terça-feira, 23 de outubro de 2012

[Crítica] Hart of Dixie - 2x03: If It Makes You Happy


Está na hora de deixar o passado para trás.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Esta semana não foi muito boa para mim. De todas as séries que eu crítico, a maioria não apresentou episódios excelentes, tendo diversos defeitos. Até mesmo Once Upon a Time, que vinha apresentando uma sequência de episódios bons um atrás do outro, deu para trás. Por este motivo, comecei a assistir Hart of Dixie sem a menor expectativa, pois achava que tudo iria dar errado mesmo. Nomeei gentilmente de "Semana Amaldiçoada". Mas os nossos queridos moradores de Bluebell quebraram este feitiço e o tempo dos episódios excelentes retornaram a minha vida.

E antes de eu começar a falar sobre o episódio em si, devo comentar sobre um assunto polêmico (e nem pensam na palavra com M): Audiência. Nesta semana, a série conseguiu 0.6 na demo. Não é muito, mas se considerarmos os números de outras séries do canal, como 90210 e Nikita, vemos que as coisas ficarão realmente apertadas e a briga pela renovação será épica. Pessoalmente, espero que 90210 encontre o seu destino final. Desculpe os fãs da série, mas eu já assisti e achei bem chatinha. Infelizmente, é pouco provável que a CW cancele uma série veterana, então Hart of Dixie se encontra na reta por estar apenas em sua segunda temporada. Mas muitas águas ainda irão passar e eu espero termos a chance de uma terceira temporada.

Bem, como eu já disse, simplesmente amei este episódio. Diferente da temporada anterior, agora vemos uma clara evolução na relação dos personagens. Na primeira temporada, os primeiros episódios podiam ser vistos em qualquer ordem, sem atrapalhar o entendimento do espectador. Agora, isso não acontece mais. Há um crescimento nos problemas e soluções de cada um deles e é justamente isso que eu esperava da série, porque estava faltando. E o melhor de tudo é que a parte cômida continua intocável, o que é impressionante. Mesmo com o drama ativo dos personagens, a série continua leve. Resultando em uma combinação perfeita, que tem tudo para ser muito melhor que a temporada anterior.

Vamos começar falando da Ruby. Ela começou na história como quem não quer nada, mas agora está se revelando uma grande bitch, tirando o cargo antes ocupado pela Lemon. Ela realmente está tentando tirar o poder da cidade das mãos mortas do Lavon. Espero que essa quenga perda feio, o que é improvável (será?). Espero que o povo de Bluebell vote com consciência. E a máscara da Ruby caiu totalmente no bar, quando ela declarou o seu ódio público pela Lemon, e a sua vontade de vencer a todo custo. Mas ela não esperava que tudo o que a Lemon quer, a Lemon consegue. Então a Ruby ficou chupando dedo, enquanto a Lemon saia pela porta com o dentista de aluguel.

Mas o ponto alto do episódio mesmo foi quando o Lemon deixou sua futilidade e foi até o barco/casa da Annabeth para ter uma conversa sincera. Achei esta a melhor parte do episódio, que teve diversos momentos importantes. É impressionante como a Annabeth cresceu como personagem e devo que destacar a sua beleza. Neste episódio, nem a Zoe Hart foi páreo para a beleza de Annabeth. O que aconteceu com ela? A mulher exalava beleza e sabedoria. Sua conversa com a Lemon foi emocionante e parece que ela vai aparecer mais nesta temporada, já que a Lemon vai morar com ela. E a conversa ainda ajudou a Lemon a matar dois coelhos com apenas uma cajadada: Um trabalho onde pode derrubar a sua inimiga, Ruby.

Zoe tentou ser alguém que não era para poder impressionar um jornalista que faria uma matéria com ela. Até mesmo lepra ela "inventou". No final, acabou levando um sacode do Wade. Acho que ela realmente estava precisando disso e acabou se juntando a ele em um jogo divertido de strip video game (quem nunca?). E o mais interessante, é que a Zoe passou diante do George, mas decidiu ir para a casa do Wade mesmo assim. Alguém tem dúvidas sobre a sua futura escolha? Já o George teve que resolver os seus problemas com o Brick. Achei muito legal os roteiristas resgatarem essa "relação" entre os dois, o que acabou dando força e objetivo para o Lavon. E o mais legal é que um drama dá propósito para o outro, como uma enorme teia de aranha onde um ajuda o outro. Isso é Bluebell, pessoal.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário