sexta-feira, 2 de novembro de 2012

[Crítica] American Horror Story - Asylum | 2x03: Nor'easter


O demônio adora tempestades.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Como vocês devem ter percebido, não é mais o João Lindley que habita aqui. Ele está possuído e sou eu, Nefferson Ribeiro, estou no controle agora. Mas não se preocupem, é apenas por uma semana. Logo, logo um padre irá me expulsar e ele retorna as suas críticas normalmente. Mas, cuidado, eu sempre posso voltar. Mas, focando a série em si, sou obrigado a dizer que a cada semana eu fico de boca aberta. Só este começo da segunda temporada já sambou completamente na primeira inteira. Já estava adorando este tema de hospício maldito e agora com a introdução da possessão demoníaca, a série vem se superando com episódios cada vez mais sombrios.

Esta semana não foi diferente. Aliás, tudo pareceu muito apocalíptico, um clima de Season Finale - todos irão morrer. Felizmente, boa parte do elenco ainda está vivo (por enquanto, é claro). Mas tem uns pontos negativos que realmente me incomodam. É como se os roteiristas definitivamente não conseguissem se focar em apenas um plot principal. Eu estou maravilhado com o desenvolvimento da possessão demoníaca, mas também há o tema da abdução alienígena, que me desagrada bastante. E como o primeiro tema é super interessante e cabível, o outro acaba se tornando desnecessário e até mesmo surreal (mesmo para o teor cretino e louco da história).

Um plot que eu estava gostando bastante é o do casal ninfomaníaco que invadiu o hospício nos dias atuais. Eles não têm grande espaço em cena, mas estava sendo interessante acompanhar o sofrimento dos dois nos curtos minutos no começo de cada episódio. E foi justamente assim que o episódio desta semana começou. O personagem do Adam Levine não estava morto depois de todas aquelas facadas e acabou salvando a sua parceira da morte certa. Gostei da explosão de fúria da personagem, esfaqueando o Bloody Face loucamente. Mas então a trama sofre uma reviravolta, revelando novos personagens e acabando com os conhecidos de uma forma muito frustrante. Espero que pelo menos um dos dois tenha sobrevivido aos tiros (Será que o personagem do Adam vai ressuscitar de novo? Para quantas vidas ele assinou contrato?), e que esta subtrama volte aos trilhos, porque não me agradou o caminho que ela parece seguir.

Enquanto isso, no manicômio, os loucos estão ainda mais perturbados com a tempestade. Mas tem alguém que está adorando essa história toda, a Irmã Mary Eunice, que está com o diabo no corpo desde o episódio passado. Nesta semana, ela definitivamente brilhou. Eu esperava ansiosamente por cada cena em que ela aparecia, porque foram as melhores. Apesar de ser meio clichê a Mexicana ser supersticiosa e ter visto o demônio dentro dela, foi muito eficiente também. Assustador quando o demônio confrontou a louca, mostrando seus olhos possuídos. E o melhor ainda estava por vir, quando a Eunice a matou, depois de obrigá-la a rezar com ela, com direito a ordem em voz grossa e tudo mais. No final das contas, a Mexicana só serviu de carne para os deformados na floresta.

E quem disse que a Eunice parou por aí? Ela ainda fez um jogo mental, colocando a Irmã Jude e o Dr. Arden um contra o outro. Mas quem foi atormentada mesmo foi a Jude. Seu passado realmente veio a tona, com diversas alucinações provocadas pelo diabo, que está brincando com a sua cabeça. Ela acabou bêbada e perdendo o controle na frente de todos os loucos. Eu esperava uma consequência muito pior, porque ninguém entendeu realmente o que estava acontecendo. Mas o que aconteceu foi humilhante por si só. Em um estado completamente lamentável, ela deu de cara com uma criatura, que eu penso ser o ET que abduziu o Kit. Jude acordou na cama, como se nada tivesse acontecido, mas creio que algo foi feito com ela. Talvez ela também tenha algo no pescoço.

A fuga também foi interessante de acompanhar. Lana conseguiu se redimir com os personagens e os espectadores por ter entregado o Kit e a Grace. A ninfomaníaca também entrou na fuga, mas teve que se "sacrificar" pelo bem do grupo e do seu futuro. Infelizmente, ela deu de cara com um perturbado Dr. Arden, que tentou estuprá-la. E um conselho? Nunca ria de um cara grande perturbado com pequenos dotes, porque ele definitivamente irá arrancar as suas pernas. E a tortura da personagem provavelmente irá continuar na próxima semana. Eu gostei dela, então espero que dure mais um pouco. Foi perfeita a cena dos fugitivos correndo dos deformados na floresta e voltando para o hospício. Sair não é uma opção!

PS. Vocês também desconfiam que o Dr. Arden pode ser o assassino de mulheres? Seria legal, apesar de completamente previsível. Acho que o único jeito dessa revelação me surpreender, seria mostrar o psicólogo Oliver como o assassino. E o que foi aquela cena do Dr. Arden passando batom na estátua branca e dizendo todas aquelas blasfêmias? Completamente perturbado.

PS². Quando a freira branca do material de divulgação irá dar as caras?

PS³. O computador do João está com problemas, então suas rewies sofrerão atrasos. Mas ele voltará com tudo semana que vem!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Só espero que a louca por sexo não fique daquele jeito seria paia pra personagem, gosta dela provocando o povo.

    ResponderExcluir
  2. Bela review! Comentando o episódio, eu não gostei da irmã Mary possuída tanto assim, ao contrário de você. Eu preferia ela santinha chorando pelos cantos... A Lily Rabe sabe ser muito dramática quando berra. Mas, enfim, espero que o diabo saia dela a deixando intacta. Bom, mudando de assunto, desde a primeira temporada, a série nunca tinha me dado muita agonia com nenhuma dessas cenas sangrentas e talz. Eu vejo a série de madruga sem nenhum medo ou aflição... até o Dr. Arden fazer aquilo com as pernas da ninfo D: Quando ele disse q tinha uma feito uma operação nela, eu imaginei q ele tivesse costurado a xana da mulher. Mas ele fez foi deixar ela aleijada, assim como ele. Vish. Eu fiquei muito chocado com aquilo, talvez por causa do efeito visual que os pontos provocam. Bom, ngm mandou rir do pênis dos outros, né? E falando no pênis dele, eu não entendi se o troço é pequeno ou se ele não o possui. Coitado... Esperando ansiosamente pelo 4º episódio!

    ResponderExcluir