quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

[Crítica] Once Upon A Time - 2x11: The Outsider


Não é preciso ser grande para ser um herói. É preciso ter a grandeza dentro si.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Vocês sabem que eu adoro quando a história traz o foco para a minha vilã favorita de todos os tempos, Regina, e que, os episódios que menos me agradam, têm outros personagens como protagonistas. Porém, é inegável que a storyline do Rumpels (e a Bella, mas não necessariamente com ela) também me agrada bastante. Chega até ser irônico, já que os personagens mais interessantes são justamente os vilões. Fico me perguntando se vamos começar a gostar da Cora também, já que não vai demorar para o passado dela ser exposto. E, como a série já nos mostrou: Evil isn't born, it's made. O que será que aconteceu com ela para se tornar a Queen of Hearts? Independente da resposta, esta não é uma pergunta para essa semana.

Estava esperando muito este episódio, pois finalmente iríamos testemunhar o épico confronto entre o Gancho e o seu Crocodilo, Rumpels. Porém, o que eu considerava um episódio centrado no Mr. Gold, acabou me surpreendendo ao colocar todo o foco na Bela. Gosto muito desse improvável casal e tenho certeza que os fãs da série são a favor, mas não esperava que tivéssemos mais histórias interessantes sobre ela. Digo, no passado. Sabemos que ela foi capturada pela Malvadona, mas nunca vimos isso acontecer realmente. E como estamos em uma série que tudo pode acontecer, ela não poderia ser presa sem uma grande aventura antes.

E, claro, os eventos do passado estão diretamente ligados com o futuro. Nesses dois momentos do tempo, nossa querida e frágil Bela tenta provar aos outros que não é tão princesa quieta quanto todos pensavam. Sinceramente, nunca a vi como uma guerreira. E, ao contrário da Aurora, isso nunca foi um problema para mim. Bela não enfrenta feras e arranca o coração delas, ela simplesmente as conquista com o seu jeito, então me surpreendi quando ela ficou determinada a matar uma. Porém, acho que todos perceberam que essa caçada foi uma espécie de "treino" para enfrentar a fera que ela realmente deseja, Rumpels.

No final do episódio isso fica ainda mais claro. E o melhor é que o enredo não quebrou a construção de sua personagem. Ela não se tornou uma assassina, mas acabou conquistando outra besta. Sendo assim, Bela poupa a vida da fera e usa o seu pó mágico para fazer a diferença, libertando o príncipe da Aurora. Teria mais sentido se o príncipe caísse de amores pela Bella, que o salvou, e não pela Mulan. Mas não vimos esse pedaço da história ainda, não é verdade? Mulan foi deixada com o príncipe, machucada e frágil, enquanto Bela percebeu que já tinha as forças necessárias para um confronto com o seu amor. Mas a Malvadona não deixaria isso assim, não é mesmo? Então apareceu rapidamente no episódio, espalhando terror nos corações alheios.

Enquanto isso, no presente, o plot mais irrelevante é o povo revoltado, com medo que forasteiros possam pisar em Storybrooke. Por favor, existem milhões de coisas acontecendo e eles vão se preocupar com isso agora? E, para fechar o episódio de uma forma cretina e validar esse drama, um forasteiro realmente entra na cidade, deixando-nos com a cara na poeira. Mas o importante é o confronto que acontece antes disso. Bela se mostrou uma personagem forte e até conseguiu libertar o Grilo falante. Ela cometeu a burrice de deixar a arma bem longe dela, mas vamos perdoá-la, já que é principiante. O importante é que ela fez bem mais do que eu estava esperando.

Rumpels acabou salvando-a no final, mas ela reagiu bastante com o Gancho. E a Bela provou o seu ponto, mostrando que o Rumpels ainda tem algo de bom no seu coração. Porém, poupando a vida do pirata, ele acabou com a sua história de amor, uma vez que a Bela levou um tiro e atravessou os limites da cidade sem a poção, fazendo-a se esquecer de tudo. Esse desfecho foi muito chocante. Espero que o Rumpels consiga um jeito de fazê-la voltar a se lembrar. Se não houver jeito, será interessante vê-lo ganhar o coração dela mais uma vez. Se uma forma ou de outra, será bem divertido de acompanhar. E o Gancho? Será que morreu? Eu tenho a ligeira sensação que não.

PS. Finalmente descobriram que a Regina não é culpada. Mas onde está ela para sambar na cara do recalque desse povo? Apenas esperando um retorno épico.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário