quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

[Crítica] The Vampire Diaries - 4x11: Catch Me If You Can


Está na hora do jovem Gilbert caçar.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Os comentários da crítica passada simplesmente bombaram e o tema mais abordado foi o egoísmo (que, por acaso, tem aparecido bastante nas últimas semanas). Eu dediquei uma parte da minha crítica anterior falando que a Elena era egoísta e não falei dos outros, mas, quem me acompanha semanalmente, sabe que eu já falei mal dos outros, principalmente o Stefan, no mesmo quesito. Não gosto muito do triângulo principal e, por diversas vezes, todos eles são bastante egoístas. Então só voltarei a falar sobre o assunto quando um deles fizer algo insuportável em seu próprio favor, o que deve acontecer toda semana.

Enfim, este episódio me empolgou, até porque, já começou frenético com o Matt correndo desesperado no mato. Então voltamos exatamente à cena em que o episódio anterior parou. O bar cheio de vampiros recém-transformados acordando e o Jeremy com poker face. Já era de se esperar algum drama por parte do caçador mocinho, mas já sabemos que drama não é algo que o Klaus gosta de assistir. Por isso, a cada reclamação, o vampiro original vai acrescentando um elemento novo no jogo. E confesso que ele foi muito criativo em escolher o Matt como isca de vampiros famintos.

Foi muito divertido usar o Matt, o elo mais fraco, para ser caçado. Eu estava com saudade dessa fragilidade. Não temos mais personagens assim em Mystic Falls e o Matt foi o único que restou. Tem bastante tempo que as mocinhas, como Caroline e Elena não correm desesperadas pela sua vida enquanto os heróis tentam salvar sua fragilidade. Elas continuam correndo por suas vidas, mas não é a mesma coisa. Então vocês estão certos que o Matt representa algo importante na série, ainda mais ao lado do Jeremy.

Já cansei de salientar o meu desejo por este casal. Eles passaram por diversas garotas. Nenhum dos romances emplacou. Porém, não importa como a trama gire, eles estão sempre voltando a ficar próximos. E considerando que nenhum deles tem um plot tão emocionante, essa junção para bem para ambos. Então eu fiquei muito feliz com o começo do episódio, que foi justamente o Matt indefeso em perigo tendo que ser salvo pelo caçador profissional mais novo da cidade, Jeremy. Porém, nem tudo é perfeito e a cena acabou antes dos cinco minutos iniciais. Gostaria de ter visto mais perigo e perseguição (como sempre). Esperava por muita emoção na floresta, o que acabou não acontecendo.

Kol surgir e matar todos os vampiros recém-criados também não foi nada divertido. No lugar disso, tivemos o Damon correndo perigo (o que não passa qualquer emoção, considerando que ninguém espera que ele morra) e o Jeremy fugindo de um Damon hipnotizado (o que também não é tão legal quanto o Matt correndo indefeso). Pelo menos o Jeremy foi inteligente e mostrou que está cansado de ser a vítima, apesar de ter feito a burrice de praticamente colocar o seu braço na boca do vampiro descontrolado. Mas dá para entender, não vamos julgar. Caçador de primeira viagem.

Em paralelo a esses acontecimentos, tivemos a interação entre o Stefan e a Rebekah, que decidiram aposentar o tédio e se unirem nos lençóis. Parceria essa muito bem-vinda. E ouvir o Stefan dizer que gosta de sexo selvagem não tem preço. Será que a Elena gosta? Não pensem nisso, seus pervertidos. Enfim, a questão é que o Damon está basicamente aposentado até a hipnose acabar e a Elena surpreendeu a todos com um plano inteligente... MATAR KOL. E, sinceramente, deve ser exatamente o que deve acontecer na própria semana. Não é spoiler, é apenas intuição. Será que mais um Original irá cair? Vamos aguardar.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Bom, pra mim esse foi o melhor episódio da 4ª temporada LOL
    Realmente me empolgou aquela pequena perseguição inicial, o massacre feito pelo Kol e depois a criatividade dele em hipnotizar Damon para matar Jeremy.. achei digno kkk
    Achei idiota a Elena falar: "Porque você me ama, faria qualquer coisa por mim".. Foi idiota, e pareceu uma adolescente mimada ¬¬ Mas gosto dela e do Damon juntos, então, não reclamo muito kkk
    Gostei até mesmo do Stefan nesse episódio. Realmente ele fica melhor sem Elena. Torçamos para que dure esse rolo com Rebekah, pq não gosto dela tão solitaria quanto estava por tantos seculos.. E acho q esse novo casal vai dar um gás pra série, pq nao vai girar tanto em torno do triangulo central, enfim..
    Acho q Kol morre mesmo no proximo episódio.. pq nao aparece em sinopses dos proximos..
    Outra coisa que mereceu destaque (mas a critica não mencionou) foi a Bonnie possuída pela bruxaria dela.. achei incrivel.. e acho é um caminho legal para ser tomado.. :)

    ResponderExcluir