quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

[Crítica] New Girl - 2x13: A Father's Love


Aquele em que o Dick Vigarista trocou o carro-foguete por um cavalo.

Review:
(Spoilers Abaixo)

E já que eu tive dobradinha de New Girl, nada como trazer essa dobrada pro blog também, afinal, não tem nada como Ricardo em dose dupla, não é? Pena que não posso dizer o mesmo da nossa amada (?) e aclamada série, mais uma vez a série nos apresentou um episódio morno que apela pra cenas ridículas e pro non sense pra nos fazer rir, e isso, me fez sentir saudade do absinto do episódio passado. Mas bom, enquanto o EA não termina pra mim empurrar essa série pra um dos novatos, vamos falar mal, né? Sim? Não? Oi? Alguém? Ainda tem gente pra acompanhar comigo?


Essa semana mais uma vez Schimidt salvou o episódio e dessa vez ele teve companhia de Robby pra fazê-lo. Parece que o velho Schimidt está de volta, pausa para agradecer aos Deuses - eu particularmente agradeço aos gregos, mas cada qual com sua crença. Achei as cenas deles as mais divertidas e adoraria que o episódio tivesse sido só sobre isso. 

Torço demais pra Cece e Schimidt, e se isso incluir o Robby, não tem problema. Pela primeira vez simpatizei com o personagem, é incrível como os roteiristas de New Girl parecem ter medos de "regularizarem" os personagens recorrentes. Paul, Sam, Angie, aquela chefe do Schimidt, aquela advogada que namorou o Nick e agora o Robby, todos tinham potencial pra serem regulares na série, mas nunca promovem os coitadinhos. 

Já o plot familiar dessa vez não me agradou tanto quanto da outra vez, o pai do Nick é um tanto quanto chato e sem graça, e claro que isso não podia contribuir com a trama de Nick e Jess. Apesar de achar bacana os dois juntos, sinto que eles só funcionam quando têm coadjuvantes bons pra servir de base  pra eles, e nesse episódio eles não tiveram isso. 

E Winston...bom, ele...Winston who? Gente, alguém lembra o que o personagem fez? Porque eu esqueci totalmente, é como se ele nem tivesse estado lá. Não entendo como o personagem pode ser tão inútil em uns episódios e tão bacanas em outros. 

Bom, a série continua pecando nas mesmas coisas e isso me tira a paciência, porque num surto de confiança cancelei Go On e optei por ficar com New Girl. Apenas esperando a série progredir e voltar a qualidade antiga, assim não me arrependeria. Até porque pra cancelar a série e trazer Go On de volta, não vai me custar muito.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Cancela agora não, que os dois episodios depois desses foram bons, na verdade, o 15 foi bem mais que bom...(:

    ResponderExcluir