domingo, 4 de novembro de 2012

[Crítica] Grimm - 2x10: The Hour Of Death


O que foi que a NBC injetou nesse roteiristas?

Review:
(Spoilers Abaixo)

Gente, esse episódio só pode ter sido escrito em uma sala fechada com maconha queimando. Aliás, Grimm tem tido os enredos mais loucos possíveis depois do hiato, estou até meio chocado com essas imaginações férteis até demais. E o melhor é que essa loucura toda funciona. Incrivelmente estranho, mas funciona. É o que eu digo, se for pra fazer episódio-enche-linguiça ao menos sambe na nossa cara, porque se tudo der errado, serviu ao menos pra chocar a sociedade conservadora e hipócrita. 

Posso falar a verdade? Adoro essa matança e ninguém se importando, não sendo nenhum personagem regular ou recorrente na série, pode matar loucamente que ninguém vai dar falta. Dois personagens morreram, mas parece que não tem uma alma viva interessada em sofrer por essas almas perdidas. O importante é encontrarem o serial killer.

Aliás fiquei meio chateado, porque desde o começo do episódio já senti que era o Ryan, porque senão fosse ele, quem seria? Kelly? Foi o que eu fiquei torcendo, já imaginou que delícia seria ver Kelly por trás daquela máscara? Acho que eu ovularia - e olhem que eu nem tenho óvulos. Mas gostei de ter sido Ryan, ele chegou como quem não quer nada, todo montado nos Trapalhões, tudo só pra sambar na nossa cara como sendo o vilãozinho que tem uma queda pelo herói. Porque ter fotinhos do Nick na parede pra mim é desejo sexual guardado. Se bem que pra mim qualquer coisa é desejo sexual.

Aquele papo louco e psicótico do Ryan, de que Nick está fazendo um trabalho de merda foi ótimo, ele era doente. E tadinho, ele era Wesen que queria ser Grimm, afinal, esse é o sonho de quase todas as criaturas...err, ou não. Torcendo aqui pro personagem voltar, ele me ganhou naquelas cenas em que ele quis fazer cosplay de Ghost Face. A-M-E-I.

E o que foi Bud sendo mais útil que Monroe, acho o personagem uma comédia. E o que foi o abraço que ele deu no final em Nick e Hank? Muita fofura. E Monroe, bom, fica fazendo nada na série ultimamente. Servindo de figuração de luxo, dá uma aparecida em um plot, depois aparece em outro, mas nunca mais fez algo de útil. Como naquela vez que ele salvou Hank de ser assassinado por um Ogro, quem lembra?

Pra fechar temos Juliette e Renard formando o casal com mais tensão sexual da série, e olha que tiveram que superar Nick e Adalind e Monroe e Hank. Eu sabia que mais cedo ou mais tarde os dois iam ceder a tentação, principalmente com a cara de pau do Renard querendo marcar encontros com a Juliette por qualquer coisas. Ele fazendo a preocupada pra se aproximar dela foi muito bom. Parabéns, Nick. Agora além de Grimm você é corno. Ah! Só eu fiquei pensando que Sean ia levar o óculos da Juh pro Monroe? Pelo visto ele decidiu realmente se entregar ao fogo dessa paixão.

Mais um excelente filler pra somatória da temporada...Eu tento não gostar, mas fazer o que se são bons?
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário