quinta-feira, 1 de novembro de 2012

[Crítica] Hunted - 1x03: Hourglass


Estou perdido e nem sei onde me perdi...

Review:
(Spoilers Abaixo)


Simplesmente achei esse o episódio mais fraco até agora. Talvez por isso tenha tido tanta dificuldade em começar a escrever sobre ele. Acho que criei expectativas demais e acabei não conseguindo aproveitar tanto o episódio, quanto deveria. Fiquei com a impressão de que faltou alguma coisa, aquele clima mais sombrio que teve nos dois primeiros episódios não teve nesse. Ao menos na minha opinião, que essa semana está mais controversa e polêmica do que nunca. Bom, mas dizer que o episódio foi o mais fraco, não quer dizer que ele foi ruim, apenas não foi tão bom quanto os dois primeiros.

O grande e, talvez único problema, foi a quantidade excessiva de informações e acontecimentos que tivemos em um único episódio. Me senti bombardeado: Aidan envolvido com a Inteligência Britânica (MI6), o plot da Zoe e do Fowkes, o plot do Bernard e da Sam e ainda a história principal dos Turners. E o pior que eu não gosto de vir aqui e escrever um monte de baboseiras (ok, até gosto) mas algumas coisas desse episódio ainda são uma incógnita pra mim, então vou tentar não falar de coisas que não ficaram certas pra mim, qualquer coisa já sabem: comentem lá embaixo. E na próxima review eu corrijo alegando insanidade momentânea (conselho do Chefe).

Pra começar vamos falar de Zoe, gosto da personagem, mas só nesse episódio que comecei a pensar nela como realmente uma suspeita válida. Ela ficar perguntando por todos os cantos quem é o traidor e depois jogando a culpa, sem querer querendo, pra Sam foi suspeito. E outro detalhe que me chamou atenção é o fato de que algum erro técnico sempre acontece: as câmeras ficam com interferência, o rastreador da mala para de funcionar e etc e tal. Acho que seria interessante ela ser a vilã da história, inesperado. Quer dizer, nem tão inesperado agora que eu já comentei com vocês. 

Ainda trabalhando com Zoe, temos Fowkes - que eu já gosto tanto do personagem que torço pra ele não ser o Traidor - que teve que junto com ela, ir atrás da mala já que aconteceu um mal funcionamento do rastreador. Adorei as cenas dele, e ele ainda luta bem, tipo ~hand movement~ muito bem.

Aidan continua gerando discussões pela internet, alguns acham que o episódio deixa bem claro que ele é O traidor, aquele que mandou matarem a Sam. Outros acham que ele trabalha pra MI6, sendo um agente duplo, mas que ele não é o Traidor, pelo menos, não o Traidor principal. Conhecemos sua chefe do MI6, a Nicole, essa por sua vez não parece ser a grande vilã. Apesar do que a série tenta passar, não consegui nem suspeitar dela, apesar da minha opinião ela não deixa de ser uma boa suspeita, mas acho que não vai ser ela, just saying.



E pra fechar temos o plot principal que acabou se encontrando com a história de Bernard, finalmente chega o dia do tal leilão que tanto vinha sendo comentado e do nada surge o ex-fake da protagonista. Achei um #boom quando ele surgiu montado no recalque, porque quem não lembra, ele apareceu no episódio passado conversando com Mr.sterious Keel. Gostei ao menos da série não ter nos enrolado com esse mistério, supondo que Bernard não tenha mentido, ele estava conversando com Keel porque o mesmo queria saber se ele estava envolvido com o sumiço de Sam.


Confesso que fiquei chateado com a morte do Bernard, adorei todas as cenas dele com a Sam. Grande parte porque os dois atores são ótimos, e a morte dele foi muito boa, e nos trouxe a informação de que uma instituição chamada Hourglass pode ser a envolvida na tentativa de homicídio da protagonista. E no seu último suspiro ele ainda bota pra fora seu último recalque dizendo "You're already dead, bitch", apenas épico. A pergunta que fica é se todos os suspeitos vão morrendo pouco a pouco, já podemos fazer a Emily-Amanda e riscar o nome de Hasan e Bernard da nossa lista pessoal.

Pra fechar o episódio com aquele cliffhanger que amamos, vemos que Natalie guarda uns relatórios feitos por Aidan com um outro homem. E no meio da papelada tem o nome da Hourglass. Gente, peço desculpas pelo atraso essas semanas venho tendo problemas com a minha empresa de InterNET. Nos vemos daqui a pouco!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Não achei o episódio o mais fraco. Aliás, nem sei decidir qual é ou não. Maaas, eu sempre me sinto perdido num episódio de Hunted, mas no final quase tudo se esclarece, porém tenho MUITA dificuldade com o nome dos personagens, só reconheço pela cara.

    Aliás, sobre o Aidan (procurei o nome na review haha) acredito que ele apenas tenha um caso com a agente da MI6, só. MI6 é outra "agência" de espiões né? Eu me confundo de vez em quando '-'

    PS: O quarto episódio está ótimo, meu preferido até agora.

    ResponderExcluir