sábado, 24 de novembro de 2012

[Crítica] Hunted - 1x07: Khyber

Cuidado onde pisam. Essa série é um campo-minado.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Preciso começar falando quão bom foi o episódio, ou desnecessário? Não consigo mais pensar em elogios pra essa série. Sem dúvidas esse é o melhor episódio até agora, se é que podemos fazer esse tipo de comparação já que todos os episódio estão sendo uma loucura atrás da outra. Eu tenho curiosidade pra saber como conseguem escrever esses roteiros como os de Sherlock, de Nikita, de Awake e agora, o de Hunted. A cada dez minutos eu estava tendo que pausar pra assimilar as descobertas, era uma revelação atrás de outra. E pra quem pensava que as respostas ficariam todas pra Season Finale, se enganou. Desde o episódio passado que as informações são soltas, e cada detalhe do roteiro está se interligando perfeitamente. Sam está a um passo de desvendar esse mistério e eu também.

Essa semana, temos a descoberta de uma das minhas maiores curiosidades: quem é o cliente da Byzantium. Além disso descobrimos o conteúdo da valise, pfvr, maleta. E ainda temos uma visualização mais ampla e com mais informações de tudo que está acontecendo na série desde o seu piloto. E claro, não poderiam ter sido mais perfeitas. Todas os três tópicos trouxeram respostas que não poderiam ter sido melhores. 

Mas antes de ir pra essa parte, quero falar de Stephen, que não sabe o que faz da vida e por isso, perdeu toda minha simpatia que ele ganhou no episódio passado. Personagem chato, e indeciso. Fez o revoltado pra depois se entregar ao amor ilegal e criminoso do pai. O que foi aquela cena? Do nada, ele decide que tem o melhor pai do mundo? Por favor. O pai é um assassino inescrupuloso que mataria até o próprio filho pra ter mais dinheiro e consequentemente, mais poder. Acho bom ele acordar pra vida antes que acabe dormindo pra sempre. 

Em paralelo a isso, outro que está me dando nos nervos é Aidan, quem ele pensa que é pra ficar fazendo o misterioso e cheio das identidades secretas? Batman? Big -A? Um dos assassinos de My Last Lie? Alguém avisa que todo mundo já sabe que quem ele era/é não prestava/presta. Acaba logo com esse mistério e conta porque a gente vai descobrir mais cedo ou mais tarde.


Em paralelo a isso, as descobertas - como eu já falei 1850 vezes - continuam acontecendo, todos os personagens estão descobrindo coisas um dos outros, ou fazendo revelações e a gente no meio de tanta ambiguidade fica sem saber em quem confiar. E se é que podemos confiar em algum deles. Keel, Aidan e Deacon, nesse três acima de tudo eu não confio. Uma hora querem uma coisa, outra hora quer outra. Muito ambiguidade pro meu gosto.

Fawkes e Zoe acabaram me ganhando, vai ser uma surpresa tamanha pra mim se um deles forem parte de alguma conspiração do mal. Os dois são muito bons, apesar de achar Zoe suspeita sim. Afinal, como foi que ela deixou passar que o Jack Estripador tinha escondido a valise original na casa dele?! O trabalho dela não é ficar de olho nessas coisas? Hum/

E isso acabou afetando o Fawkes, que nesse episódio foi o que mais se ferrou. Ele passou tanto tempo infiltrado pra descobrir que era tudo uma pegadinha do Jackzinho Malandro e que  dentro da maleta que estava com o Dave, só tinha pedras. Pedras. Exatamente, ele se envolveu em vários homicídios pra nada. Imagino a raiva que ele deve estar sentindo. Sem falar que Tyronne (?) matou o Dave em uma cena, linda, de um tiro na cabeça. Foi muito f-o-d-a. Headshot, bitches. 

Por favor, apenas chocada com as descobertas: Toby é -A.

Agora sim, vamos falar de Polyhedrus, a empresa surgida das trevas que está preparada pra matar nossa protagonista por motivos de só quem já assistiu a finale sabe. A loucura toda é culpa dessa corporação - uma das principais da Hourglass. Eles são os clientes da Byzantium. Os responsáveis por essa missão. Até eu fiquei surpreso com a revelação e mais ainda quando descobrimos que pra construir a tal represa, eles causaram um vazamento de gás que afetou toda uma uma cidade que atrapalhava os planos deles, mais de 600 pessoas foram mortas. 

É incrível como tudo se amarrou bem, uma garotinha contou pro Goebel e pro Hill onde estavam as evidências de que o gás que matou a população não era natural e foi causado pela Polyhedrus (que quer dominar a distribuição da água em parte da Ásia, objetivos super normais, para super vilões). Era isso que Dr.Hill ia contar semana passada para aquela ativista. E por isso que os agentes da Byzantium estão "obedecendo ordens" - quero só ver até quando eles vão obedecer sem questionar nada. - e tendo que impedir Jack de comprar a tal represa. Muita loucura, né?

E como senão bastasse querer a dominação da água asiática, a corporação ainda quer acabar com Sam. Então usam a Zoe, que pensa estar ajudando, a tramar para Sam, mas isso ficou pra finale. Não sei em quem acredito, Goebel ou Polyhedrus? O fato é que ambos querem alguma coisa da Sam, e acho que ambos vão tentar matá-la depois de conseguir. Minha dica é pra que ela se exile no Acre de novo e volte depois de um ano pra tomar o lugar de Keel que provavelmente já vai ter morrido.

Agora vou ir assistir a finale porque fugir dos spoilers está complicado e o povo está comentando que depois de assistir você fica mais ou menos assim:

(Créditos na imagem)











Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Eu também pauso oepisódio a cada passo, porque senão eu me perco na história! kkkkkkk

    ResponderExcluir