sábado, 29 de dezembro de 2012

[Crítica] Arrow - 1x08: Vendetta


A vingança é muito mais deliciosa.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Para aqueles que não sabem, estou em uma maratona frenética para conseguir me acertar com as críticas das minhas séries pendentes. Não quero falhar com esta cidade este blog, então estou correndo contra o tempo para que vocês ainda possam ler as críticas este ano. E a segunda série escolhida para o seu acerto de contas foi Arrow, que já pode ser considerada uma das melhores estreias desta Fall Season de 2012. Apesar de não ser perfeita - tem algumas coisas que me desagradam - simpatizo demais com ela. Então vamos logo com esta crítica porque virá outra na sequência, as duas últimas do ano.

Continuando a proposta do episódio passado, neste ainda temos a Helena e a sua duvida cruel sobre a diferença entre justiça e vingança. Todo mundo sabe que eu adoro uma boa vingança. A própria série Revenge está aí para mostrar para o povo que é com uma boa vingança que a trama pega fogo, porém, os personagens de Arrow não acham isso. Vingança aqui é uma coisa que não deve ser praticada e pode ser confundida com a justiça, mas são coisas completamente diferentes. Não estou discordando, mas eu não resisto a uma boa vingança, então detesto esse caminho certinho que o roteiro leva sempre os protagonistas. Prefiro o arqueiro louco, sem consciência e matando horrores com suas flechas. Parece que quase não teremos mais isso.

E a culpa por este grande retrocesso é do Diggle. Eu venho gostando cada vez menos do personagem. No começo era divertido assistindo-o conseguir ficar a altura das escapadas do Oliver, mas desde que ele descobriu, virou uma mala sem alça. Além de pouco fazer nos episódios, só fica agindo como a consciência perdida do Oliver. Acho isso muito irritante, porque quando o protagonista está prestes a fazer algo empolgante, a sua consciência viva avisa que está errado. E o pior disso tudo é que no final a consciência sempre tem razão. Então se você está gostando do que está vendo e ela avisa que vai dar merda... Esqueça dessa trama, porque definitivamente vai dar merda. E foi isso que aconteceu nesse episódio.

E como foi avisado pela consciência falante que o relacionamento entre o Oliver e a Helena não iria dar certo, acabou não dando. Ela pediu para não ser magoada e ele... não fez nada, mas ela realmente achou que ele a magoou. Achei que poderia ter sido mais trabalhado este momento revolta. Até porque, Oliver tinha contado a relação dela com a Laurel e só depois que a Helena foi dar escândalo. Tudo para ela passar para o lado negro da força. Sinceramente, achei que a Helena divou demais no episódio, mas certamente é muito mais interessante quando está sendo má. Meu momento preferido é quando ela vai matar um oriental e ele diz algo que ela não entende. "Vou presumir que você se despediu", e bala na testa dele. Diva da vingança? Creio que sim.

Ela não morreu, ainda bem. Gosto da personagem, mas não para ser uma boazinha, ajudante do Oliver. Ela merece ser uma daquelas vilãs que nós adoramos odiar. E a Helena tem muito mais impacto e carisma do que a Lady Gaga guerreira, que apareceu em alguns episódios, mas ainda não recebeu uma identidade definida. Ela apenas entra em cena para lutar e acabar com todo mundo, vamos ver se os roteiristas dão mais espaço para ela, o que eu acho difícil, considerando que já tem muita bitch nessa série. E o mais trágico foi a Helena levando um tiro do próprio pai. Pensei que ela ia morrer. O pai dela realmente merecia ser torturada e participar dos Jogos Mortais, mas foi preso, apenas.

Por fim, fecho a crítica dizendo que precisamos de mais Oliver e Laurel. Eu sei que o foco esteve na Helena nesses dois últimos episódios, mas agora que ela fugiu toda bandida, é bom que a série volte a focar no casal principal. Não gosto dela com o melhor amigo dele, por mais que eu tente. Vamos ver o que o último episódio do ano nos aguarda. Espero muitas emoções e reviravoltas, como sempre. PS. Thea não apareceu neste episódio. Não me fez falta, espero que não apareça no próximo. E eu sei que vocês gostam dela. Estou tentando, mas ver que ela consegue subir no meu conceito até o final da temporada.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. gostei do espisódio.. gostei da Helena e curti o rápido relacionamento dela com Oliver, mas o caminho que ela tomou foi coerente com a personagem.. Diggle é irritante as vezes, mas acho q ele cumpri o papel dele que é direcionar a vingança de Oliver para que ele não seja um simples justiceiro, mas para que ele seja um herói realmente, o q o difere de Helena. Espero que tenhamos uma aproximação de Laurel e Oliver, pq nao suporto ela com aquele outro lá q eu nao lembro o nome..

    ResponderExcluir