domingo, 27 de janeiro de 2013

[Crítica] I Hate My Teenage Daughter - 1x08: Teenage Girlfriends


Mulheres unidas!

Review:
(Spoilers Abaixo)

Alô alô! Vocês lembram dessa série? Alô alô, graças a Deus! Bem, para aqueles que precisam ter a mente refrescada, I Hate My Teenage Daughter foi cancelada pela Fox na Fall passada e só agora está tendo seus episódios inéditos exibidos. Então eu decidi tirá-la do limbo e críticá-la até a sua Series Finale. É claro que ela não sairá da sessão de séries canceladas, mas as críticas irão aparecer até o seu final e os novos episódios serão adicionados na sua devida lista. Agora vamos falar do episódio em si, porque temos mães desesperadas e o ódio crescendo cada vez mais.

Na trama desta semana, Sophie e Mackenzie fizeram as cultas e estudiosas. Porém, como elas são apenas adolescentes odiosas e a Mackenzie ter poucas conexões de neurônios, essa não seria uma jornada muito fácil. Talvez até mais difícil que a inesperada jornada dos Hobbits no novo filme do Peter Jackson. Enfim, a questão é que as meninas quase não apareceram ou tiveram contato com suas desesperadas mães. E, uma vez que elas estão separadas do resto do mundo, não têm motivos para grandes aparições, tendo o episódio se resumido a algns minutos decicados a elas e nada mais.

A grande pegada da semana foi a Annie e Nikki se humilhando com a diretora da escola das garotas em troca de uma carta de recomendação. E o pior, a tal diretora estudou com as duas nos tempos de colégio, para piorar ainda mais a dinâmica entre elas. E a série vem mostrando que a Nikki não era nada popular na época, sempre taxada de gorda. E o enredo tratou de atingi-la em seu ponto mais baixo outra vez. Foi muito engraçado ver a interação entre elas três, ainda mais quando o jogo virou, e a excluída passou a ser a Annie, que definitivamente não estava acostumada com aquilo.

E todo esse papo de mulher unida pelo divórcio foi realmente construtiva para elas, já que com apenas uma noite, elas conseguiram o que queriam. Porém, a Annie acabou se mordendo de ciúmes de sua melhor amiga tendo os seus encontros com a diretora quenga. Mas uma coisa que ninguém estava contando é que a diretora iria dar encima do Gary, quebrando completamente o código das amigas. Aliás, isso realmente existe? Você, mulher, iria dar na cara de outra porque ela estaria flertando com o seu ex? Realmente algo para se pensar. E o mais engraçado é que o Gary simplesmente não conseguia entender que estava sendo alvo de um flerte e indiretas completamente... diretas.

Ainda tivemos o plot bobo do Jack, tendo suas assistentes assediadas pelo irmão, Matt. Começou de um jeito qualquer e aleatório, mas logo abriu caminho para algo mais importante, como a queda do Jack pela Annie. E ele quase a chamou para sair. Mas, para deixá-lo com a cara na poeira (e a nós também, é claro), Matt acabou se desculpando na última hora, justamente quando o Jack chamaria a Annie para sair com ele. Será que eles terão alguma coisa até o final da série? Vamos torcer que sim. E se depender do Gary, nenhum segredo está seguro o suficiente.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário