sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

[Crítica] O Colecionador de Corpos 2


Direção: Marcus Dunstan
Ano: 2012
País: EUA
Duração: 82 minutos
Título Original: The Collection

Crítica:

Todo grande colecionador tem sua visão.

Uma coisa que deve ser reconhecida é que o primeiro filme nos faz querer ver mais. E o final aberto facilitou ainda mais para que uma sequência fosse desenvolvida. Uma curiosidade interessante, é que o título desta segunda parte não acrescenta um "2" no final, mas apresenta uma nova variação da palavra "Colecionador". No original, The Collector (O Colecionador) tratou de nos apresentar o vilão dos olhos brilhantes, e como o título da sequência aponta, The Collection (A Coleção), o foco seria colocado no uso das vítimas desse serial killer. É um detalhe criativo e achei muito interessante.

A história dessa sequência volta a acompanhar Arkin, o sobrevivente do filme anterior. Em sua primeira oportunidade, ele consegue escapar das garras do Colecionador. Porém, é obrigado retornar ao lugar com mercenários, na esperança de resgatar a filha de um magnata, Elena, que foi sequestrada pelo terrível serial killer. Agora, o grupo terá que sobreviver as diversas armadilhas e correr contra o tempo, já que Elena pode encontrar o seu destino final a qualquer momento. A morte aguarda em cada cômodo, assim como o Colecionar, que terá mais uma chance de acabar com as pontas soltas.

Esta segunda parte foi extremamente arriscada. Existem diversos exemplos de sequências que exageraram e acabaram transformando a franquia em um circo, porém, isso não acontece aqui. Não estou dizendo que não é chamativo, pois certamente é. Como já disse no primeiro parágrafo, o foco é completamente diferente. Só o original se passava em uma casa limitada, a ação (ou terror?) desta sequência se desenvolve em um grande complexo abandonado. O lugar é enorme e é a "casa" do serial vilão, então dá para entender que o local seja um verdadeiro matadouro.

Basicamente é neste aspecto que o roteiro chamou a minha atenção. Estando dentro da casa do assassino, os espectadores teriam a chance de assistir a algo realmente bizarro. Seria como estar dentro da mente dele, conhecendo seus motivos e suas "obras-primas". Confesso que eu fiquei muito satisfeito com o resultado final. Quando pensamos que não podemos mais nos surpreender, nosso queixo cai na cena seguinte. Parece que estamos dentro de um jogo de videogame, onde a casa é dividida por fases e os perigos vão aumentando conforme formos explorando os cômodos mais distantes. Temos diversas armadilhas, como já era de se esperar, e até alguns momentos que remetem as cenas icônicas do original, como a cena em que uma personagem tem que passar por um corredor repleto de armadilhas de urso.

É inegável que o nível desta sequência é bem maior. Não temos apenas um pequeno grupo de pessoas tentando sobreviver. Além do Arkin, da Elena e dos outros mercenários, diversos outros personagens são introduzidos em cena. Isso sem contar a cena inicial que deixará qualquer um sem fôlego. Vendo o trailer logo abaixo dá para ter um gosto do massacre que acontece logo nos primeiros minutos. A cena na boate já virou um clássico instantâneo na minha cabeça. Bem nojenta, cruel e divertida. Quem assistir, certamente irá começar a encarar para o teto das boates, só para conferir. Enfim, se é mortes violentas que vocês querem, devem correr para assistir a este filme.

Alguns podem reclamar que o vilão está por toda parte, em todos os momentos. Isso pode ser considerado uma falha, mas os roteiristas podem facilmente rebatar que o Colecionar estava em SUA casa. Ele obviamente conhece o lugar como mais ninguém, então não considero isso uma falha gritante. Os personagens também são muito mais interessantes do que os do primeiro filme. Destaque para a Elena, que se revelou uma personagem inteligente, além de linda. Outros personagens também se saíram bem, mas certamente ficam atrás dos dois protagonistas. Mais uma vez, o final fica aberto para um terceiro e (possível) último filme. Estarei aguardando ansiosamente desde já.

PS. A mitologia e as motivações do Colecionador continuam um mistério, mas todo o seu universo foi expandido nesta sequência, ficando a promessa de algo concreto para uma possível futura sequência.


Trailer Legendado:

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários: