sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

[Crítica] New Girl - 2x11: Santa (Fall Finale)

Se a cor do Natal é o vermelho, "Black Is The New Red".

Review:
(Spoilers Abaixo)

E agora? Como tirar essa série da grade do blog agora que está ficando boa? Uma das melhores sequências de episódios da série, contando com os da primeira temporada. Chega ser difícil acreditar que esses são os mesmos roteiristas que começaram essa temporada, não venham me dizer que os 6 primeiros episódios da temporada foram perfeitos, porque não foram. Mas de repente a série deu um salto de qualidade, do nada os roteiristas se deram conta que estavam cagando com a série, ainda bem que eles se tocaram e estão nos apresentando a melhor sequência de New Girl desde a sua estreia.

Como não podia ser diferente, essa semana o episódio da série foi voltado para o Natal e mais uma vez, das comédias que assisto, New Girl foi a melhor que se saiu com seus especial de natal. E principalmente por que os roteiristas não se esqueceram que a série é uma comédia, aliás, acho que eles são um dos poucos que nunca dramatizaram a trama demais. Por mais que ás vezes, o humor não funcione, a série nunca se intitulou uma dramédia que em certo ponto se torna puro drama. E isso é um dos pontos positivos da série.

Além do mais, nunca vi o elenco da série tão entrosado quanto nesse episódio. Se fosse um vídeo de amigos sem noção que tivesse caído na internet, eu acreditaria que aquilo realmente aconteceu. A sincronização deles junto com a trama sem noção, pareceu se encaixar perfeitamente. E como senão bastasse ainda temos três plots sendo trabalhados, isso entre a loucura de ficar pulando de festa em festa (só eu fiquei com vontade de fazer isso um dia?).



E nada contra os quatro protagonistas, mas pra mim, já podemos aumentar essa lista e colocar a nova namorada de Nick como regular, ela super encaixou no grupo e só colaborou pra série, engraçado como só depois que ela entrou, percebi que faltava alguém com a personalidade dela pra série. Sem falar que a Olivia Munn é sempre ótima, né? Todas as situações que a personagem criou foram hilárias.

E o que dizer de Cece e Schimidt? Os dois são tão baby talk juntos, foi bacana ver ela tentando consertar o fora que deu nele e querendo ser "apenas amiga" dele, claro, que no começo Schimidt foi uma rocha, mas não é que ele cedeu? Acho que quando dizem que água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. Como eu já disse, os dois funcionam melhor juntos, que separados. Então deixem eles perto um do outro, pra ao menos termos aquele clima de amor retraído e alfinetadas.

Até Winston deu o que falar nesse episódio, teve um destaque maior que na primeira temporada inteira, nos fez rir, nos emocionou com a sua voz, nos fez ansiar pela sua surdez causada por alguma coisa que tacaram no ouvido dele e ainda virou amante da Jess. Pela primeira vez posso dizer que ele realmente foi útil pro episódio com uma trama dele próprio. Até então ele era aquele personagem sempre deixado pra escanteio, ou então, quando tinha tramas próprias eram sempre desconexas e chatas.

Sabem o que acho engraçado? Como o plot da Jess é sempre o que acho menos importante na hora de escrever a review, podem perceber que sempre deixo pra comentar a trama dela no final. Acho isso prova como os outros personagens tem roubado a cena e deixando a linda da Zooey apagadinha. Ela ainda é ótima, a personagem também, mas simplesmente não supera os outros personagens quando eles estão no seu melhor, como foi o caso desse episódio.

Dessa vez, tivemos a volta de Sam, que queria voltar pra Jess porque percebeu que ninguém dispensa Zooey Deschanel no auge da sua sanidade. Tal como Schimidt, ela se fez de durona no começo, mas acabou cedendo. Acho o personagem do Sam bacana também, não faria objeções caso ele se tornasse um regular, eu já disse que elenco pequeno se desgasta fácil. E as melhores comédias sobre amizade sempre são com seis pessoas, Happy Endings e Friends, estão aí e não me deixam mentir. Mas tenho que admitir que as cenas da Jess foram hilárias, ela batendo nos vidros querendo fugir foi hilário. Agora a série, tal como todas as outras, volta em Janeiro. Aguardemos pra ver se na sua volta, Jess e companhia vão conseguir se superar.

P.S
E aquele momento "vamos aproveitar que a protagonista é cantora" no final do episódio?

Um Feliz Natal e Um Excelente 2013 (até porque se o mundo não acabou até agora, não acaba mais hoje)!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. cade a critica de vampire diaries?

    ResponderExcluir
  2. Ric AMEIII a critica e com certeza New Girl ta se saindo mto bem. Cara rir mto com tudo nesse episódio, Wilson surdo, Nick dançando kkkkkkkkkk oq foi aquilo?! Jess batendo nos Vidros, o pior é q aquilo é uma grande realidade kkkkkkk Cece e Schimidt são perfeitos 'juntos' mesmo sem estarem juntos. Ate os novos Contratados q espero q se tornem regulares estão em sintonia com o resto do grupo.

    Tambem fiquei com mta vontade de ficar pulando de festa em festa kkkkkk

    ResponderExcluir