sábado, 3 de novembro de 2012

[Crítica] The Vampire Diaries - 4x04: The Five


Irônico mesmo, seria se esse episódio fosse o quinto.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Estava empolgado por este episódio. Já havia lido a sinopse de vários episódios que estavam por vir e este foi um dos que mais me chamaram atenção. Alguns dos episódios que eu mais gosto desta série, são aqueles que envolvem flashbacks. A maioria dos episódios que nos apresentou cenas passadas foi fantástico, este não é diferente. Agora o fato de termos que olhar para detalhes desconhecidos no passado para entendermos e sobrevivermos o futuro. Quem disse que não se vive de passado não deve ter sobrevivido para ver o seu erro. Bem, pelo menos se você é um vampiro com centenas de anos.

Temos muitas coisas a comentar esta semana, porque o episódio foi excelente. Para aqueles que estavam sentindo falta de Bonnie, podem ficar tranquilos porque ela retornou. Cortaram todo o drama dela sobre o que aconteceu com a sua avó. Não sei se devo agradecer ou falar mal da falta de caso com a personagem. Vamos apenas fazer um minuto de silêncio. Mesmo com a sua aparição, Bonnie não teve muito propósito na trama. Ela simplesmente serviu de empata para o Delena e conectou a trama com um professor da faculdade que eles visitaram, que parece ser um importante vilão desta temporada. Pelo menos ele se identificou claramente como o "chefe" do Connor. Não sei o que esperar. Ele é um dos cinco? Será?

Elena nos proporcionou momentos divertidos, mas no final acabou sendo aquela chata de sempre. Determinada a seguir o manual do Damon de "Como ser um vampiro", ela aceitou ir com ele para a faculdade em busca de sangue fresco. Depois de fraquejar em uma loira, Elena liberou geral em uma festa, fazendo várias vítimas e arrasando na curtição, ao lado do Damon. A graça acabou quando ela olhou para o lado e viu a Bonnie, com aquela cara de "Estou te julgando". Então a Elena foi obrigada a colocar aquela máscara de quenga inocente. "Aquela não é ela", "Ela não quer ser assim"... Mas antes de ser pega pela amiga estava adorando, né? Sem comentários para pessoas que tentam se enganar.

Quem brilhou mesmo no episódio foi a Rebekah. Sempre sofredora, ela teve que encarar o Klaus mais uma vez, já que ele precisava de uma informação que ela mantinha sobre um dos 5. É claro que ela não iria revelar nada ao irmão, então o Klaus teve que usar o Stefan para usar a Rebekah. Entenderam? Eu fiquei muito chateado e triste, porque a Rebekah não é uma pessoa ruim, ela só quer ser amada e ter amigos de verdade, mas todos só a usam e machucam. Esse episódio mesmo é um exemplo disso. Stefan se aproximou dela, fazendo-a abrir o seu coração para ele, enquanto o Estripador prometia um recomeço na amizade. Tudo o que ele queria ela a informação e ainda ajudou o Klaus a enfiar uma estaca em seu coração. Foi realmente louvável a forma como a Rebekah enfrentou o Klaus no final. Ele é mesmo um covarde.

E como se tudo isso não bastasse para a personagem, testemunhamos a sua trágica história de amor. Ela mantinha um relacionamento com um dos cinco. Apaixonada, ela revelou sua verdadeira identidade, sendo prometido que ela voltaria a ser humana. O caçador cretino não hesitou em enfiar uma estaca em seu coração. Por causa de Klaus, todos foram salvos, mas ela nunca perdoou a Rebekah por contar o segredo da família, fazendo com que todos quase fossem mortos. Foi o primeiro grande golpe da vida que a vampira levou. E AINDA MAIS TRISTE, foi quando ela revelou que enterrou o seu grande amor, mesmo depois de ter sido traída. Por favor, o meu coração está aos pedaços. Eu espero que ela volte o quanto antes e seja amada como merece.

Por fim, temos a promessa de uma "cura", onde os vampiros podem voltar a ser humanos. Stefan está ajudando Klaus para que a Elena volte a ser humana e é justamente com isso que o Klaus está contando, para que ele volte a fazer seus híbridos. Será uma verdadeira batalha, mas tenho certeza que muitas reviravoltas envolvendo esse plot estão por vir. Termino esta review de coração partido pela Rebekah, que é uma personagem que eu considero muito, apesar de ser uma bitch chata algumas vezes. Ah, não posso deixar de comentar que o Stefan sempre se mostra mais interessante quando está perto do Klaus. E agora eles têm esse assunto secreto que promete render. Por favor, mais estripação e menos recalque.

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
13 Comentários

Comentário(s)

13 comentários:

  1. Sinto muito, mas enquanto os originais continuarem dispostos a matar todo mundo do elenco, não dá pra gostar deles. Porque poxa gente, a Rebekah tentou matar a Elena, o Klaus fez da vida de todos um inferno e ainda tem gente que torce por Klaroline e Mabekah. Tenha a santa paciência! Se eles querem mesmo que os originais continuem na série como protagonistas, precisam encontrar um novo inimigo, e parar com essa de mostrar todos eles dispostos a matar todos os moradores de Mystic Falls pra conseguirem o que querem.
    Meu sonho é ver a Rebekah arrependida e junto do Matt, e quanto ao Klaus, tanto faz, não suporto o personagem e não vejo motivo algum pra ele continuar na série. Enfim, ótimo episódio, mas realmente, colocar Rebekah e Klaus como vampirinhos sofredores é apenas uma tentativa frustrada do povo querê-los na série, porque sinceramente, to preferindo sentir pena do Jeremy do que da garota que tentou matar a Elena e o Matt.

    ResponderExcluir
  2. Pena do Jeremy? Rebekah sofreu muito mais do que qualquer outro ali. Damon tentou matar metade da cidade e, de fato, matou. Mas ninguém lembra disso.
    Rebekah pode ter tentado matar alguns deles, mas é muito pior os outros que REALMENTE MATARAM. Vicky mandou oi!

    ResponderExcluir
  3. Ai anônimo, ATÉ QUE ENFIM encontrei alguém que pense o mesmo que eu. ODEIO os originais, todos eles, e acho que o único promissor é o Elijah. Que por ironia, é o menos aproveitado de todos eles.
    A Season 3 foi uma enrolação sem tamanho, com Klaus sempre conseguindo o que queria enquanto Rebekah infernizava a vida de todo mundo. E os fãs? Há, os fãs batendo palmas pra tudo isso, ficando emocionadinhos com as cenas deles e torcendo pros casais se formarem. Plmdds, Num dá! Klaus foi o culpado pela morte da Jenna e das maiores desgraças que aconteceram com os moradores de Mystic Falls, e a Rebekah também fez suas diabruras. Então simplesmente não dá pra torcer por eles. Nem sei o que deu na cabeça da Julie Plec pra colocá-los como protagonistas, por mim todos morreriam, já que cansei de esperar uma redenção.
    Não achei a cena da Rebekah emocionante, muito pelo contrário, me causou revolta, porque MAIS UMA VEZ PRA LISTA DAS MILHÕES Klaus estava conseguindo o que queria. Se continuar desse jeito até o final da temporada a série já perdeu completamente as forças. Mas pelo que eu pude ver, um novo inimigo está chegando, e acho que o lance da redenção pode mesmo acontecer.

    ResponderExcluir
  4. Discordo. Os originais são personagens complexos e bons vilões. Mas ao contrário de alguns vilões, eles tem sentimentos e pelas dores que passaram ao longo da vida, costumam usar as pessoas para conseguir o que querem. Ou seja, conseguem o que desejam sem se importar com os meios. Rebekah sofreu mesmo, e ela tem seus motivos para ser daquele jeito. Assim como o Damon se redimiu, é possível que os originais busquem por rendeção. A única coisa que eu acho chata é algumas ameaças repetitivas do Klaus. Os originais foram uma das melhores coisas que aconteçeu com a série! Katherine, Damon, Stefan... Todos já matam boas pessoas na série. Parece que todo mundo esqueçeu disso? Stefan mesmo era o cão. Katherine nem se fala... E Damon.. KKKKKKKKKKK Mas é por isso, SÃO VAMPIROS. Do que adianta reclamar do draminha de Elena se não quer que ela seja como uma verdadeira vampira? Por que assim como Damon fala "Beber e hipnotizar." É simples, os humanos são só objetos para os vampiros. E Elena era humana... Ou seja, objeto.

    ResponderExcluir
  5. Concordo com o Mateus Antony. Os Originais são os melhores personagens da série. Só acho que o Klaus precisa de uma nova storyline, porque essa obsessão por híbridos é um plot muito pobre e esses híbridos já se revelaram ser inúteis, o que não justifica a insistência de Klaus em criá-los. Devo lembrar que este é um show sobre vampiros, ou seja, todos os personagens são predadores. Então a divisão de bem x mal não cabe aqui. Stefan é um ripper, Damon matou meio mundo, não há preto e branco em TVD, e sim uma vasta zona cinzenta.

    ResponderExcluir
  6. Gosto muito da Rebekah e tbm concordo que da muita pena de todos sempre a ferrarem.. e esse episódio foi meio pra reforçar essa carencia e o fato de todos a usarem. O que foi a Elena nesse episódio?? Simplesmente o melhor lado dela kkkk e espero que tenhamos mais episodios com ela mais divertida e se soltando mais, pq perto do Stefan ela simplesmente se torna uma adolescente frustrada kkkkkk enfim.. episódio perfeito e acho q isso da "cura" ainda vai render muito.. destaco a cena que o Connor decapita o hibrido do Klaus, foi muito legal '-'

    ResponderExcluir
  7. Tá é o seguinte os Originais ferram e matam todo mundo? Sim. mas quem na série inteira nunca fez isso? A produtora mesmo disse que ninguém dos personagens é totalmente confiável ou totalmente leal. É só uma questão de ser testado ao máximo para você se mostrar quem realmente é. OS Originais são o que são e ninguém vai mudá-los.
    E quanto à este episódio: só partiu meu coração, na maioria das vezes eu alterno entre odiar a Rebekah e a Elena neste não foi diferente! tô com uma puta raiva da Elena e com meu coração partido por causa da Rebekah.Klaus foi realmente desagradável neste episódio em parceria com a sua putinha(STEFAN). E por falar nisso "CURA PARA O VAMPIRISMO" "GRANDE MAL VINDO" Sinto uma grande referência aos livros nesta parte, será que os demônios serão introduzidos na história?

    ResponderExcluir
  8. Não, não haverá demônios. Acho que fugiria do assunto dos livros. Já meche com bruxaria pesada, sei lá. Tipo, inferno e tals. Acho que tem que ficar centrado nesse triângulo perfeito: lobisomens, vampiros e bruxas.

    ResponderExcluir
  9. Não acho que fugiria do assunto dos livros, já que pelo que me lembro, em um dos enredos várias meninas ficam possuídas e loucas '-'

    ResponderExcluir
  10. Adorei o episódio,Elena ficou ótima dando uma de Katherine,Damon é o professor ideal pra ela já que a nova vampira só pode beber sangue humano direto na veia(gostei do tema da festa),a cena do Connor decapitando aquele hibrido foi muito legal e me deu a impressão de que o Klaus colocou aquele cara para cuidar do caçador só para ele ser morto e assim a tatto aumentar,pobre Rebekah me deu muita pena dela espero que ela consiga encontrar o amor verdadeiro que tanto procura.

    ResponderExcluir
  11. nao gosto do Klaus, não mesmo.. pra mim ele podia ter morrido na terceira temporada. Também acho q não teremos demônios na série, felizmente, porque acho que a série está ótima com vampiros, lobisomens, hibridos, supercaçadores, bruxas e fantasmas.. ta bom já de seres sobrenaturais, porque estes já tem suas histórias entrelaçadas e tal.. Dos originais os únicos que eu gosto mesmo são Rebekah e Elijah.. Kol não tem utilidade e o Finn só serviu mesmo pra morrer e dar aquele gancho de que matando um original toda a sua linhagem também morre...

    PS: Aguardo ansiosamente pelo retorno de Katherine..

    PS 2: Quero ver mais da Hayley e da April, pq estão meio avulsas ainda na série..

    PS 3: Elena se divertindo como vampira: sexy kkk

    ResponderExcluir
  12. Que tanto drama é esse de Elena em?
    E pobre de Damon, toda vez q vai ajudar alguem, sempre leva uma facada por ser quem ele é?
    Eu sinto mta pena d Bekah, serio gente ela ja sofreu pakas. Mas na cena eu fiquei tipo, ela conseguiria se livrar de Stefan rapidinho, mas oa invés disso ela preferiu ficar la e ser empalada pelo proprio irmãozinho, Como assim?

    Todo mundo reclamando dos originais, mas pra mim se eles ñ existissem, qual seria a graça da série.
    Ia ser Elena a Dramatica, Damon o Malvado e Stefan o bonzinho, a série seria entediante.

    ResponderExcluir