terça-feira, 28 de outubro de 2014

[Crítica] Pânico na Floresta 5


Direção: Declan O'Brien
Ano: 2011
País: EUA
Duração: 93 minutos
Título Original: Wrong Turn 5: Bloodlines

» Essa sequência ainda não foi lançada em DVD no Brasil. No entanto, é exibida pela TV a cabo sob o título Pânico na Floresta 5, que é como a franquia é conhecida. O post será atualizado quando/se o filme for devidamente lançado no mercado de vídeo.

Crítica:

Quando será que as pessoas irão parar de pegar o caminho errado? Alguém mais aguenta isso? E será que um dia esta franquia irá caminhar para o lado certo? Parece impossível para mim. Pelo menos os outros dois foram ruins, mas causaram certa expectativa. Já esta quinta parte, exalava uma ruindade tão grande que eu não esperava simplesmente NADA. Some isso com uma divulgação porca, onde só foram liberados dois pôsteres e um trailer ridículo de 30 segundos (basicamente o mesmo ocorreu com a terceira parte), e você perceberá que ninguém nem se esforçou para promover essa bagaça. Pois eu digo que eles estão certos, seria mesmo uma perda de tempo.

A história gira em torno de um grupo de adolescentes que, a caminho de um festival de Halloween, quase atropela um homem na estrada. A vítima se revela hostil e, por causa das drogas no carro dos jovens, todos vão parar na cadeia. A medida que a noite avança, os corpos vão se empilhando quando três canibais deformados farão de tudo para tirar o seu aliado de trás das grades. Agora, todos terão que se unir se quiserem sobreviver ou terminarão em pedaços.

Uma das primeiras perguntar que eu me fiz depois de terminar de assistir este filme, é qual será o nome que ele receberá no Brasil. Todos sabem que a franquia está uma completa desordem em território nacional, recebendo, até agora, três títulos diferentes (Pânico na Floresta, Floresta do Mal e Pânico na Neve). Realmente muita estupidez! Imagino que será algo como Pânico no Festival ou qualquer outra coisa que comece com "Pânico". A questão é que a "floresta", presente nos três primeiros títulos, deixou de ser o cenário principal dos acontecimentos desde o quarto filme. Neste, temos apenas algumas cenas em uma floresta rala, feia e amarela, somente no começo.

A grande questão é que todos os erros cometemos por Declan O'Brien nas sequências anteriores estão presentes neste novo capítulo da franquia. O filme se resume a um grande apanhado de mortes violentas, que revezam entre péssimo CGI e efeitos práticos. Enquanto temos algumas mortes bem legais, como as duas que acontecem no campo de futebol americano (e que por um milagre, estão livres de CGI), também temos outras que são MUITO ridículas, como a de abertura, onde o dedo de uma garota é arrancado por um machado. E nós somos obrigados a testemunhar um dos piores efeitos de computação gráfica da franquia. Aliás, diversas cenas utilizam CGI de péssima qualidade, onde vemos o sangue computadorizado e mal feito desaparecer no ar.

E se a direção não é boa, vocês não têm ideia da "qualidade" do roteiro (que foi escrito pelo próprio diretor, O'Brien). Tudo apresentado nesta sequência é desnecessário. Temos a lenda sobre diversas pessoas que desapareceram há mais de um século, mas em momento algum essa ideia é desenvolvida, sendo usada apenas como desculpa para alguém achar que é tudo uma brincadeira. Além disso, o próprio festival é uma farsa, já que só temos algumas cenas na celebração, de fato, onde somos apresentados a alguns personagens, que nunca mais aparecem. Até porque, depois que as mortes começam a acontecer, não há mais nenhum take do festival. O que é uma pena, porque seria divertido ver um verdadeiro massacre daquelas pessoas fúteis e ninfomaníacas.

E por falar neste assunto, o que não falta é sexo. Parece que todos os personagens, em algum ponto da história, arranjam tempo para transar. O filme já abre com uma cena de sexo (!!!). Porque O'Brien deve mesmo pensar que só o que queremos ver é morte e nudez. Enfim, completamente ridícula esta sequência, que não respeita o que já foi apresentado nos filmes anteriores e não serve para nada, a não ser uma sequência de mortes atrás da outra. Sério mesmo. O roteiro nem se esforça que nos identifiquemos com as vítimas, porque eles só servem para morrer mesmo. Aliás, os atores são tão ruins que me deu vergonha por eles. Bem, se você é fã da franquia e ainda não cansou de perder o seu tempo, vá em frente. Talvez vocês consigam se divertir com algumas mortes, mas se esquecerão de tudo em poucos dias. Corram para as colinas, porque as florestas, neve e cidades pequenas já estão condenadas.


Trailer:

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
12 Comentários

Comentário(s)

12 comentários:

  1. O primeiro foi tão legal, deve estar sobrando muuuuuuuuuuito dinheiro e falta de coragem pra fazerem um filme assim. Se tivesse pelo menos uma história boa ou uma reviravolta.

    ResponderExcluir
  2. Ano que vem chega Wrong Turn 6, e daqui a uns 30 anos essa franquia vai ser como Sexta-feira 13 é pra nós.

    ResponderExcluir
  3. vanessa vasconcelos reznor18 de outubro de 2012 22:08

    pela nota eu nem vou querer assistir essa tragédia,deviam parar de fazer continuações para wrong turn,só o 1 e o 2 prestaram,deviam ter parado no 2,seria perfeito,mas vão acabar fazendo um sexto filme mesmo.why god why ?

    ResponderExcluir
  4. eu já vi,até gostei de ver ,não é assim tão mau,de 1 a 10 dou 5..,acho que tem mortes bem legais ,tem é muita cena de sexo,deveria ter menos. mas até gostei de ver.

    ResponderExcluir
  5. uma coisa que eu não entedi nesse filme os canibais são os mesmos da quarta parte mas tecnicamente eles não deviam mais existir ja que o quarto filme era um prequel então como isso pode acontecer?

    ResponderExcluir
  6. Isso tá uma bagunça, não há lógica nenhuma e nem sequência cronológica. Tá muito ridículo. Os canibais foram totalmente descaracterizados. O filme seria um trash legalzinho se fosse desconectado à série, mas como faz parte dela, é uma merda.

    Bom, disseram que a sexta parte será um reboot feito pros cinemas. Vai ser sobre um avião que cai em uma floresta onde duas famílias da canibais estão em guerra por território. A ideia é boa, se for bem trabalhada...

    Ah, e só um pergunta: alguém, além de mim, considera o Declain O'Brien o PIOR diretor de todos os tempos?

    ResponderExcluir
  7. cara por que ainda insistem em manter esse diretor po ele é pessimo e estragou a franquia.

    ResponderExcluir
  8. O carinha do poster parece o MEME F.o.d.a.s.e kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. ,adorei 1,2,3,4 o 5 foi mal feito sairão todos ilesos tremenda bagunca melhorem no 6

    ResponderExcluir
  10. adorei 1,2,3...4 e 5 foram uma merda que nao devia existir me decepcionaram muito, nao aguentei ver aqueles palhaços fantasiados de canibais procurando crianças para sua diversa em dia das bruxas

    ResponderExcluir
  11. Eu queria saber, o que tem a ver o psicopata ter tirado os tres irmaos do sanatorio em que eles moravam.. eu fiquei tipo "wtf?" Alguem sabe explicar?

    ResponderExcluir
  12. Não sei qual foi o pior, esse ou quarto. Os dois são muito ruins mesmo, e olhe que eu gostava pra caramba dessa franquia. O primeiro foi foda demais, mas foi daí pra baixo. Esses dois últimos foram simplesmente intragáveis, os personagens burros e as situações, é tudo muito ridículo.

    ResponderExcluir