sábado, 26 de janeiro de 2013

[Crítica] Suburgatory - 2x10: Chinese Chicken

Tessa atualizou seu status de relacionamento para "servindo de escrava."

Review:
(Spoilers Abaixo) 

Este com certeza foi um dos melhores episódios de Suburgatory. E sabem por que? O humor leve e todas as referências estereotipadas finalmente encontraram sua forma perfeita. Cheia de exageros, é claro, mas ainda assim, bastante atraente para se compor um episódio. E eu aqui pensando que os suburbanos nunca iriam conseguir ser tão loucos como na metade dessa segunda temporada. Mas parece que Chatswin sempre vai ter as melhores tradições que podemos assistir pela TV, além é claro, de servir como moradia pras Maria Chuteiras mais dedicadas que o subúrbio já viu. Se não acreditaram, que tal fazer mais um pequeno tour e ver com seus próprios olhos? Mas tem que ser rápido, porque o jogo de futebol já vai começar.

O episódio da semana seguiu Tessa em mais um dilema suburbano que nunca pensou que lhe causaria problemas: Se enturmar com as garotas superficiais do ensino médio. Logo após Ryan gritar pros quatro ventos que eles vivem um tenro amor, ela entrou para o Clube das Namoradas de Futebol, onde todas as garotas populares dedicam seu precioso tempo fazendo de tudo para que seus namorados tenham uma vida de rei. O que, obviamente, deixou Tessa com a pulga atrás da orelha, e uma grande vontade de iniciar uma nova rebelião.

Mas todos nós sabemos o que acontece quando Tessa faz os suburbanos pensarem, né? As pessoas brigam, se decepcionam, questionam seu próprio comportamento e no final, a estrutura social de Chatswin fica uma bagunça. Foi mais ou menos isso que aconteceu. Depois de comprovar que aquelas garotas não tinham vida – ou até mesmo um nome -, ela as incentivou a reclamar seus direitos e a se serem conta a submissão masculina, porque é isso que mulheres fortes fazem. Elas levantam a cabeça, dizem “não” para os homens e depois vão pra casa assistir TV. A não ser no caso de algumas, que precisam urgentemente ir para o pronto socorro.
E a conclusão disso tudo? Sem as namoradas torcendo, criando faixas e levando o colégio inteiro pra ver o jogo, o time do Ryan perdeu. E com o time do Ryan perdendo, veio a briga com a Tessa, onde ele a acusou de sempre fazer as pessoas pensarem e querer mudar todo mundo. Acho que de certa forma ele até tem razão. Pode não ser certo transformar as namoradas em escravas, mas Tessa sempre quer mudar todo mundo ao invés de aceitar as pessoas como são. Foi preciso ela passar correndo e rasgar uma faixa pra poder entender a importância daquela tradição em Chatswin e ficar feliz com seu novo namorado. Se tivéssemos mais cenas bonitinhas assim entre os dois, o Team Ressa iria agradecer.

Agora, pra vocês que estão pensando em dar uma festa e precisam de um som maneiro, tem uma nova banda na cidade, composta apenas pelos pais mais descolados de Chatswin. Conheçam agora os... Não, pera, qual o nome da banda mesmo? Porque George, Noah e Fred não conseguiram chegar num acordo. Mas tudo bem, isso não importa muito, porque antes mesmo de fazer seu primeiro show a formação da banda já sofreu severas mudanças. Agora no lugar de Noah e Fred, temos dois who’s. E como vocalista temos Sheila Shay, a mamãe mais desguiada que essa cidade já viu, hahaha!

E tem como não amar os quase adultos de Suburgatory formando uma banda de rock? Esse foi um dos melhores plots que eles já ganharam, e um dos poucos que ficou no mesmo nível das loucuras que a Tessa precisa encarar toda semana. Pode até ser que o sonho de ser uma privada um astro do rock continue semana que vem, já que isso terminou em aberto. Mas de qualquer forma, eu queria vê-los performando a musica Chinese Chicken que o Fred tanto idolatra. Poderiam até lançar um video clipe como a Dalia pra concorrer ao Chatswin Music Awards e desbancar o One Direction no Itunes. Porque tentar a sorte no The Voice, ta difícil, hein Sheila Shay. Sua sorte é que você sempre vai ser bem sucedida como mãe sociopata, hahaha! É por isso que eu AMO MUITO TUDO ISSO! 

PS: Não achei necessário termos mais um drama de casal entre a Dallas e o George, mas tudo bem, quem sabe mais pra frente isso ainda possa render. 

PS2: Sinto falta do Malik, e do casal Malisa. Apenas shippando seu retorno.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Abandonei Suburgatory. Não aguentava mais ver um episódio mais sem graça que o outro.

    Claro que isso é só minha opinião, mas...

    ResponderExcluir