quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

[Crítica] Nashville - 1x09: Be Careful of the Stones You Throw


Mude de ideia e veja que Nashville só tende a MELHORAR!

Review:
(Spoilers Abaixo)

Depois de um sete e um oito chatinho e repetitivo, o nono veio provar que Nashville ainda tem chance. E esse foi um dos melhores, se não o melhor episódio até agora. Temos uma temporada inteira ainda pra conferir mas esse nove vai ficar guardado na memória.

Vamos ao episódio.

Rayna e Juliette vão mesmo começar uma tour juntas. E elas já começam a se dar bem, mas ainda essa amizade tem muita coisa pra crescer e criar. Por enquanto Rayna foi sincera: "Você precisa de mim, eu preciso de você, vamos fazer dar certo!" E pela primeira vez vi Juliette ser sensata e "bacana" e não, insuportavél e songa monga. Com isso, a música das duas tá estourada no país e a tour só vem a calhar muito dinheiro e sucesso.

Do outro lado do jogo, Deacon esta famosíssimo e infeliz. Pra variar né. Ele ficou mega surpreso de saber que suas duas ex vão se juntar numa turnê e a primeira coisa que ficou preocupado é saber se elas tem um bom guitarrista. Deacon esta vivendo o "sonho" americano. Fama, mulheres ou mulher porque já tem uma jornalista paixonite antiga que fisgou o moço de novo, dinheiro, capas de revistas mas claro, nada disso o preenche. E foi esse exatamente o tema do episódio, a falta de ~alguma coisa~.

Rayna de primeiro momento ia levar as meninas junto na tour, com certeza pra castigar o Teddy que vamos e venhamos, esta se saindo um super motherfucker. Pra finalizar a raiva da nossa protagonista com glamour, seu pai, sempre o maldito pai, foi lá e disse a Rayna que se ela fizesse isso ou cogitasse um divórcio pra mídia ele contaria a todos que a primeira filha não é do Teddy. Rayna ficou doida e fula da vida. Com toda razão do mundo. Foi lá e colocou Teddy na parada, e Teddy claro defendeu a sua família com unhas e dentes e decretou quase um tiro na do maldito pai dela. Que por sinal não lembro o nome agora, mas vocês sabem quem é o cidadão.

Com tudo isso, Rayna deixou essa ideia pra trás. Mudou. Conversou francamente com o Teddy e os dois colocaram os pingos nos is. Ela resolveu deixar as meninas com ele e os dois então fazerem como antigamente, para as filhas não sofrerem com toda essa euforia e doidera. Avery também viu que agora sim a vida dele vai ter um vazio ENORME. Primeiro dormiu com a empresária, agora resolveu abandonar a antiga banda pra ser artista solo. Literalmente vendeu a alma ao produtor. Nessa o diabo se escapou de levar a culpa. Scar linda ficou chocada com a audácia e ganância do ex, depois mesmo de ter tido um revival, viu que não era pra sempre e foi lá dar uma canja na banda do ex. Nota dez pra ela. Avery viu pelo Utube e claro, o vazio de vez mexeu com ele. E ele que se prepare porque não vai ficar nessa não. Gunar e Scar tiveram uma discussãozinha mas não foi nada. A música final do episódio foi pra matar a pau. Mexeu até comigo.

E quem mexeu com os sentimentos da bitch da série foi a mãe de Juliette. Ela afrontou e mostrou pra guriazinha que falta alguma coisa nela e não é um casamento. A surpresa do episódio (pra mim pelo menos que não vejo propagandas do próximo episódio, nem sneak peeks) foi o casamento relâmpago da doida. Ela não esta apaixonada pelo cara, ela quer suprir aquela carência e infelicidade que sente por guardar as mágoas dos erros da mãe. E isso foi a própria mãe que mostrou pra ela. De cara, a sogra não a suporta. E os sogros resolveram planejar um rápido casamento por serem cristãos e todo aquele blá blá blá. Mas a doida mudou de ideia e não foi pro casamento. Foi direto pra nova tour. HAHAHHAHAHAHAHAH. Um beijo na boca do roteirista.

Episódio leve, gostoso de assistir e deixou uma pitada de quero mais sim, pra mim pelo menos.

Boa semana pra nós,

bêj.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário