela decide colocar fogo em tudo, abandonando sua humanidade.

Apesar do foco, o episódio não foi apenas sobre a Elena. Certo, ele foi. Mas dedicarei este parágrafo aos momentos paralelos sem envolver a personagem. Primeiro que foi fofo o abraço do Damon e da Bonnie. Segundo que Damon também fez um ótimo par sádico ao lado da Rebekah. Os dois provaram que o caçador é mesmo um verdadeiro inútil. E ainda trouxe mais um furo no roteiro, já que o caçador estava de "treta" com a Katherine. Mas nós sabemos que ele deveria ter a obrigação moral de matá-la. Espero que nunca mais apareça, não vai fazer a menor falta (ao contrário da VampBitch).

No final ainda descobrimos que o verdadeiro Shane nunca deixou a ilha e o Silas está se passando por ele. Não é algo difícil de descobrir, mas parece que a Bonnie está cega/surda por ele. Ela está mesmo considerando fazer a terceira rodada de sacrifício para trazer os mortos de volta à vida. Porém, só os seres sobrenaturais retornarão. Ou seja, descanse em paz para sempre, pastor. Veremos como a história irá prosseguir a partir daqui. Estou ansioso para acompanhar uma Elena vadia, seguindo os passos da Petrova. Quem viu a promo do próximo episódio deve ter surtado. E um recadinho para Elena? Don't you cry no more.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Eu gostei muito do episódio. Acho que a morte do Jeremy foi digna de um episódio de drama. E acho que Nina Dobrev conseguiu realmente passar o choque da morte de alguém tão próximo da Elena quanto Jeremy era. Fiquei surpreso com o Silas em forma de Shane.. tipo: what? O que ele realmente é? '-'
    Na minha opinião, a atitude do Damon de pedir pra Elena desligar a humanidade foi acertada. E realmente veremos uma mudança na dinâmica da série a partir de agora. Não sei, mas estou satisfeito com TVD. Apesar de realmente a segunda e a terceira temporada terem me agradado mais, acho que a série tem tentado se encontrar nessa nova trama do Silas e acho q até agora tem conseguido nos transmitir uma história interessante.

    ResponderExcluir