domingo, 24 de fevereiro de 2013

[Crítica] Pretty Little Liars - 3x20: Hot Water


Quente, quente, quente.


Review:
(Spoilers Abaixo)

Ok, esse não foi um daqueles episódios eletrizantes de Pretty Little Liars que nos prendem a respiração do início ao fim. Mas dizer que ele não foi ótimo ou importante seria mentira. Mais uma vez a série conseguiu mexer com a cabeça de todos os fãs dela, lançando perguntas e nos deixando na vontade de mais. A poucos episódios da season finale, está se formando o clima para o acontecimento bombástico.

Mas antes de comentar esse episódio, vamos logo falar da parte chata dele, que foi a volta do Ezra. A única parte boa disso foi a Mama Fitzgerald fazendo a maldita e semeando a discórdia e desconfiança entre o casal. Culpa da própria Aria que cada vez mais se afunda nas próprias mentiras. Parece que não aprendeu que quanto mais ela esconde algo, mais a coisa se complica. Segundo spoilers que li, ela e o Wes ficarão cada vez mais próximos enquanto ela se distancia do Ezra. O clima já estava super estranho e pesado entre os dois nesse episódio, quero ver no próximo, quando o Malcolm vai vir à casa dele e agora que Mama Ezra incorporou o Belzebu , vendeu a casa da Maggie e mandou-a junto com o neto bastardo para a rua. A menos que o Ezra tenha outra cama para dividir com ela, eles vão ter de relembrar os velhos tempos e dormir de conchinha.


Emily e Hanna foram atrás da Paige em busca de respostas sobre a fantasia da rainha de copas. Se vocês bem se lembram, no bar lésbico a Paige estava com a Shanna, e as coisas ficaram no mínimo estranhas quando Emily, Hanna, Paige e Shanna ficaram no mesmo lugar. A tensão na sala era palpável, mas no melhor estilo Três Espiãs Demais, elas conseguiram enganar a Shanna por uns segundos e pegar informações sobre quem alugou a fantasia. Foi fora da loja que as xanas da Emily e Paige resolveram se estranhar por causa da Shanna. Trocadilho fail, eu sei. Mas pelo menos a Paige assumiu que já provou da região úmida entre as pernas da Shanna, resta saber como isso afetará o casal. Só acho que essa Shanna sabe mais do que diz saber e que terá um papel importante na história. Esperemos.

Mas quem botou fogo no episódio mesmo foi a Ashley, provando por que é minha mother liar favorita. Durante todo o episódio o detetive Wilden ameaçou as meninas e até mesmo a Cece. Ele está disposto a tudo para que as meninas não vão a público com a história envolvendo a Alison. Por fim, ele acabou seguindo a Ashley que já sabia de metade da história depois de pressionar a Hanna e ameaçou ela, chegando a sacar uma arma. Ashley não contou história, atropelou o Wilden e fugiu desesperadamente. Quando contou à Hanna o que fez e voltaram à cena do crime – se é que podemos chamar assim – a viatura estava lá, mas o detetive resolveu fazer cosplay do Jason e sumir na mata. Elas só não contavam com a viatura filmando toda a cena. É, Estados Unidos meu bem, o nível lá é outro. Se a gravação vai parar nas mãos de –A ou da policia mesmo, teremos de esperar pelo próximo episódio com respostas.

Enquanto isso, Spencer continuava mais reclusa e acabada do que nunca, correndo das amigas e fechando-se no seu mundinho particular. Só o Wren conseguiu tirá-la desse buraco negro em que ela se enfiou e arrancar um sorriso e roubar um beijo dela. Que a garota manda chuva do team –A viu. Aliás, todas as pistas conspiram para que ela seja a Cece, quem mais percebeu o casaco vermelho na mala dela quando a Emily foi procura-la em busca de respostas? Vejam vocês mesmos...


O melhor foram as revelações que vieram desse encontro. Ninguém mais, ninguém menos que a Melissa, que resolveu fazer a Mulan e passar a espada no cabelo, estava no Cape May junto com Cece e Alison. Só me pergunto: quem não estava? Já o encontro entre Cece e Melissa na noite do sumiço da Alison foi para pegar os tão falados vídeos, que Ali foi buscar e acabou sumindo para sempre. Gente, afinal, o que tem nesses vídeos? Gang bang com toda a galera de Rosewood? Para todo mundo querer eles só pode ser algo do tipo.

Voltando à Spencer, coitada. Nem na hora da ducha quente ela tem paz. Começou quando ela chegou do encontro com o Wren e a Melissa lançou a semente da dúvida dizendo que ele era uma má companhia. Depois, na ducha, Spencer adormeceu e –A resolveu agir, trancando-a no box e elevando a temperatura do banheiro para “centro do Tártaro”. Tudo por que ela deu um beijo no Wren. Não fosse a Aria, que magicamente chegou na hora exata, aquele teria sido o fim da Spencer. 


O bom é que a experiência serviu para ela finalmente resolver contar às meninas a verdade sobre o Toby, mas como já li, nem todas vão estar dispostas a ouvir o que ela tem a dizer. Enfim, muitas loucuras estão reservadas para a próxima semana. A coroa de flores que –A preparou no fim do episódio vai chegar finalmente às mãos da Spencer com um bilhete nada agradável. Acho que é nesse episódio que ela vai parar no Radley, pelo menos eu vi uma porta que parece a de lá na promo. Espero vocês! Até lá liars.

PS: Que explicação sem nexo foi essa pro sumiço do Jason? Ele está na casa de um amigo, seriously? A menos que a queda do elevador tenha dado a ele super poderes a fuga dele do hospital seria impossível naquele estado. Só acho.


PROMO - 3X21: OUT OF SIGHT, OUT OF MIND

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Eu acho que no final dessa temporada eu pulo fora desse barco. Não vou mentir que é estingante os mistérios, mas tbm são eles q irritam demais, mta coisa, pouca solução. Nem dá pra lembrar tudo o que já aconteceu com elas, e cada vez acontece mais e mais. Nem parece mais uma série, parece uma novela do Manuel Carlos que vai enrolando até chegar no que vale pena mesmo.

    ResponderExcluir