domingo, 10 de fevereiro de 2013

[Crítica] Grey's Anatomy - 9x14: The Face of Change


Um por todos, e todos por um.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Alguém me ajuda! Cadê o ar? I can’t hardly breathing depois desse episódio de Grey’s Anatomy. Pela promo já vi que seria bombástico. E, nossa, tem tempo que eu não vejo um episódio tão bom na série.

Com os compradores do hospital de visita, Alana estava mais decidida do que nunca a passar uma boa impressão para eles. Agora todo médico tem um tabriti com prontuário dos pacientes; o Seattle Grace também virou uma marca, e uma marca precisa de um rosto, vaga disputada de início pelo Alex e pelo Jackson. Tinha tempo que eu não ria tanto com situações como essa, tinha tempo também que eu não ouvia o Alex narrar um episódio. Foi gostoso, por que ele é um dos meus preferidos.

A briga entre eles, alimentada em grande parte pela Jo e pela Stephanie, foi travada em meio a representantes de relações públicas do hospital e vários flashes. Também serviu de cenário para um dos casos da semana, envolvendo uma menina que namora um transexual e que estava lá para fazer a cirurgia de mudança de sexo – ao menos a primeira parte dela. Foi um caso muito interessante, por que até então a série não tinha abordado esse tipo de história, e essa foi no mínimo curiosa. Um menino que virou menina namorando uma menina que virou menino. Achei tão interessante que fui pesquisar como ocorre a cirurgia de mudança de sexo com as mulheres, e, fiquei fascinado. Não faltou também o pai revoltado com a decisão da filha, e foi totalmente compreensível. Se aceitar que um filho ou filha é gay já é difícil para alguns pais, dirá uma cirurgia de mudança de sexo. Gostei de a Shonda ter mantido a relutância do pai, por que isso não é algo que se aceite da noite pro dia.


Mas o melhor caso do episódio envolveu a April, o Jackson, a Meredith, a Cristina, o Derek, o Alex e os internos. Como todos sabem o SGMW não é mais um hospital de trauma, mas no encontro com o Matthew e futuro namorado (espero), April não teve saída a não ser levar um garoto que precisava de cuidados urgentes para o hospital mais próximo, que por coincidência era o SGMW. Gente, que lindo, que frenético e que emocionante foi esse caso. Todos se desdobrando para conseguir medicamentos e aparelhos para auxiliar no procedimento às escondidas. Era interno vigiando a porta, batendo de cara na porta, atendente ‘roubando’ remédios. Enfim, a cena me deixou muito aflito e por diversas vezes pausei pra tomar um ar. Foi quase que o retorno da season finale da sexta temporada para mim.

Por fim, não faltou a reviravolta bombástica que todo episódio tem. Enquanto nossos médicos davam uma de ninjas no dark case, Richard e Callie faziam uma visita a um dos hospitais comprados pela Pegasus, pretensa compradora do SGMW. Ri horrores com esses dois inventando uma mentira em cada corredor que chegavam, formaram uma ótima dupla. Os piores temores deles acabaram se confirmando, e, se a venda for de fato efetuada o hospital vai virar nada mais que uma lugar onde os médicos não tem voz e não passam de garotos propaganda. A solução? Bem, para o Richard provavelmente seja a aposentadoria, e talvez tenhamos de dar adeus a um dos veteranos da série. Sem morte, o que já é uma grande evolução.

A ideia da Callie para barrar a compra foi continuar a compra, a única coisa que precisa mudar é os compradores. Agora pensemos, quem dispõe de milhões na poupança e pode assinar o cheque? Derek, Meredith, Cristina, Arizona e Callie. Isso mesmo, os médicos vão comprar o hospital! Fiquei de cara na poeira, eu achei que eles fossem devolver a indenização ou algo assim, nem nas minhas mais loucas teorias a chance deles comprarem o hospital surgiu. A série tomou outro fôlego depois dessa reviravolta.
Enfim, adorei muito esse episódio. Foi divertido, foi emocionante e mostrou todo esse clima família que nossos médicos têm. Estou louco pelo próximo episódio, até semana que vem.

PROMO - 9X15: HARD BARGAIN


- Bônus:
April finalmente beijou o Matthew, o paramédico gato. Achei ótimo ela ter outra história que não envolvesse o Jackson, e o Matthew não é qualquer um, é O paramédico. Então April, se joga na traseira da ambulância! Só o Jackson que não curtiu a cena.

O que foi aquela trombada fatale da Leah na porta do PS? Ri demais.

Jolex parece estar mais perto de acontecer do que nunca. Estava na hora de surgir alguém para o Alex, faz tanto tempo que a Izzie se foi. Finalmente chegou alguém tão bom quanto ela pra preencher o vazio do coração do nosso bad boy. Quem mais torce pelo casal?
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. What's up, yes this post is in fact pleasant and I have learned lot of things from
    it on the topic of blogging. thanks.

    My blog; Binära Optioner

    ResponderExcluir