quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

[Crítica] Dexter - 7x11: Do You See What I See?

Feliz Navidad para todos.

Review:
(Spoilers Abaixo)

É difícil encontrar uma palavra que descreva o quanto eu estou satisfeito com essa série. Depois do declínio inesperado da semana passada, achei que a reta final dessa temporada estaria comprometida, mas felizmente eu estava enganado. Essa semana Dexter renasceu das cinzas e nos apresentou outro episódio de tirar o fôlego, com uma dinâmica incrível e condizente à sua grandeza. Se vocês virem o que eu vejo, com certeza não vão discordar.

Então, vamos começar falando do caso Hannah? Foi o plot mais importante do episódio e teve um desfecho trágico, que ainda deixou várias duvidas no ar. Ela continuou sua disputa contra Deb e tentou inutilmente ser aceita pela irmã do seu namorado, mas não teve jeito. Deb estava disposta a usar a testemunha chave de um dos seus crimes – entregada pelo pai dela ainda no episódio passado – antes que Hannah pudesse fazer alguma coisa. O único problema é que a Poison Ivy sempre tem uma carta na manga... Ou não? Essa é a duvida que não quer calar.

Quando Deb sofreu o acidente de carro, achei que Hannah realmente estava envolvida e que mais tarde tudo faria sentido, mas acabou ficando conveniente demais culpá-la. Todas as evidências apontavam pra ela, e de uma maneira tão escancarada que só podia ser armação. Além disso, Hannah deixou claro que nunca havia cometido um erro. Se quisesse Deb morta, ela já estaria. Então a única conclusão que eu consegui chegar foi que Deb armou tudo pra parecer que Hannah era culpada, pois era o único jeito de fazer Dexter ajudá-la a colocar sua namorada atrás das grades.

Plano este que deu muito certo, por sinal. Na ultima cena do episódio vimos Dexter dando um beijo de despedida na garota e ela sendo levada pela polícia, logo depois de receber um olhar tenebroso da Deb. Foi nesse momento que bolei minha teoria. Dexter nunca se atreveria a nos apresentar um roteiro tão previsível como esse sem nenhum propósito, ainda mais se tratando de uma coisa que todo mundo sabia que iria acontecer desde a primeira aparição da Hannah. Porque se você não esperava que a investigação do acidente da Deb terminaria com ela sendo a culpada, realmente precisa assistir mais séries de TV.
Enquanto isso, do outro lado da trama, a investigação de LaGuerta sobre o Bay Harbor Bucher finalmente começava a tomar rumos sólidos. Ela e o policial-que-não-sei-o-nome passaram o episódio inteiro seguindo pistas falsas implantadas pelo Dexter, desde um barco inexistente do Doakes até impressões digitais nos materiais do Bay Harbor Bucher, mas LaGuerta já tinha outro plano em mente pra provar que Dexter era culpado. Pra isso ela ordenou que soltassem o mandante do assassinato de Laura Moser, o único dos três criminosos que ainda não tinha sido embrulhado em plástico pra presente.

Essa foi outra trama previsível do episódio, mas gostei bastante da maneira que ela se desenvolveu. Todos sabiam que o assassino da mãe do Dex não tinha saído da cadeia por coincidência, né? E todos sabiam que Dexter só descobriria isso no final, podendo ou não ser tarde demais. Isso ficou claro ainda no começo do episódio, então o que fez a diferença foi o desfecho.  Dexter acabou deixando sua vítima escapar, enquanto LaGuerta deu de cara com uma sala toda revestida a plástico, da maneira que o Bay Harbor Bucher fazia.

E se meu cérebro de lagarto não está enganado, isso só pode significar uma coisa: Teremos uma season finale catastrófica, que muito provavelmente será a ultima de alguns personagens. Tudo indica que a próxima a dar um beijo no fundo do oceano é a LaGuerta, mas tenho a leve impressão que muitas surpresas estão guardadas pra esse fim de temporada. Então, façam suas apostas. 

PS: Por que ainda insistem nos plots do Quinn e do Batista? Tenho certeza que ninguém quer saber sobre a stripper desaparecida e o policial aposentado dono de um restaurante duas estrelas. 

Promo 7x12 "Surprise, Motherfucker! (Season Finale)" Legendado
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
4 Comentários

Comentário(s)

4 comentários:

  1. vanessa vasconcelos reznor13 de dezembro de 2012 21:42

    agora fiquei confusa,foi a Hanna ou foi a Debra? sei que vc vai me achar idiota por perguntar isso,mas agora fiquei louca da cabeça.

    ResponderExcluir
  2. Vanessa, relaxa, também fiquei meio confuso KKKK
    Não dá pra ter certeza, mas creio que foi uma armação da Deb pra Hannah parecer culpada. É apenas minha teoria, que compartilhei com vocês.

    ResponderExcluir
  3. vanessa vasconcelos reznor14 de dezembro de 2012 15:01

    tá massa,ás vezes sou meio leza pra entender as coisa,eu não bato muito bem hahaha.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir