sábado, 13 de outubro de 2012

[Crítica] The Vampire Diaries - 4x01: Growing Pains (Season Premiere)


Game on, Elena.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Nossa, será que mais alguém tem a sensação de que a Season Finale passada foi ontem? Não estou dizendo que não estava ansioso pela nova temporada, ainda mais com a Elena passando para o lado negro da força, mas eu consigo lembrar perfeitamente do dia em que eu escrevi a minha review para o último episódio da temporada passada. Talvez seja porque eu me mantive ocupado o tempo inteiro ou porque os dias estejam passando mais rápido com o passar dos anos. De qualquer forma, estou muito agradecido, porque The Vampire Diaries é vida, e quando volta do grande período de pausa, é como se sangue novo começasse a correr pelas nossas veias novamente.

E devo dizer que a série não me decepcionou neste retorno. Aliás, quando ela me decepcionou? Então mantive minhas expectativas bem altas, sabendo que os roteiristas conseguiriam superá-las. E foi exatamente isso que aconteceu. Só existem algumas coisinhas que me incomodam, mas é porque eu sou chato mesmo. É claro que a série focaria neste momento sensível em que a Elena se transformaria em vampira, sendo que é exatamente o que ela NÃO queria. Acho um pouco egoísta dar a maior atenção a este momento dela, quando vampiros dos outros personagens passaram por isso como apenas um pequeno obstáculo em suas vidas. Vamos considerar a Caroline, por exemplo, que já estava divando e hipnotizando enfermeiras desde sua primeira mordida.

Bem, não estou me queixando do foco do episódio. Elena é a grande protagonista e até agora está dividida entre dois irmãos, mesmo que ela tenha decidido. O que eu não achei interessante, foi o Stefan abriu uma possibilidade "especial" e totalmente surreal, que todos nós sabíamos que não daria certo. Eu super me identifiquei com o Damon neste momento. Porque dar esperanças surreais para a garota, quando todos sabiam as escolhas que ela teria que passar? E porque eles não moveram mundos e fundos para os outros personagens? Em alguns momentos, eu não gosto dessa atenção toda para a Elena, que geralmente está sofrendo emocionalmente, enquanto os seus amigos estão sofrendo FISICAMENTE mesmo. Enfim, isso pode até ser recalque da minha parte, mas tive que apresentar meu ponto a vocês.

E eu fiquei contente porque o roteiro rapidamente agiu. Antes que eu pudesse pensar em ficar enjoado com o drama da Elena se transformando em vampira, a trama começou a se desenvolver e os vilões foram logo se mostrando. Desta vez, os próprios humanos tomam o título de "malvados". Foi bem legal acompanhar que as fofocas malditas do Alaric causaram consequências seríssimas nesta temporada. Com os outros membros figurantes do conselho sabendo sobre os segredos sobrenaturais espalhados pela cidade, começou uma verdadeira caça. Obviamente, as primeiras a serem detidas foram a xerife e a prefeita, assim como os seus respectivos filhos. Caroline foi captura. Porque ela sempre tem que sofrer? Acho que é por isso que eu tanto gosto dela.

Devo confessar que me surpreendi com a rapidez que o enredo desenrolou a história do Klaus, preso no corpo do Tyler. Pensei que ele só voltaria para o próprio corpo depois do terceiro episódio, mais ou menos, já que TVD não perde tempo. Então eu fiquei com a boca aberta quando ele retorna dignamente para o seu próprio receptáculo (oi?). Mas não antes de um momento muito bonito aonde o Klaus, ainda no corpo do Tyler, salva a querida Caroline da tortura certa, deixando a sua irmã Rebekah para lá. Eles até tiveram uma pegação frenética nas matas e devo reconhecer que o Klaus é um cavalheiro, porque poderia ter se aproveitado bem mais antes de ter revelado sua identidade. Espero muito que este seja mesmo o ano de Klauroline, porque é um dos meus casais preferidos.

Claro que não posso deixar de comentar sobre a Rebekah. Todos sabem que ela é a responsável pela "morte" da Elena, então é natural que todos a odeiem. Mas tivemos muitos momentos tensos e tristes reservados a ela. Primeiro foi abandonada por seu irmão, só para no final ser ainda mais desprezada por ele. E não podemos esquecer que ela teve um resquício de humanidade, ajudando o Stefan, fazendo com que a Miss Vampire do ano finalmente se alimentasse. Também gostei dessa parte da pressão, porque achei que ela ficaria na receosa em beber sangue, mas como ela já estava na pior, nem pensou, apenas pegou o sanguinho com o máximo de força que pôde.

Enfim, tivemos muitas coisas a se comentar neste episódio. Isso é fato. Para não perder as outras, farei um resumo rápido neste parágrafo. Damon quase matou o Matt, que também estava pedindo para morrer. Fiquei com pena do Matt e devo admitir que ele é duro de matar. No final, queria que ele morresse e achei bem merecido o esporro que o Stefan deu nele. Bonnie se tornou a quenga da magia negra, usou tanto que até carbonizou o espírito da sua avó, lá do além (oi?). E, claro, não podemos esquecer que os caçadores de vampiros oficiais da temporada foram todos carbonizados também. O que será que aconteceu? Será que aquele padre será o novo vilão da temporada? Vamos aguardar.

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
13 Comentários

Comentário(s)

13 comentários:

  1. eu amo a rebekah,minha personagem preferida :D

    ResponderExcluir
  2. Amei o episódio, como sempre, mas preciso confessar que foi uma boa dose de "mais do mesmo". Klaus ameaçando matar tudo e todos pra conseguir o que quer, Elena atuando com cara de Garota com câncer e em perigo, Damon sendo odiável de uma maneira exagerada e a Caroline próxima o suficiente da morte para sentirmos uma onda de pena sem fim. Acho que já ta na hora de mudar as prioridades. Primeiro, fazer com que os originais não sejam mais os vilões. Porque mesmo que a gente consiga torcer por Klaroline e ache a Rebekah diva, não tem sentindo fazer com que eles continuem sendo seres totalmente desprezíveis e façam da vida dos moradores de Mystic Falls um inferno por mais um ano inteiro. Fora isso, ótimo episódio. Só espero que as coisas caminhem para o lado surpreendente como sempre foram. The Vampire Diaries is Life <3

    ResponderExcluir
  3. Também gostei do episódio, pra mim o único ponto negativo foi o Stefan. Até o final da 3ª Temporada eu suportava ele, mas nessa season premiere não sei o que comigo e achei que ele tava chato pra caralho.

    Espero muito que os vampiros sejam revelados pra vários humanos de Mystic Falls e esses se revoltem contra eles. Algo como True Blood mas no padrão CW.

    O meu temor é que a CW renove e renove TVD infinitamente até ela perder a graça, ficar chata e ruim. Sinceramente, prefiro que o seriado termine cedo, mas bom, do que tarde, mas ruim...

    ResponderExcluir
  4. Douglas, serão 6 temporadas exatamente por causa dessa problema. Eu sinceramente achei esse episódio um pouco ruim e começei a analisar os dramas com outros olhos. Matt está agindo como um retardado, por que Elena pediu para Stefan salvar ele - comento depois - e ele se culpa pela morte da menina. Me poupe. Agora Stefan... VOCÊ É UM VAMPIRO. Você podia carregar duas pessoas ao mesmo tempo. Damon não teve tanto destaque nesse episódio e achei isso uma puta falta de sacanagem. Fora que a técnica dele pra resgatar Elena foi rídicula, se fingindo de morto e usando o Matt como isca. Será que ele simplesmente não podia procurar pelo tal celeiro onde Elena, Damon e Rebekah se encontravam? Outra coisa. Que porra é essa? Mais ação gente! Na cena em que Klaus no corpo do Tyler tira Caroline da van, deveria pelo ou menos mostrar aquilo, pelo que me pareçeu ele esmagou os carros. Seria fantástico ver aquilo. But... Bom, espero que as tramas evoluam. Assim como Lindley disso, "mais do mesmo." E isso já enjoou!

    ResponderExcluir
  5. Ai meu Deus...que episódio perfeito, TVD é a serie mais dinamica que conheço,sério,não perde tempo com episódios inuteis,a season premiere foi melhor que a da temporada passada,na minha opiniã claro,Elena mais uma vez quebrou o clichê,enquanto Belas Swan estão por ai,doida por uma mordida,ela apenas queria continuar humana e ficar com o seu vampiro até quando desse,as cenas foram muito boas e mai uma vez mostraram a competencia da atriz,eu acho que o Stefan melhorou muito desde a season 3 e o premio mala sem alça do episódio vai para o Damon,que culpa tudo e todos sem dó apenas para não olhar que aculpa de Elena ter morrido foi dela mesma.

    ResponderExcluir
  6. Perfeita essa volta de TVD! Achei perfeita a parte da Elena lembrando do que Damon disse pra ela quando devolveu o colar. A parte da Elena e o Stefan juntos vendo o nascer do sol foi linda também...(mas ainda assim prefiro delena), e fiquei com muita raiva do Klaus ter feito aquilo com Rebekah, pq como ela msm disse, ela foi a única que sempre amou ele.

    Mas não concordo com o que vc disse sobre ter gostado do Stefan ter batido no Matt... O Matt não teve culpa de nada! Foi no mínimo culpa da Elena, por ser teimosa, e culpa do Stefan, por ter aceitado a decisão da Elena naquele momento. O Matt não escolheu ser salvo primeiro. E Damon e Stefan batendo nele dessa forma faz parecer que o Matt é só um peso na série, que não faria falta pra ninguém. Não gostei mesmo disso '-'

    ResponderExcluir
  7. Repito a dizer e concordo com Glaucia, o Matt não tem porra de culpa nenhuma. Parece que o Damon - sou Delena - está tão cego de paixão por Elena quer quer encontrar algo para jogar a culpa em cima. Assim como o Zach disse, Matt é importante por ser o único humano da série. (SPOILER DO LIVRO) Matt no livro completa a transição de Elena e ainda depois se torna o "estoque" particular de sangue da mesma.

    ResponderExcluir
  8. Estava super anciosa pelo retorno de TVD...but...decepção..
    Sei que maioria gostou do episódio, mas sinceramente, eu não gostei!
    Esse blábláblá psicológico da Elena já deu...isso é MUITO CHATO!!! Gosto mesmo é da coisa pegando fogo...acontecendo...meus personagens favoritos se tornaram o Damon, Klaus e Caroline...
    A Elena esta com + do mesmo, junto com o chato do Stefan!
    Espero que esse periodo de duvidas, e perguntas, da Elena façam parte da vida humana dela...e que como Vampira...ela deixe tudo isso para tras...

    ResponderExcluir
  9. Foi ótimo como sempre... Mas quase que achei que ela não viraria vampira!

    MarkynhOz

    ResponderExcluir
  10. Amei o episódio e realmente eu tava achando mto chato ja a historia da transformação de Elena, e nada de reação de verdade.
    Klaus salvando Caroline, Perfeito, e ela descobrir q ñ era Tyler só por causa do "Amor" gente isso foi surreal.
    Tambem pensei q Elena ia ficar teimando em beber sangue, mas gente oq foi aquela cena. Ela chorou! Tudo Perfeito.

    Pena de Rebekah eternamente.

    Vcs estao dizendo ai q Stefan deu uma dura em Matt, gente concordo plenamente com ele Elena morreu pra salvar a vida dele e ele ta ai preferindo morrer. Ninguem tem culpa de nada, como Elena mesmo disse ela ja estava preparada pra morrer, entao ela tambem ñ tem culpa de nada. Sinceramnete quem assiste a série sabia q Damon ia reagir daquela forma, colocando culpa em todos, menos em Elena (Eu tambem iria reagir assim).

    Pra mim só faltou um pouco mais de ação, mas tirando isso foi tudo no tempo certo.

    ResponderExcluir
  11. Outra coisa q me impressionou tambem foi q Tyler ñ tinha morrido, tinha aceitado a troca e tudo -Pasma- tudo para ñ morrer.

    ResponderExcluir
  12. Gostei do episódio,fiquei com muita pena da Rebekah,sempre do lado do irmão e ele sempre a menosprezando,a cena da Elena no celeiro me lembrou quando o Stefan se transformou em 1964,Damon como sempre culpando alguém isso era de se esperar,concordo com vc Neff essa atenção toda em torno da Elena ás vezes me irrita todo mundo protege ela como se fosse feita de porcelana e para os outros não tem tanto esforço,fiquei de boca aberta com o final quem diria que o Pastor Young faria uma coisa dessas.

    ResponderExcluir
  13. rebeka sempre amou klaus e ele é tão ingrato que mandar ela por caixão.

    ResponderExcluir