domingo, 27 de janeiro de 2013

[Crítica] Hart of Dixie - 2x11: Old Alabama


Conselhos para um relacionamento duradouro. Você está fazendo errado.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Bem, sabemos que a série está lutando pela sua audiência e a disputa contra Beauty and the Beast parece se complicar ainda mais. Depois de ter ganhado um prêmio e recuperado um pouco mais de audiência, Beauty and the Beast está ligeiramente na frente. Porém, estamos apenas na metade da temporada e muita coisa está para acontecer. Mas, para consolar as almas condenadas, o dono da CW disse que nenhuma de suas séries veteranas ficará sem a sua devida conclusão. Ou seja, Hart of Dixie não será ceifada sem um final digno - Assim como Nikita e 90210.

Agora focando no episódio desta semana, o foco foi na ação que tomamos para ter um relacionamento longe e duradouro. Tivemos personagens pedindo conselhos de fontes não muito confiáveis e outros seguindo os passos de um diário escrito há séculos. Então vocês podem perceber que nenhum desses desenvolvimentos foi muito satisfatório. E, infelizmente, Zade estava no meio. Claro que eles estavam. Wade e Zoe representam o mais novo casal da série. Eu sei que eles estão juntos a muito tempo, mas, oficialmente, não. Então podemos imaginar que a Zoe deve sofrer uma pressão por parte da cidade, que ficou boquiaberta ao ver que o Wade foi capaz de assumir um compromisso.

Por isso a Zoe tomou medidas extremas para fazer com o que seu relacionamento desse certo. E isso inclui os passos de um diário, que a incentiva a ignorar todos os seus problemas e apenas sorrir diante de seu macho alfa. A história toda é bem idiota, e não é possível que uma doutora de Nova York não tenha visto que o conceito é completamente ultrapassado, porém, Hart of Dixie tende a insultar nossa inteligência para construir uns plots semanais inusitados. Esse, especialmente, eu não curti. A parte mais legal de termos algo entre a Zoe e o Wade, é que eles brigam todos os momentos e acabam se acertando de uma forma estranha e fofa. E isso foi um fato que demorou a acontecer aqui.

Foi bem chatinho assistir a Zoe se transformar em uma - choquem-se - Lemon. E não foi apenas eu que pensei isso. Wade até achou isso favorável ao seu relacionamento, mas não aconteceu a ficar sem tempero no relacionamento por muito tempo. E olha que as idiotices que ele fez no começo me fizeram ficar com raiva, então imaginem a posição da Zoe? Mas ela fortemente aguentou até o final. E, para montar aquela cena que todos adoramos presenciar, ela se libertou na frente de toda a cidade, durante o seu discurso. E não posso negar que é sempre ótimo assistir uma DR tão pública desse jeito.

Outro casal que é muito bem-vindo, fica por conta do Brick e a sua cocota. Foi um segundo, eu pensei que o preconceito do George deixaria tudo a perder e realmente fiquei de coração partido no final. Não queria que o Brick acabasse com o seu casinho. Essa é a sua primeira relação que pode dar certo na série. O seu término anterior foi muito repentino, e até agora é um mistério. Porém, essa nova personagem é jovem e tem o gás necessário para transformar o Brick em um personagem ainda mais interessante, com direito a muitas loucuras e sexo por todos os pontos da cidade. Mas vamos deixar essa parte em off, por favor.

E, mais uma vez, a parte mais irritante do episódio fica por conta do Lavon. Apesar da Ruby ter metido o pé, completamente bandida e sem razões, ela continua causando furacões pela sua breve presença. Espero que essa mulher não volte, porque o Lavon está ficando bastante chato. E a Lemon, que é a verdadeira vadia da série, tem que ficar sofrendo de amor e sendo incompreendida. Não entendi porque ela não falou o que sente para ele. E, sinceramente, nunca fui a favor do amor entre eles dois. Espero que não fiquem juntos mesmo e que ela consiga algo melhor. Haters gonna hate!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário