sexta-feira, 2 de novembro de 2012

[Crítica] The Walking Dead - 3x03: Walk With Me


Os piores monstros são aqueles que não se mostram perigosos.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Mais um episódio sensacional de The Walking Dead. É impressionante como esta série vem me surpreendendo a cada semana. Toda vez que termino de assistir, fico esperando que o próximo episódio volte a apresentar aqueles dramas absurdos e um ritmo completamente lento, mas isso não está acontecendo. A série vem nos apresentando um bom desenvolvimento, trabalhando bem em seus personagens e nos apresentando novos e antigos rostos de uma maneira bem competente. E ainda que este episódio não seja tão movimentado ou sangrento quanto os anteriores, não deixa de ser ótimo.

Enquanto no segundo episódio não vimos a Andrea e a Michonne, com a série se focando totalmente no grupo na prisão, esta semana, só acompanhamos o desenvolvimento das duas, sem qualquer aparição do outro grupo. Confesso que estou gostando bastante da forma como a série está se dividindo. É inteligente, porque ela decide explorar um território a cada semana, ao invés de avançar pouco com as duas partes ao mesmo tempo. É claro que isso não vai acontecer até o final, até porque, o quarto episódio mostrará a ação nos dois núcleos, mas é notável que o roteiro tenha escolhido essa separação em alguns episódios (algo semelhante aconteceu em um dos episódios finais da segunda temporada de Game of Thrones, focando apenas a guerra).

Outra coisa que deve ser reconhecida é a presença marcante da Michonne. Apesar dela não trocar mais do que 10 palavras nesta semana, a personagem consegue chamar atenção nas cenas, com a sua expressão de ódio bruto e olhar desconfiado. Andrea ficou representando a função comunicativa da dupla. Sempre curiosa, ela teve alguns momentos com o Governador e andou pela cidade-"esperança", buscando alguma coisa que justifique o comportamento duvidoso da Michonne. É claro que ela não encontraria nada, afinal, terá que cavar muito mais fundo para achar o sangue e os corpos por trás desta sociedade "perfeita".

A introdução do Governador foi ótima. Foi inteligente não mostrá-lo pelo que é logo de cara, dando a chance do espectador que ainda não o conhece da outra mídia pensar que ele pode ser mesmo uma fonte de esperanças. Apesar de eu achar isso um pouco difícil, porque por mais que ele se mostrasse bondoso e gentil, havia algo que me incomodava profundamente nele. Algo não parecia certo e a Michonne conseguiu ver isso. Então eu apenas continuei assistindo, aflito pelo momento em que ele mostraria sua verdadeira face. E a constatação de sua maldade só veio mesmo no final, onde ele acaba com diversos militares e toma as suas armas. Governador promete ser um dos melhores vilões dos últimos tempos.

O diálogo final dele com a Andrea, onde ela diz que nunca se pode dizer "nunca", foi tenso, de certa forma. Foi a primeira ameaça dele, indireta, é claro, mas ainda conta. Tendo em vista os sobreviventes que o Governador ajudou, dá para supor que ele matou os militares porque eles representam um perigo ao seu "governo". E o final do episódio foi ainda mais bombante, com o Governador sentando em uma sala escura e contemplando o seu macabro aquário. Vocês perceberam a última aquisição dele? A cabeça do piloto do helicóptero, que foi morto sem dó depois de ter entregado a posição dos seus amigos.

Andrea também revelou a posição do seu antigo grupo. Pelo menos a última posição que ela esteve com eles, a fazenda. Outro fato a se destacar, é a ressurgimento do Merle. Gostei muito da forma como ele voltou a série, não poderia ser de uma forma mais convincente e perfeita. Mas será que o Merle vai aturar se a vadia do Governador por muito tempo? Ele tem a tendência de ser... explosivo. Também fiquei chocado com a forma com a qual Michonne eliminou os seus zumbis companheiros. Cadê a compaixão, meu povo? Até eu estava gostando deles. Enfim, ótimo episódio. Esta temporada está arrebentando e espero que ainda nos surpreenda bastante.

PS. Eu esqueci de comentar na crítica passada que tinha alguém observando a Carol no matinho? Quem será? Será importante no próximo episódio.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
5 Comentários

Comentário(s)

5 comentários:

  1. Muito boa a review! Eu acabei de ver o episódio e tô bastante satisfeito. Parece q o governador só acolhe mulheres e pessoas sem a mão, né? Bora ver como o grupo do Rick sai dessa. Andrea e Michonne sendo estrupadas até o fim da temporada...

    ResponderExcluir
  2. Ótimo episódio, infelizmente eu tô só esperando começar aqueles dramas chatos, não duvido nada que tenha

    ResponderExcluir
  3. Por mais que eu ja conhecia o Governador a serie muda tanto em relação a HQ que ja tava achando que iriam deixar ele bonzinho.

    ResponderExcluir
  4. vanessa vasconcelos reznor3 de novembro de 2012 22:20

    estou adorando tudo,esse cara que faz o governador foi uma escolha ótima,muito bom,se ele está metendo medo agora ,imagine depois que se rebelar de verdade.ansiosa pelo próximo episódio :)

    ResponderExcluir
  5. Se prepara pra próxima review. haha

    ResponderExcluir