terça-feira, 6 de novembro de 2012

[Crítica] Go On 1x08: Videogame, Set, Match.

 Snif, Snif, Snif...

Review:
(Spoilers Abaixo)

Ownt. Como faz com tanta fofura? Guarda no bolso? Começa a usar baby talk? Episódio conseguiu se superar no quesito "vontade de apertar", mas o que dizer da comédia? Sinceramente, achei esse um dos episódios menos engraçados até agora. Acho que, pela primeira vez, a série pecou em equilibrar a comédia com o drama. E o lado mais pesado da trama falou mais alto, afinal, o personagem mais complexo talvez ganhou destaque, Owen.

Gostei dele desde o primeiro episódio, estava só esperando o momento que ele se destacaria. Agora mais dois personagens tiveram um enfoque maior em sua própria história, se não me engano sobra agora só a Fausta. Quer dizer, tirando o Mr.K, mas por alguma razão bizarra (que aliás tem tudo haver com o personagem) gosto do mistério que o personagem tem e pra mim podíamos desvendar o "problema" dele só mais pra frente. 

Sinceramente não tinha prestado muita atenção em Yolanda, mas de todos ali, nunca esperei que ela fosse ser a primeira a se formar. Acho ela, talvez, a mais afetada psicologicamente ali. Achei muito cute o final com ela voltando pro grupo. Pra mim, mais que um grupo de transição, eles são amigos. Pessoas que por mais que relutem, já se gostam muito. Imagino quando eles tiverem que se separar, aposto que vão ter que continuar no grupo por não conseguirem se desapegar.

Aliás, depois desse episódio, já consigo ver até um plot que mais cedo ou mais tarde vai surgir. Alguém realmente qualificado vai aparecer pra tomar o lugar de Lauren. Aliás, sinto falta essa personagem bitch na série, não que faça um falta absurda, mas eu acho que ficaria bem melhor se tivesse. 

Já Owen está com o irmão mais velho em coma e se tornou um viciado em videogame, que não faz mais nada da vida. E é que entra Ryan na vida do garoto, a aproximação dos dois foi muito bacana. Ainda rendeu a excelente aparição da mãe do garoto, eu ri muito com ela ameaçando o Ryan, que estava levando o garoto pro mau caminho. Ou pelo menos, não estava levando ele pra um caminho do muito certo.

Os dois pregando peças um nos outros, dando conselhos ruins, Ryan levando ele pra trabalhar na rádio...Realmente ele assumiu um papel de irmão mais velho, e foi muito natural a interação entre Ryan e Owen, palmas pros atores, que deram um tom realista pro tema. E isso mesmo sendo uma comédia. E o que foi aquelas pegadinhas? Adoro o jeito que Go On faz comédia com a desgraça alheia. 

Mais um episódio excelente pra série, só nos resta ficar com uns gifs de Mathew Perry divando...Ah não, pera...



P.S
Pra quem não sabe esse episódio foi exibido no Canadá, uma vez que nos EUA... o Furacão Sandy ainda causava problemas...o Furacão Sandy e Nana Gouveia ainda causavam problemas...Enfim, o país estava sofrendo com uma catástrofe natural. Por isso os legenders demoraram e em consequência eu demorei.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. faz uma critica do filme possessão já assistir mas gosto de ler as criticas ;)

    ResponderExcluir