terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

[Crítica] Suburgatory - 2x12: Body Talk

Ela tem a mente. E ele tem... O corpo.

Review:
(Spoilers Abaixo)

A cada semana que passa fico ainda mais impressionado com a criatividade do roteiro de Suburgatory. A série nos apresenta episódios aparentemente simples, mas que no final, servem como uma luva pra sua proposta de humor desprovido de apelações. Mas estou começando a achar que eu sou o único que pensa dessa maneira. Nunca conheci um fã de Suburgatory que tivesse apreciado todos os episódios da maneira que eu faço, então se tem alguém aí, fale agora ou cale-se para sempre. Porque estamos no meio de uma crise geográfica, e o programa safadinho do Ryan está prestes a começar.

Bem, sei que safadinho não é a melhor maneira de rotular o programa, mas tenho certeza que deve haver algum fetiche misterioso envolvendo corpos musculosos na produção da série. Os músculos do Ryan estão em alta desde o segundo episódio e criando fãs no mundo inteiro como Jesus Cristo, então, ele deve estar fazendo alguém muito feliz aí nos bastidores, hahaha! Mas apesar de ser contra essa obsessão, o plot nos rendeu mais um ótimo episódio, só pra que eu continue afirmando que Suburgatory é a única série que se mantém regular atualmente.

Começamos este episódio com Tessa e Ryan almoçando juntos e desde já, ressaltando as diferenças entre ambos. Enquanto Ryan é o queridinho de Chatswin e tem uma agenda super lotada, Tessa é uma nerd antissocial que não possui muitos amigos e nenhuma atividade extracurricular. Foi pensando nisso que ela decidiu ingressar como produtora de um programa de TV na emissora de Chatswin, onde os alunos poderiam debater sobre coisas importantes pro ensino e para sua vida pessoal. O único problema é que, assim que Ryan também ingressou no projeto, ele transformou o programa num Body Talk, que tratava apenas de assuntos a respeito de seu corpo perfeito.

Em qualquer outro lugar, o programa do Ryan poderia ser considerado um grande erro televiso, mas em Chatswin... Ah, em Chatswin, ele foi um tremendo sucesso. O telefone não parava de tocar, o diretor asiático não parava de se gabar, e claro, a superficialidade da situação acabou deixando Tessa possuidíssima pelo ritmo ragatanga. A garota simplesmente saiu do estúdio e rodou a baiana pro namorado, tão possuída que até chegou a despedi-lo. O que mais tarde tornou-se um grande erro, já que o Tessa Talk teve uma audiência ainda menor que o Nerd Talk do Ethan.
Só depois de uma conversa super franca com o diretor asiático – que esqueci o nome, perdão – que ela foi cair em si. O pedido de desculpas aconteceu diante das câmeras enquanto Ryan entrava de fininho só pra preencher a cota de cenas fofas entre os dois. Ele se estranham, eles discordam, eles brigam, mas está na cara que se amam. É como diz o ditado, os opostos se atraem. E não existem duas pessoas tão opostas como esses dois, pelo menos num raio de... Bom, pelo menos dentro da cidade de Chatswin.
  
E falando nisso, Suburgatory quase perdeu três moradoras importantíssimas essa semana. Tudo porque, enquanto tentava fazer uma reforma na casa de Dallas, George descobriu que 58% do seu terreno ficava em East Chatswin. O que em Chatswin normal quer dizer: Permissão para exilar moradores. Logo Dallas, Dalia e Yakult foram privadas de suas regalias na cidade e tiveram que morar no carro de George, um lugar muito mais digno que East Chatswin, diga-se de passagem.

Tivemos que ver a coitada da Dalia sendo transferida pra um colégio onde não é bronzeada o suficiente pra ser popular e Dallas tomar água sem frutas. Mas que tortura, meu Deus! Nenhum ser humano deveria passar por esse tipo de necessidade, hahaha! Ainda bem que Noah conseguiu dar um jeito pra casa de Dallas ser completamente em Chatswin ou então as garotas Royces poderiam ter sido as próximas vítimas de Jigsaw em Jogos Mortais. Que medo desse povo de Chatswin, hein. Mas ainda assim é a cidade mais bonita que já tive a chance de visitar. Isso porque lá por Mystic Falls vive chovendo cadáveres, então, acho que eu passo.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário