segunda-feira, 12 de novembro de 2012

[Crítica] Gossip Girl - 6x04: Portrait of a Lady Alexander

Se fosse uma corrida de vacas, Lily estaria no lugar certo.

Review
(Spoilers Abaixo)

Até que enfim, hein? Parece que o destino está tentando nos trollar só porque a Sexta temporada de GG está pegando fogo. Primeiro tivemos que ficar uma semana sem episódio por causa do furacão Devassa, e agora, os legenders revolveram passar uma semana pra lançar a legenda oficial. Mas como eles não são pagos por isso, quem somos nós pra reclamar? O importante é que aqui estamos novamente, e toda essa espera valeu a pena. Como disse o meu amigo de Críticas, Luiz Lamenha, A Sexta temporada de Gossip Girl está sendo tudo aquilo que a Quinta não foi. E eu com certeza assino embaixo.

Vamos começar falando de Blair e Chuck, mais uma vez fazendo uma boa parceira. Quando vejo um episódio como esse me pergunto por que perderam tanto tempo fazendo com que eles se afastassem na quinta temporada. Antes dela, já tivemos quatro anos para nos focar no relacionamento dos dois e nesse bendito vai e vem. Já estava mesmo na hora de fazer o casal sair da mesmice. E para que o amor dos dois ainda pudesse render, eles trocaram as brigas por uma boa parceria, visando na conquista de seus sonhos para que ambos possam ficar juntos no final. Isso pode até não fazer sentido pra alguns (como para o Dan), mas é MUITO melhor que fazer uma promessa para Baby Jesus.

No episódio passado Chuck ficou um pouco apagado para que Sage Sabotage (Codinome Savage) pudesse aprontar das suas. Muitos disseram que o episódio não impressionou, que foi mais do mesmo, mas eu discordo. Se tem alguma coisa que pode ser caracterizada como “mais do mesmo” neste início de temporada, é mais uma vez estarmos atrás de um segredo do Bart. O cara simplesmente tem o passado mais negro da história da TV, não é possível! Acho que já gastou um terço da sua fortuna apenas subornando as pessoas para que seus podres não fossem revelados. E Chuck, como ainda quer resgatar sua honra e ficar com o hotel só pra ele, se sentiu obrigado a fazer das tripas coração pra correr atrás dos segredinhos do papai. O que nesta semana, acabou lhe levando direto a uma corrida de cavalos.

Isso mesmo! Não há nenhuma metáfora nisso. Ele descobriu com a ajuda de Blair que Lady Alexander era na verdade uma Égua comprada por Bart, e que seus antigos donos poderiam lhes revelar o seu segredo. Foi assim que eles pararam numa corrida de cavalos, onde convenientemente a nova família de Serena havia decidido passar uma tarde de lazer. E como vocês sabem, elenco reunido, evento do diabo. Então eu já esperava que todos aqueles dramas fossem jogados no ventilador antes que eu pudesse dizer “Sabotagem”.
 
No caso de Bart, muita coisa já foi esclarecida, mas eu ainda não sei o que pensar. Chuck descobriu que seu pai pode ter comprado os cavalos de fachada para esconder uma exportação ilegal de petróleo, e isso também justificaria o fato dele ter forjado a própria morte. Ele poderia estar bem próximo de ser condenado, então, essa foi a saída mais fácil que ele encontrou. Mas eu achei tudo isso conveniente demais, sabe? Ainda estamos no episódio quatro e Chuck já desvendou o mistério todo? Não sei não, isso está me cheirando a beco sem saída. 

Já no caso de Serena, outra bomba foi jogada para desestruturar sua nova família. Tudo graças a Nate, e ao pacto que fez com Ivy para postar todos os baphons que ela tem em seu jornal ao invés da Gossip Girl. Lily era o alvo, então, decidiram usar o caso que ela teve com o namorado da Serena antes deles se conhecerem. Agora sim a p*rra ficou séria!  Como assim caso com o namorado da filha? Essa mulher no mínimo é um monstro, precisa de um belo de um castigo nessa series finale pra aprender a não ser tão biscateira.

Quanto a participação inútil do Dan neste episódio, apenas uma coisa vale a pena ser destacada: O esporro CENTENÁRIO que ele deu na Serena. Foi o melhor diálogo do episódio, Dan está mesmo conseguindo me impressionar. E convenhamos, todo e qualquer esporro que vier do garoto solitário é muito merecido, mesmo que seja dedicado à Rainha das Santas. É isso que acontece quando você é ferrado a vida inteira pelas pessoas que tanto amou. Você acaba se tornando um deles, ou uma versão mais fria e calculista do que eles costumavam ser. Um brinde a isso, e a um Dan Humphrey tão digno como nunca foi.

Petiscos:
 - Como eu havia dito, Ivy e Rufus continuam promissores. Torço para que tenhamos mais cenas deles dois, apesar de saber que o romance está com os dias contados.

- Blair tem apenas um mês pra consertar a burrada que cometeu, ou sua mãe tomará a empresa de suas mãos. Corre B, ou então a única coisa que vai sobrar pra você é uma vaga de gerente da C&A.

- Georgina agora tem o vídeo da Serena e o Dan fazendo sexo, e de acordo com seu olhar diabólico, já dá até pra imaginar qual vai ser o próximo sucesso do Redtube.

Blair, o que você acha desses haters que estão odiando a Sexta Temporada?
Apenas desprezo.











Promo 6x05 "Monstruous Ball" Legendado
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. A temporada está digna. POr favor a quinta não chega aos pés desta.

    ResponderExcluir
  2. Adorando essa temporada. Georgina mostrando pq eu sempre amei ela, muito digna. E que a Lily termine essa série na rua da amargura, ô mulher inconveniente e inútil --'

    ResponderExcluir